VARZEANO

Sem vantagem, decisão será no sábado

05 Dezembro 2017 14:17:05

Luiz Carlos Ramos
mais brasil.jpg
Foto: Osmair Turko
Muita marcação dos dois lados e pouca criatividade

O primeiro confronto da decisão do 40º Campeonato Varzeano “Oscar Ruva” entre Mais Brasil e Clube Náutico Floresta realizado sábado (2), no Estádio Municipal Abrahm Nagib Nejm, foi marcado pelo equilíbrio técnico, confusões e expulsões. O jogo decisivo sem qualquer vantagem para os dois times está marcado para o próximo sábado (9), às 16 horas, no Estádio Fioravante Slaviero. Mais uma vez não será permitida a entrada de veículos no local do jogo.
Mesmo desfalcado de alguns titulares, o Mais Brasil dominou as ações no primeiro tempo. Logo aos 9 minutos, numa descida em velocidade pela direita, Gustavo ganhou de seu marcador, foi a linha de fundo e cruzou para o oportunista Diego Molinari concluir sucesso para abrir o placar. Ainda na etapa inicial, Pascoal teve a chance de ampliar em cobrança de falta. Pitiuka, atacante do Náutico, de cabeça levou para perigo para a meta a Neguinho.
No segundo tempo o Náutico Floresta voltou disposto a empatar. Nos primeiros seis minutos de jogo teve cinco escanteios, mas somente num deles é que o goleiro Neguinho foi exigido. O Mais Brasil só incomodou a defesa adversária aos 21 minutos. Fábio Bedin, que havia substituído Diego Molinari, bateu certeiro, porém a bola raspou o travessão. Dois minutos depois Pascoal, cobrando falta quase ampliou para o Mais Brasil. Pitiuka respondeu para o Náutico ao bater muito forte para grande defesa do goleiro.
Tudo corria dentro da normalidade, mas aos 35 minutos, Gil e Erick se estranharam no meio de campo. O árbitro Romildo Kanarski não viu a troca de “gentilezas”, mas o quarto árbitro Cristiano Fiori observou e relatou o ocorrido. Os dois atletas foram advertidos com o cartão amarelo. Insatisfeito com a punição, Erick reclamou com o quarto árbitro e levou o cartão vermelho. Na confusão, os técnicos Sidnei Chaves, do Mais Brasil e Paulinho Marcon, do Náutico também foram excluídos do jogo.
Com um a mais, o Náutico buscou o empate, mas tinha dificuldades para organizar as jogadas. No contra-ataque o Mais Brasil perdeu a chance de ampliar. Devido as paralisações e substituições, Romildo Kanarski acrescentou 16 minutos. Aos 59 minutos, Heitor cobrou escanteio no meio da área para Pitiuka cabecear sem chances de defesa para o goleiro Neguinho. Até o final da partida, nada de mais significativo aconteceu na partida. 
Para o confronto decisivo o Mais Brasil terá o retorno dos atletas que cumpriram suspensão. Já o Náutico Floresta jogará desfalcado de Pitiuka, seu principal atacante, punido com o terceiro cartão amarelo.
FICHA TÉCNICA
Mais Brasil 1 x 1 Náutico Floresta
Motivo: 40º Campeonato Varzeano
Local: Estádio Abrahm Nagib Nejm 
Gols: Diego Molinari (Mais Brasil) e Pitiuka (Náutico Floresta)
Árbitro: Romildo Kanarski
Assistentes: Eder Andrade e Rodrigo Kanarski
4º Árbitro: Cristiano Fiori
Representante: Ariane de Fátima Rodrigues
MAIS BRASIL: Neguinho; Pascoal, João Célio, Osmar Marochi e Spack; Luis Augusto, Erick, Marinho e André; Diego Molinari (Fábio Bedin) e Gustavo (Dedé). Técnico: Sidnei Chaves
NÁUTICO FLORESTA: Cleiton; Verto (Estar), Sobol, Lamerson e Rodrigo (Alberto) (Robson); Menon, Gil, Pinduca (Heitor) e Renan; Pitiuka e Maycon (Andriel). Técnico: Paulinho Marcon

 

Imagens

mais brasil.jpg
capa site1.jpg

Jornal Folha de Irati Rua da Liberdade, 740 Centro, Irati - Paraná,
fone: (42) 3423-2169 e 3423-1588
https://www.facebook.com/FolhaDeIrati

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Folha de Irati