EM OBRAS

Prédio histórico será utilizado pelo Corpo de Bombeiros

20 Fevereiro 2018 15:06:29

A edificação já abrigou a Prefeitura, Câmara de Vereadores e a Polícia

Kelly Ramos
IMG_4229.JPG
Foto: Bárbara Gardin
Ainda não há previsão para reinauguração do espaço, que deve ocorrer no segundo semestre

Quem passa pela Rua Coronel Emilio Gomes, precisamente em frente à Prefeitura, percebe que o prédio histórico que fica na esquina está passando por reformas. A edificação, que possivelmente foi construída na década de 1920, foi cedida pelo município para uso do Corpo de Bombeiros, que possui o seu quartel e setor administrativo ao lado da estrutura.

De acordo com o comandante do 3º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros, capitão Jorge Augusto Ramos, as obras estão em estágio avançado. Contudo, são demoradas devido o rigor que existe para a restauração e manutenção das características do prédio.

Segundo o comandante, no ano passado, em contato com o prefeito Jorge Derbli o mesmo autorizou a utilização do espaço pelo Corpo de Bombeiros, procedimento autorizado pela Câmara Municipal. O recurso aplicado é por meio do Fundo de Reequipamento do Corpo de Bombeiros (Funrebom). A obra custará aproximadamente R$ 150 mil. “A própria comunidade, através dos nossos esforços, que coloca os recursos para gerirmos essa obra”, ressalta Jorge Augusto.

O capitão conta que possivelmente a partir de julho será possível começar a pensar em uma data para reinauguração do prédio, que estava com sérios problemas de infiltrações, forro e telhado. No local, funcionou a primeira Prefeitura em alvenaria. Também já abrigou a Câmara de Vereadores e a Polícia, além de secretarias municipais.

RESGATE HISTÓRICO

Uma grande preocupação com a obra é manter os aspectos históricos do prédio, que conta com diversos detalhes, como suas cores originais, que aos poucos foram encontradas. A parte externa já foi pintada de acordo com a sua primeira cor. De acordo com o capitão, a reconstituição está sendo feita com madeiras de lei, tintas de época, com a prospecção de vários aspectos, como tamanhos das salas, padrões de portas, entre outros detalhes. “Estamos reconstituindo tudo aquilo que os mais antigos de nossa cidade viram. Vamos deixar um legado para frente. Embora o Corpo de Bombeiros utilize para a sua sede administrativa, a comunidade vai começar a percorrer novamente as salas desse prédio”, ressalta.

Além da empresa licitada que está realizando as obras, há também bombeiros colaborando com a restauração do prédio. “Assim que concluirmos essa etapa, vamos começar a trabalhar pelo documento de tombamento do prédio, para que se perpetue essas características futuramente”, ressalta o comandante.

70 ANOS

O Corpo de Bombeiros de Irati faz 70 anos em 2018 e é o terceiro mais antigo do Paraná. “Muitos frutos do Corpo de Bombeiros do Estado saíram daqui, pelas pessoas que trabalharam ou pelo que foi desenvolvido na época, como a doutrina de incêndio florestal. Tudo o que se tem no Brasil saiu boa parte daqui, com parceria do Colégio Florestal”, destaca o capitão Jorge Augusto.

Segundo o comandante, há um projeto para que o Subgrupamento de Irati se transforme em Grupamento, ampliando a sua atuação regional. “Esse prédio é vital para esse passo. Ao lado, ficará a parte operacional, comandada pela tenente Carla Spaki. Também faremos um trabalho de resgate das características do nosso prédio, que se perderam com o tempo e também irão compor esse patrimônio histórico da cidade”, ressalta.

 

 

Imagens

IMG_4229.JPG
capa site1.jpg

Jornal Folha de Irati Rua da Liberdade, 740 Centro, Irati - Paraná,
fone: (42) 3423-2169 e 3423-1588
https://www.facebook.com/FolhaDeIrati

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Santa Chiara Comunicação