DIA NACIONAL DO LIVRO

Monteiro Lobato: o pioneiro da literatura infantil no Brasil

20 Abril 2018 14:10:29

Escritor se destacou na linguagem simples de suas obras, que iam da realidade à fantasia

folha escola monteiro lobato.jpg

O Dia Nacional do Livro Infantil é comemorado em 18 de abril, e foi celebrado na última quarta-feira. A data não foi escolhida em vão, pois trata-se de uma homenagem ao escritor Monteiro Lobato, que nasceu nesta data. Ele foi o precursor da literatura infantil no Brasil. Em suas obras, usava uma linguagem mais simples, voltadas ao mundo das crianças que encontram realidade e fantasia entre as frases.

Monteiro Lobato foi o primeiro escritor da literatura infanto-juvenil a perceber a necessidade de inserir nas histórias para as crianças e os jovens elementos da cultura nacional, como os costumes do povo do interior e as lendas de nosso folclore.

"O Sitio do Picapau Amarelo" é uma de suas obras de maior destaque na literatura infantil. Os personagens, que acabaram ganhando vida a partir das obras, são Emília, Dona Benta, Pedrinho, Tia Anastácia, Narizinho, Rabicó, Visconde de Sabugosa, e tantos outros.

Como escritor literário, Lobato destacou-se no gênero "conto". O universo retratado, em geral são os vilarejos decadentes e as populações do Vale do Parnaíba, quando da crise do plantio do café. Em seu livro "Urupês", que foi sua estreia na literatura, Lobato criou a figura do "Jeca Tatu", símbolo do caipira brasileiro. Além destas obras, Lobato também escreveu muitos outros livros. Vamos ler um trecho de uma das obras?

Trecho do Livro “A chave do tamanho”

“O pôr do sol de hoje é de trombeta — disse Emília, com as mãos na cintura, depezinha sobre o batente da porteira onde, naquela tarde, depois do passeio pela floresta, o pessoal de Dona Benta havia parado.

Eles nunca perdiam ensejo de aproveitar os espetáculos da natureza. Nas chuvas fortes, Narizinho ficava de nariz colado à janela, vendo chover. Se ventava, Pedrinho corria à varanda com o binóculo para espiar a dança das folhas secas — ‘quero ver se tem saci dentro’. E o Visconde dava as explicações científicas de todas as coisas. O pôr do sol daquele dia estava realmente lindo.

Era um pôr de sol de trombeta. Por quê? Porque Emília tinha inventado que em certos dias o Sol ‘tocava trombeta a fim de reunir todos os vermelhos e ouros do mundo para a festa do acaso’. Diante dum pôr de sol de trombeta ninguém tinha ânimo de falar, porque tudo quanto dissessem saía bobagem”.

 

Imagens

folha escola monteiro lobato.jpg
capa site1.jpg

Jornal Folha de Irati Rua da Liberdade, 740 Centro, Irati - Paraná,
fone: (42) 3423-2169 e 3423-1588
https://www.facebook.com/FolhaDeIrati

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Santa Chiara Comunicação