PREPARO

Defesa Civil capacita coordenadores municipais para enfrentamento de adversidades

09 Maio 2018 11:08:56

Participam representantes de 20 municípios das regiões Centro-Sul e Sul do Paraná

Kelly Ramos
IMG_8101.JPG
Foto: Bárbara Gardin
Bombeiros e técnicos estaduais da Defesa Civil repassam conhecimentos a coordenadores municipais

O 3º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros realiza nesta segunda-feira (7) e terça-feira (8), em Irati, uma capacitação para coordenadores municipais de Defesa Civil. Representantes de 20 municípios das regiões da Associação dos Municípios do Centro-Sul do Paraná (Amcespar) e da Associação dos Municípios do Sul do Paraná (Amsulpar) participam das orientações, que estão sendo repassadas por técnicos da coordenação estadual de Defesa Civil, Casa Militar do Governo do Estado e do Corpo de Bombeiros.

De acordo com o comandante do 3º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros, capitão Jorge Augusto Ramos, o objetivo de reunir os coordenadores municipais de Defesa Civil foi para repassar informações para preparo para enfrentar situações que podem ocorrer, como enchentes, alagamentos, destelhamentos, entre outros. “Trazemos ferramentas para que consigam usar nos trabalhos de Defesa Civil, que conta com cinco fases – prevenção, mitigação, preparação, resposta ao evento e a recuperação do cenário destruído”, explica.

Jorge Augusto comenta que os focos da capacitação ocorrida em Irati são a gestão de risco, prevenção, mitigação (redução) e preparação dentro da realidade de cada comunidade. “Repassamos conhecimentos jurídicos, sobre procedimentos que devem ser tomados quando ocorrem os eventos, que são inevitáveis, mas que podemos minimizar os danos, através de prevenção e preparo, tornado as cidades mais resilientes, com capacidade de respostas eficientes”, comenta.

Para o presidente da Amcespar e prefeito de Inácio Martins, Junior Benato, a capacitação tem grande importância, tanto para os técnicos dos municípios, como para os prefeitos. “Em situação de calamidade é preciso ter conhecimento sobre os procedimentos legais e sistema, que agora está mais moderno, para não tenha demora para recuperar as áreas atingidas”, expõe.

PAPEL DO MUNICÍPIO

O coordenador adjunto regional da Defesa Civil, major José Adriano Spak, explica que os eventos atendidos com maior frequência são os relacionados a desastres da natureza, como chuvas, alagamentos, granizo e destelhamentos. “Nosso objetivo é fazer com que o coordenador municipal esteja capacitado a dar o primeiro atendimento, a primeira resposta em uma situação de desastre, preenchendo relatórios, acionando setores da Prefeitura, até a chegada do Corpo de Bombeiros”, ressalta.

O major explica que sem uma Defesa Civil estruturada no município todo o sistema não consegue operar. “O evento ocorre nos municípios e é neles que a população vai exigir uma primeira resposta”, destaca. Ele comenta que a conscientização do Poder Executivo dos municípios é fundamental, para que se estruturem e disponibilizem um coordenador ativo, conhecedor do sistema e que tenham um plano de contingência sempre atualizado. “É primordial que o trabalho seja realizado antes do evento, do desastre”, destaca.

“Repassamos conhecimentos jurídicos, sobre procedimentos que devem ser tomados quando ocorrem os eventos, que são inevitáveis, mas que podemos minimizar os danos, através de prevenção e preparo, tornado as cidades mais resilientes, com capacidade de respostas eficientes”. Capitão Jorge Augusto Ramos – comandante Corpo de Bombeiros

 

 

 

 

Imagens

IMG_8101.JPG
capa site1.jpg

Jornal Folha de Irati Rua da Liberdade, 740 Centro, Irati - Paraná,
fone: (42) 3423-2169 e 3423-1588
https://www.facebook.com/FolhaDeIrati

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Santa Chiara Comunicação