SOLIDARIEDADE

Esposa pede ajuda para tratamento de homem que teve AVC

19 Abril 2017 15:05:56

Homem de 35 anos ficou com graves sequelas e necessita de apoio para se recuperar

Kelly Ramos
WhatsApp Image 2017-04-17 at 16.38.36.jpeg
Foto: Kelly Ramos
Ivonete mostra fotos de Jociano antes e depois do AVC, que o deixou com muitas sequelas

A vida de Jociano do Carmo Lauriano dos Santos, de 35 anos, mudou radicalmente no dia 28 de dezembro de 2016. Trabalhador e pai de família, o homem teve um acidente vascular cerebral (AVC), popularmente conhecido como derrame cerebral, o qual o deixou sem os movimentos do corpo. Além disso, não consegue falar e se alimentar, o que faz somente com a utilização de sonda.

A esposa de Jociano, a auxiliar de limpeza Ivonete Aparecida da Silva, busca ajuda da população para conseguir manter o tratamento do marido, que trabalhava como torneiro/artesão autônomo. "Como nunca contribuiu com a Previdência, então está muito difícil de conseguir o auxílio doença", explica.
Devido à gravidade do estado de saúde do seu esposo, Ivonete precisou deixar de trabalhar para atendê-lo de forma permanente. Com a falta de recursos financeiros, a família que antes conseguia sobreviver com trabalho, hoje se mantém através de doações de igrejas, vizinhos e de outras pessoas que se solidarizam com a situação.


TRATAMENTO
Ivonete relata que sessões de fonoaudiologia e fisioterapia são fundamentais para que o seu marido comece aos poucos recuperar alguns movimentos. Ela explica que a Secretaria Municipal de Saúde não oferta esses tratamentos a domicílio, tendo que arcar com os pagamentos de profissionais, uma vez que não há possibilidade de realizar o deslocamento de Jociano.
Outro problema enfrentado por ela é a falta de medicamentos no município e estado. De cinco que ele toma, somente dois estão disponíveis. Além disso, não são ofertados outros componentes do tratamento, como equipo - que conecta o recipiente a sonda de alimentação no paciente. Somente este dispositivo custa diariamente R$ 2,80, valor que tem feito falta à família. O gasto mensal somente com ele é de aproximadamente R$ 800.
A alternativa encontrada por Ivonete, diante da dificuldade, é ingressar com ação judicial para que a rede pública forneça pelo menos os medicamentos necessários ao seu marido. "Somos pessoas simples. Sem a ajuda das pessoas já estaríamos sem ter o que comer em casa", comenta. O casal possui dois filhos, uma menina de cinco anos e um menino de 11. 


NECESSIDADES
Depois do AVC, Jociano ficou internado 75 dias. Somente em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foram 50. O seu caso é bastante complicado e ele precisa além de fraldas, de equipos para alimentação e materiais para curativos, que são trocados cinco vezes ao dia devido uma escara que possui nas costas.


COMO AJUDAR
A família reside na Rua Margarida Rosa, número 1, de frente com a Oficina do Roberto, no bairro Vila Nova, em Irati. O telefone para contato com Ivonete é (42) 99977-7094.
Quem preferir também pode ajudar com valores em dinheiro, que devem ser depositados em conta na Caixa Econômica Federal: Agência 0390/ Operação 013/ Conta Poupança 90021-8.

capa site1.jpg

Jornal Folha de Irati Rua da Liberdade, 740 Centro, Irati - Paraná,
fone: (42) 3423-2169 e 3423-1588
https://www.facebook.com/FolhaDeIrati

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Folha de Irati