VARZEANO

Nos pênaltis, Náutico é campeão

12 Dezembro 2017 14:08:27

A conquista invicta do inédito título provocou muita comemoração

Luiz Carlos Ramos
1.jpg
Foto: Luiz Carlos Ramos
lube Náutico Floresta comemorou intensamente o título de Campeão Varzeano, que chegou a sua 40ª edição

Apoiado pela maioria da torcida presente no estádio Fioravante Slaviero, no último sábado (9), o Clube Náutico Floresta levantou o caneco do 40º Campeonato Varzeano, organizado pela Secretaria de Esporte e Lazer, que nesta temporada homenageou o desportista Oscar Ruva. A conquista invicta do inédito título provocou emoção e foi muito comemorado por atletas, simpatizantes, familiares e diretores, com direito a carreata pelas principais ruas da cidade e depois uma confraternização no Clube Atlético União Olímpico.

Desfalcado de Pitiuka, seu principal atacante, o Náutico jogou cautelosamente para evitar o assédio do Mais Brasil.  Já o Mais Brasil, que buscava o hepta, mesmo tendo mais posse de bola, devido a ausência de Erick teve dificuldades para trabalhar as jogadas de ataque. Aos 5 minutos, nasceu a primeira jogada de perigo. Pascoal cobrou escanteio e Diego Molinari cabeceou por sobre a meta de Cleiton. Aos 23 minutos, numa falha de Osmar Marochi, o atacante Robson recuperou a bola e bateu por cobertura, porém não acertou a meta de Neguinho. Foram esses os principais lances do primeiro tempo.

O segundo tempo não foi diferente. Por raras vezes os ataques levaram perigo. Aos 13 minutos, André que havia substituído Marinho, tocou para Pascoal, que completou para boa defesa de Cleiton. Aos 27 minutos, O Náutico respondeu com Roger, mas o goleiro Neguinho desviou para escanteio. Alex, do Mais Brasil, realizou jogada individual, mas na hora do arremate bateu para fora. Aos 33 minutos, Fábio Bedin recebeu cartão amarelo e uma confusão foi iniciada. Marquinhos, do Mais Brasil e Andriel, do Náutico, trocaram alguns empurrões e o árbitro Clodoaldo Juarez Meyer não tolerou, expulsando os dois. Mesmo com mais espaço nada de relevante aconteceu no restante do jogo.

3.jpgCom o segundo empate entre os rivais, o Campeão Varzeano foi conhecido na cobrança de pênaltis. O Náutico venceu por 4 a 1 com gols de Lamerson, Gil, Renan e Pinduca. Luis Augusto marcou para o Mais Brasil. André bateu por sobre o gol e a cobrança de Pascoal foi defendida por Cleiton.

Na cerimônia de entrega de troféus e medalhas estiveram presentes o prefeito Jorge Derbli; o presidente da Câmara Municipal, vereador Hélio de Mello; o vereador Roni Surek; o homenageado Oscar Ruva e o secretário de Esporte e Lazer, Antônio Celso de Souza.

Classificação final: 1º - Clube Náutico Floresta; 2º - Mais Brasil; 3º - Sanhacinho e 4º - Velhos Amigos do Rio Bonito – VARB. Troféu Disciplina: Sanhacinho (18 cartões amarelos). Artilheiro: Jaderson Luciano Hraber, do VARB, com 8 gols. Goleiro menos vazado: Cleiton Stefanechen, do Náutico Floresta, com 7 gols.

FICHA TÉCNICA

Mais Brasil 0 x 0 Náutico Floresta

Motivo: Decisão do 40º Campeonato Varzeano

Local: Estádio Fioravante Slaviero

Árbitro: Clodoaldo Juarez Meyer

Assistentes: Marco Antônio dos Santos Pepe e José Carlos de Paula

Quarto árbitro: Mateus Scavinski

Expulsões: Marquinhos (Mais Brasil) e Adriel (Náutico)

MAIS BRASIL: Neguinho, Toninho (Ricardinho), Marquinhos, Osmar Marochi e Spak (Rogal); Luis Augusto, Marinho (André), Pascoal e Vagner; Diego Molinari (Fábio Bedin) e Alex.

NÁUTICO FLORESTA: Cleiton; Marcelo, André, Lamerson e Rodrigo; Menon, Gil, Roger (Maurício) e Renan; Heitor (Andriel) e Robson (Pinduca).

 

 

 

Imagens

1.jpg
3.jpg
capa site1.jpg

Jornal Folha de Irati Rua da Liberdade, 740 Centro, Irati - Paraná,
fone: (42) 3423-2169 e 3423-1588
https://www.facebook.com/FolhaDeIrati

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Santa Chiara Comunicação