Confidencial
Preocupação

Preocupação

No início da semana, o prefeito Jorge Derbli se reuniu com a equipe responsável pela manutenção das estradas rurais e das vias urbanas, discutindo estratégias para minimizar os efeitos das chuvas previstas para os próximos dias. O prefeito orientou os coordenadores para estarem alertas e atenderem a população nestes momentos tensos, provocados pelo excesso de chuva previsto.

 

Preservação

Na manhã desta quinta-feira (30), o prefeito de Inácio Martins e presidente da AMCESPAR, Junior Benato, e o prefeito de Irati, Jorge Derbli, se reuniram na sede da associação com várias entidades ambientais como IAP, Força Verde e outros, para discutir situações QUE envolvem a APA (Área de Proteção Ambiental), da Serra da Esperança. A reunião visa melhorar o entendimento de ações aplicadas na área.

 

Obras que fazem a diferença

Algumas obras que resolvem problemas importantes da cidade têm a tendência de cair rapidamente no esquecimento. Principalmente, quando a obra fica em baixo da terra. Um dos exemplos foi levantado pelo secretário de Esportes e ex-vereador, Xoxolo. Ele foi “in loco” verificar a vasão de água do Arroio das Pereiras, no centro da cidade. A região era alagada, constantemente, com chuvas volumosas. Mas com o investimento, com o Canal Hídrico, o problema não existe mais. A emenda foi do deputado Evandro Roman realizado pelo prefeito Jorge Derbli.

 

Em Curitiba

Algumas lideranças locais estiveram esta semana em visita a Curitiba ao deputado Hussein Bakri, líder do governo e, também, ao chefe da casa Civil, Guto Silva. Ainda estiveram com secretário da SEIL, Sandro Alex. Além da visita de cortesia, apresentaram demandas locais.

 

JMK

Mais um escândalo invade a mídia política. Desta vez é com a empresa JMK, que era uma espécie de agencia, ou regulava e coordenava os serviços realizados na frota de veículos do estado. Segundo a Policia Civil, houve fraude em mais de R$ 100 milhões. Aqui em Irati, nas oficinas, sempre teve um discurso igual. A JMK demorava demais para pagar o serviço, portanto, sempre havia empresa desistindo de prestar serviço para o governo.

 

Político Singular

Mais 300 pessoas homenagearam no Teatro Municipal de Guarapuava o político Nivaldo Passos Krugger, com 90 anos. Ele foi vereador, prefeito por três vezes, deputado estadual e federal, chefe do escritório do Paraná em Brasília, diretor da Sanepar além de empresário, poeta e historiador.  Em 1990 no mandato do então prefeito Alfredo Van Der Neut, Krugger autorizou para Irati um dos maiores projetos de coleta e tratamento de esgotos pra Irati. Graças à esta ação temos hoje muito mais qualidade de vida. Alfredo esteve no evento representando os iratiense.

 

Mamando e falando mal

Tem gente que não larga da “teta” pública, mas fica falando, mentindo a respeito dos gestores. Uma conversa dessas foi flagrado esta semana em um ambiente médico, onde um empresário que tem negócios com a prefeitura de Irati, tentava atribuir ao alcaide posse de imóvel que é de outro. Se não fosse apenas isso, tem familiar trabalhando na estrutura administrativa, em grau de confiança. Como confiar naqueles que dão o tapa e escondem a mão?  

 

Leniência

O Ministério Público Federal (MPF) se prepara para chancelar, nos próximos meses, mais dois acordos de leniência com concessionárias de pedágio. A negociação com a Ecocataratas, que administra a BR-277, entre Guarapuava e Foz do Iguaçu, é a mais adiantada e está sendo acompanhada de perto, também, pelo Governo do Estado. O acordo deve seguir os moldes do que foi feito com a Rodonorte. A empresa admite culpa, colabora com as investigações, indicando nomes de quem participou das negociatas, e recebe uma penalização em forma de multa, que é revertida em desconto na tarifa. Além disso, se compromete a realizar obras que constavam no contrato inicial.

 

“Só existem dois tipos de pessoas que elegem políticos corruptos: O ingênuo, que acredita na inocência do mesmo. Ou o cúmplice. Que sabe da culpa, mas ignora. Provavelmente, por se beneficiar diretamente caso o culpado chegue ao poder”.

Jader Medeiros

 

Estratégia

A estratégia da Lava-Jato de oferecer mais vantagens para quem puxar a fila de colaborações levou, uma a uma, as grandes empreiteiras a firmarem acordos de leniência. A história deve se repetir agora com as concessionárias. Ruim para os políticos envolvidos no esquema. As informações são de Fabio Campana.

Especulações

O chefe da Casa Civil, o deputado Guto Silva é mais uma vez alvo de especulações.  As informações são de Cristina Esteche da Rede Sul de Notícias. As informações contam que haveria uma possível dança das cadeiras, onde Guto Silva retornaria para a Assembleia e assumiria o lugar de Hussein Backri que assumiria o lugar de Ortega na SEDU, que por sua vez assumiria a Casa Civil. Mas nada disso é confirmado. Guto Silva está muito bem no governo e goza de grande aceitação entre os secretários. Guto é homem de bom transito político e tem conduzido bem a sua pasta, com papel eficiente nas reformas propostas pelo governo. Como está em ascensão sempre aparece um boato ou outro para tentar desestabilizar. Com mesmo prestigio esta o deputado Hussein, que tem conduzido bem a situação dentro da ALEP. Na terça Guto fez um jantar para prefeitos onde circularam secretários como Ortega, Ortigara, Sandro Alex, Ney Leprevost e deputados como Hussein Backri e Marcel Michelleto dentre outros.

Fim de Super salários

O governador Ratinho Junior disse que precisa cortar os supersalário para ajustar as contas públicas. Ele afirmou que o fim da aposentadoria dos ex-governadores tem efeito mais simbólico e político do que financeiro para o estado. O que conta é mostrar uma linha de comportamento. “Não adianta tratar da reforma da previdência se não for atacado um dos fatores de desequilíbrio do sistema – que é o valor exagerado que se paga uma pequena parcela de servidores, em detrimento da grande maioria dos segurados. Um milhão de aposentados consomem 35% dos recursos da previdência, enquanto que outros 35 milhões consomem os outros 65%. Alguma coisa está errada”. Ratinho citou entre os beneficiários de privilégios os juízes, promotores e uma pequena parcela de servidores públicos e defendeu uma discussão sobre isto. Caso contrário, o “país vai continuar rastejando”. Com informações de Fábio Campana. 

Mais dois anos

Está na mão de Felipe Francischini, presidente da CCJ, pautar um projeto que unifica as eleições municipais e federais, esticando os atuais mandatos de prefeitos e vereadores por mais dois anos, até 2022. Mas isto precisa ser aprovado este ano antes que se inicie o processo eleitoral. Mas convencer Francischini não deve ser tarefa fácil, uma vez que, seu pai pretende ser candidato a prefeito de Curitiba. Para passar o PL deveria acabar com a reeleição.

Bloqueado

O ex-prefeito Odilon Burgath e o ex-secretário de Administração Paulo Ramos, tiveram seus bens bloqueados, por uma liminar judicial, em virtude ao pagamento de horas extras de funcionários públicos do município. Algumas discrepâncias como horas extras em férias, foram alguns dos motivos elencados. Mas, algumas gambiarras administrativas, como pagar por serviços prestados em horas extras, podem engrossar o caldo.

Choro e Ranger de Dentes

O problema que o pagamento de horas extras ainda pode ser visto como pagamento de privilégios a quem interessava, por favores administrativos ou para atrair simpatizantes a causa. Mas este não deve ser o único problema que Burgath vai enfrentar. Ainda tem no Ministério Publico um punhado de documentos sobre a empresa terceirizada para serviços nas estradas rurais entre outros que podem ser bem mais complexos. Ainda haverá choro e ranger de dentes!

                                       “R$ 1 Mi”

Valor de bens bloqueados do ex-prefeito Odilon Burgath, segundo o processo
 

Em Prud

O governador Ratinho Junior está com agenda para região em junho. Entre 6 e 7 está previsto a vinda do governador para a inauguração de 49 unidades habitacionais, viabilizadas pela Cohapar. Esta deve ser a primeira visita à região após a sua eleição. Bom momento para apresentar algumas demandas regionais. A vantagem é que o governador é receptivo.

 

Conversa de pé de orelha

Pé de orelha

O prefeito Jorge Derbli teve uma conversa bem próxima com o governador em exercício Darcy Piana (PSD). O encontro foi na posse da nova diretoria da AMP acontecida nesta terça (23) na ALEP em Curitiba. Derbli tem dados passos estratégicos para se aproximar do governo. Na semana passada ele aceitou indicar o líder do governo deputado Hussein Bakri (PSD) como um dos dois deputados que irão representar o governo Ratinho Junior/Piana. Piana é uma das portas junto ao governo que podem ampliar a ascensão de Irati perante o governo do Paraná.

 

Luto Oficial

O prefeito Adelmo Klosowski (PSDB) de Prudentópolis decretou luto oficial de três dias pela morte do ex vereador e presidente da câmara Edgard Pilati. Ele foi presidente e membro dos diretórios do PMDB e PSDB em Prudentópolis entre os anos de 1980 e 1996. Foi presidente da Câmara nos anos de 1993 e 1994. No campo social foi presidente do extinto Clube Social XII de Agosto, do Rotary Clube de Prudentópolis e foi presidente do Sindicato Rural, dentre outros.

Tarifa Mínima

Transformar em Lei a possibilidade da Sanepar não cobrar mais a taxa mínima está viralizando na região. Inácio Martins foi o primeiro a tocar no assunto, através do vereador Jorge Boeira, e sancionado pelo prefeito, Junior Benato. Em Irati, o PL foi proposto pelos vereadores Nei Cabral, Schereda e Rogério Kuhn. Já em Rebouças, o próprio prefeito, Luiz Zak, enviou ao legislativo um PL determinando o fim da tarifa.

Jorge Didático

O prefeito Jorge Derbli foi didático ao exemplificar, junto com a atuação do presidente da Câmara, Nei Cabral, sobre a importância de se ter a documentação do terreno onde mora. Isso aconteceu durante a cerimônia de Ordem de serviço para o início dos trabalhos da regularização fundiária em Irati e também em Inácio Martins. Quem veio anunciar foi o diretor de Regularização Fundiária da Cohapar, Luís Corti. Este assunto já foi mais que requentado, vindo de outros governos. Como foi um trabalho a longo prazo caberá a execução pelo atual, Ratinho Jr.

Bingo, Bingo!!!

O Bingo da Santa Casa, que será realizado na sexta-feira (26), mostra a organização e a importância da Irmandade da Santa Casa, agora presidida pelo Vitorio Menon. O valor arrecadado este ano será investido na renovação de todo o enxoval das roupas de cama da instituição. Ainda se der, a ideia é comprar um cobertor para cada cama da enfermaria.  Há poucos dias, a Santa Casa ganhou da Prefeitura a construção de Heliponto, que foi reivindicado pelo provedor Ladislao. Mas as demandas são sempre crescentes e é sempre uma boa hora dos deputados apresentarem as demandas. Evandro Roman até o momento é o deputado que mais trouxe recurso para a entidade.

Los três mosqueteiros

Presentes na eleição do presidente da AMP, os prefeitos Jorge Derbli de Irati, Bertoldo Rover, presidente do CIS e prefeito de Imbituva, além do presidente da Amcespar, Junior Benato, mostraram unidade da entidade. Os incansáveis aproveitaram para se aproximar mais do governo do Estado, através do vice em exercício, Darci Piana.

Festa, Festa e Festa

Se preparem todo porque no início de maio não vai ter desculpa para não fazer festa. Em Mallet ocorre a 23ª Festa do Kiwi, tendo como atração principal o show do sertanejo, Leonardo. Já do outro lado, em Ivaí, acontece a 17ª Festa do Agricultor, com a presença de Bruna Viola, Fernando Sorocaba e Mato Grosso e Matias. No meio disso tudo, acontece a FEMAI, em Imbituva. Haja bolso. Vamos ver o que Irati reserva de atrações tanto no Rodeio, em julho, como na Festa do Pêssego. Mas todas valorizando o patrimônio rural.

Enxugando a Máquina

Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB) apresentou a representantes de sindicatos e entidades do setor a proposta de fusão de suas empresas vinculadas – Emater, Iapar, Codapar e CPRA. A reunião realizada nesta segunda-feira (22), em Curitiba, faz parte de uma série de encontros promovidos pela pasta para discutir a proposta de reestruturação e ouvir sugestões do setor. A proposta visa racionalizar os recursos, mas não perder a extensão rural. Esta é uma das metas de Ortigara à frente da pasta.

Aumentando a atuação

O deputado federal Toninho Wandscher(PROS) estará na região cumprindo agenda nesta sexta e sábado. Ele janta com a esquipe do prefeito Zak, em Rebouças, e no sábado cumpre agenda em Irati. O deputado tem atuado em alguns municípios da região, como Rebouças, e agraciado o município com recursos que vem fazendo a diferença.

 

65,7%

 Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas aponta que a maioria da população concorda em acabar com o Horário de Verão.

Mais próximo do Xilindró

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (23) negar recurso do ex-deputado Nelson Meurer (PP-PR), condenado na Operação Lava Jato. A decisão abre caminho para que o tribunal determine a primeira prisão nos processos da operação que correm no tribunal. AS informações são do G1. Meurer foi condenado por unanimidade em maio do ano passado a 13 anos, nove meses e dez dias de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele foi o primeiro e único condenado até o momento pelo STF na Lava Jato.

Sonhando acordado

O sonho de chegar à Câmara de Vereadores, ou a cadeira de prefeito, poderá ser adiado para muitos pretensos candidatos se for aprovada uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), cujo objetivo é prorrogar até 2022 os mandatos dos atuais prefeitos e vereadores de todo o país, que estão previstos para serem concluídos no ano que vem. A ideia do deputado catarinense é unificar as eleições e acabar com a reeleição e quiçá, ter mandatos de cinco anos sem reeleição.

Ganhando Força

De autoria do deputado federal Rogério Peninha (MDB-SC), a PEC foi protocolada na Câmara dos Deputados, no dia 11 de abril de 2019, durante a Marcha dos Prefeitos em Brasília. A proposta vem ganhando força no Congresso Nacional, já que, no entendimento da maioria dos deputados e senadores, a alteração unificaria todos os pleitos eleitorais em um só ano, reduzindo gastos e interrupções em trâmites legislativos e executivos. No texto original apresentado por Peninha, na Câmara, a PEC acrescenta um artigo ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), que trata das posses de mandatos eleitos. Nesse ponto, seria colocado o fim dos mandatos atuais de prefeito e vereador no dia 1º de janeiro de 2023. As informações são do Serjão blog.

Terra sem Lei?

A sessão da Câmara de Irati foi longa nesta última terça-feira (23). Um dos motivos foi a Tribuna Popular, onde um crítico da administração atual usou o espaço. Os vereadores Nei Cabral, José Bodnar, Marcelinho Rodrigues e Soldado Elias, usaram de sua expertise para contradizer o "oráculo" em suas posições. O rapaz, que é ligado ao ex-prefeito e foi candidato não eleito, tem feito críticas vorazes à Administração. Ainda, de acordo com alguns dos vereadores, posta conteúdo em sua página nas redes sociais e, quando é de seu interesse, depois deleta. No entanto, como alguns dos legisladores haviam feito atas notariais dos conteúdos postados, a máscara caiu durante a sessão. A internet pode sim propiciar a leviandade. Mas, não é terra sem lei.

Alceu na Câmara

No lugar de Helio de Mello, que se recupera de uma cirurgia, Alceu Hereciuk que é da mesma coligação PDT/PMDB/PPS/PTN/PCDOB, assumiu a cadeira. Na oportunidade, Hereciuk (PDT) agradeceu o prefeito, via seu líder, por ter atendido uma reivindicação sua na última estada na Câmara. Foi uma ponte entre Pirapó e Guamirin que, agora de concreto, atende a comunidade.

Na Escócia

O deputado Evandro Roman (PSD) viaja para a Escócia no sábado (27) de manhã. Ele vai representar o presidente do Congresso num evento sobre diabetes. Roman é presidente da Comissão da Frente Parlamentar de Alimentação e Saúde. Ele vai buscar na Europa novas estratégias para combater este mal que assola silenciosamente os diabéticos.

"Touro em lugar estranho passa por vaca"

De um assíduo assistente da Câmara de Vereadores de Irati

FOTO FLAGRA

Judas enforcado

O tradicional rito de malhar o Judas mais uma vez foi misturado com o cenário político. Na rotatória, próximo na BR 153, do loteamento Solaris, a figura enforcada na palmeira lembra o presidente. Inclusive com faixa presidencial, número do partido e foto. Só resta saber se quem malhou o judas foi um opositor, ou alguém que votou e não está se sentindo contemplado.

 

 

 

Roman com o Piana

Roman com o Piana

Reprodução

O deputado federal, Evandro Roman (PSD), esteve recentemente despachando com o vice-governador, Darci Piana. Na oportunidade, discutiram assuntos ligados a Irati com o Rogério Vosnika que foi presidente do Sindicato do Comércio, órgão ligado à Fecomércio, que Piana comanda. Um dos assuntos foi a construção da sede da Fecomércio em Irati.

Hussein Bakri representará Irati

O Prefeito de Irati, Jorge Derbli, assumiu compromisso com o deputado Hussein Backri (PSD) de indica-lo como representante oficial de Irati perante o governo Ratinho Junior. Irati tem várias demandas que precisam ser atendidas e para isso precisa desta indicação perante o governo para aumentar a legitimidade da atuação. Derbli informou ontem durante uma reunião que aconteceu na sede do Corpo de Bombeiros de Irati onde se colocava as demandas que Irati tem e precisam ser agilizadas no governo do estado. Além de Hussein Derbli contara com a representatividade do deputado Artagão Junior.

 

Reorganizando

 Na reunião além do prefeito e do deputado estiveram representantes da Policia Militar, Corpo de Bombeiros, vereadores e outras lideranças. Liberação de convênios de obras que já estão licitadas como o centro de eventos a ser construído no CT, pavimentações e a elevação do Corpo de Bombeiros a Grupamento independente, além da criação da subdivisão da Policia Civil foram bandeiras que Backri assumiu atuar perante a população. Hussein além de líder do governo é deputado de região próxima, com maior conhecimento das causas da região.  

 

Fissura

Parece que uma fissura no grupo do prefeito Jorge Derbli aconteceu. Conta-se nos bastidores que o vice-prefeito, Amilton Komnitski(PSD),o vice da saúde, incentivado por admiradores ou interesseiros, deverá sair como candidato a prefeito na próxima eleição municipal. Amilton, hoje vice de Derbli, foi eleito com o compromisso de ser o prefeito da saúde.

Marionete?

Talvez Komnitski seja apenas uma marionete de pessoas que queiram chegar ao poder, mas não tenham competência para isso. Ou ainda queiram apenas causar estrago na estrutura política, facilitando para a oposição. Talvez isso apenas precipite o final do casamento Derbli/Amilton que foi mais midiático que amoroso. Os articuladores de Amilton estão esquecendo uma coisa básica: Derbli está dando sinais claros que vai para reeleição, inclusive com declaração aos secretários.   

Audiência pública

Para esclarecer a população sobre o pedido de empréstimo que tramita na Câmara de Rio Azul, será realizado uma audiência pública com a finalidade de que a população tire suas dúvidas e também os vereadores sobre o projeto que, além da compra de caminhões, também prevê investimento em pavimentação. A audiência será na próxima quarta-feira (24) na Câmara. Após isso o processo deverá ter celeridade na casa.

Onda, olha onda...

O processo que prevê a proibição da cobrança da taxa mínima da Sanepar pode virar onda na região. O primeiro vereador a entrar com o projeto foi Jorge Boeira (PSD), em Inácio Martins. Agora, outros vereadores, em outras cidades, também têm aderido à onda. Em Irati, os vereadores, Nei Cabral, Alberto Schereda e Helio de Mello, protocolaram projetos similares que podem ser unidos em apenas uma, ou mais assinaturas.

Primeiro Passo

A criação da lei é o primeiro passo para que caia a cobrança da taxa mínima de água. Em vários municípios, como Maringá, Pinhão, Nova Esperança, dentre outros, já tem a lei aprovada. Em Guarapuava, o assunto tramita na Câmara. Agora deve ter um processo mais volumoso na região. A queda da cobrança da taxa mínima, atende a uma reivindicação da população que se repete de município em município. Difícil vereador que queira ir contra a um tema deste.

 

Precisa de apoio

A população tem de prestar a atenção numa situação. A criação e a provação da lei, que proíbe a cobrança, não é sinônimo que nos próximos meses a Sanepar não cobrará mais a taxa mínima. Com certeza, a empresa vai espernear e vai lutar para permanecer com o direito da cobrança, porque vai mexer no lucro da Sanepar, que é uma empresa de economia mista. A queda da taxa só ocorrerá se a população tiver o apoio do Ministério Público no assunto.

9,8%

Irati deu um salto na transparência da Administração pública. Saiu de 6.2% para chegar ao índice que está acima da média brasileira.

Reforma Aprovada 

ALEP

 

O líder do Governo na ALEP, deputado Estadual, Hussein Bakri, comemorou a aprovação na terça-feira (16), por 44 votos favoráveis e apenas 5 contra, a reforma administrativa do Governo do Paraná. A proposta reduz o número de Secretarias do Estado de 28 para 15, teve apoio maciço dos deputados, que demonstraram estar em sintonia com a gestão Ratinho Junior (PSD). As informações são de Fabio Campana. A Reforma deve destravar nomeações como a de Aldo Bona, que assumirá a superintendência de Ensino Superior, cargo criado na reforma. Hussein participou de reunião na sede do Corpo de Bombeiros na quarta-feira(17).

Assinado

O Prefeito Adelmo de Prudentópolis foi o 3º do Paraná a assinar com a Caixa Econômica Federal o financiamento do projeto Avançar Cidades. O recurso financiado pelo município será investido em pavimentação. Sem dúvidas, Adelmo, até o momento, é o prefeito que mais investiu em pavimentação em Prudentópolis. O financiamento de R$10 milhões foi assinado na quarta-feira (17), em Ponta Grossa. Este é o mesmo modelo de financiamento que municípios como Irati, Rio Azul e Teixeira buscam junto à Caixa.

Mudar de nome

Maior liderança tucana hoje, o governador de São Paulo, João Doria, disse que o PSDB encomendou uma pesquisa para avaliar, entre outras coisas, a possibilidade de uma mudança no nome do partido. As informações são de Ricardo Galhardo, Terra.
Doria defende que através de uma pesquisa seja determinada quais ações devam ser realizadas para salvar a sigla. Dentre isso, avalia-se a mudança de nome.

Virou Réu

O ex-deputado federal, ex-deputado estadual e ex-chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni (PSDB), virou réu neste mês em uma ação civil pública ligada à Operação Quadro Negro. A decisão, do último dia 9, é assinada pelo juiz Luís Mauro Lindenmeyer Eche, da 1ª Vara da Fazenda Pública de União da Vitória. O tucano, de acordo com o Ministério Público do Estado do Paraná (MP-PR), teria se beneficiado de dinheiro destinado a obras de escolas em Bituruna, seu reduto eleitoral. Ele nega. Rossoni responderá por improbidade administrativa. Beto Richa também é réu no Quadro Negro.

Primeira Baixa

O General do Exército, Luiz Felipe Carbonell, está deixando o governo de Ratinho Junior. É a primeira baixa significativa. Agora, Ratinho busca outro nome para substitui-lo. Segundo informações, Carbonel não se adaptou no cargo, devido a grande diferença na forma do trabalho entre o sistema das polícias e o sistema empregado no Exército. Carbonell volta para a Itaipu.

"As pessoas esquecem que um dia acreditaram em Papai Noel e em políticos honestos, só lembram deles no Natal e em eleições, mas esquecem que nem um dos dois existem."

Paulo Vieira da Silva

Troféu

Duas conquistas são importantes para reafirmar ações da administração Jorge Derbli. O salto no índice da transparência, que subiu 3.6% da administração anterior para esta. Além de tudo, uma visita da equipe do Tribunal de Contas, fez uma varredura nas obras paradas, que também teve boa impressão nos processos avaliados. Poucas obras carecem de regularização perante a equipe. 

Marcha dos Prefeitos

Marcha dos Prefeitos

Alguns prefeitos da região estiveram em Brasília esta semana participando da Marcha dos Prefeitos. Mas o que ouviram na capital do país não contentou os alcaides. As perspectivas de recursos para os municípios não são imediatas e, pelo jeito, vão ter de fazer muito esforço para trazer recursos do Governo Federal. Na foto, Jorge Derbli (Irati), Rodrigo Solda (Rio Azul), Luiz Zak (Rebouças) e Moacir Szinvelski (Mallet) marcaram presença.  O presidente da Amcespar, Junior Benato, também esteve no evento.

 

Similaridades

Para os mais antigos, que lembram dos fatos que condenaram Collor de Mello, o mesmo pode estar se repetindo no governo Bolsonaro. Não no sentido da falcatrua, mas sim na falta de diálogo com o Congresso. O fato que derrubou Collor foi o motivo de peitar o Congresso Nacional. Bolsonaro precisa corrigir a sua rota, porque a impressão que nos dá, que a falta de articulação e a falta de conversa com os deputados, aliado a falta de repasse para obras nos municípios, podem sim, levá-lo para um outro rumo. 

 

De Olho do PSB

O ex-prefeito de Irati, Odilon Burgath, está de olho no PSB. Segundo os bastidores, Burgath teria informado que pretende deixar o PDT e migrar para PSB, sob a guarda do deputado federal, Aliel Machado. Odilon se articula para, possivelmente, disputar a prefeitura de Irati. Ele amarga duas derrotas, consecutivamente. A de prefeito, em que foi para a reeleição, e a de deputado, teve uma votação pífia. Burgath deixou ,além de dívidas, obras paralisadas que estão sendo regularizadas pela atual gestão.

 

Mas não é bem assim

Mas por outro lado, o prefeito Jorge Derbli também pode ter influência na sigla. Aliado dos deputados estaduais, Artagão Junior e Alexandre Curi, ambos do PSB, Derbli também tem força para, se interessado estiver, buscar o partido. A cada dia, fica mais nítida a possibilidade de Derbli disputar uma reeleição e o PSB é um partido que pode contribuir na estruturação. O estranho é que, atualmente, o presidente é Mauricio Martinkoski, funcionário do gabinete de Aliel em Brasília e não é visto na terrinha. Alguém conhece?

 

Patrulha Rural 

O prefeito de Prudentópolis, Adelmo Klosowski, solicitou ao comandante do 16ª Batalhão da Polícia Militar de Guarapuava, major Gilmar Golemba, a implantação da Patrulha Rural e do serviço reservado da P2 no município. Também o 1°Tenente, Wallla Souza Adairalba, comandante da 4ª Cia da PM, participou da reunião. Adelmo se preocupa com a segurança do município e a Patrulha Rural que precisa de constante atenção.

 

Muito doente

A Câmara de Imbituva, através do seu presidente, vereador Danilo Paes do Nascimento Toto, aceitou o ofício do DEMOCRATAS de Imbituva que entrou com um pedido de cassação do vereador José Vinicius Pablo Pontarolo (PRB). O vereador já foi alvo do Ministério Público de Imbituva, devido a diversas faltas em sessões da Câmara Municipal. Pontarolo apresentava atestado para justificar as sessões, mas cumpria normalmente seu expediente como aluno no curso de Direito na Universidade Positivo, em Curitiba. Os atestados são de médicos e até dentistas.

 

Aceito

O pedido é assinado pelo presidente do DEMOCRATAS, Diogo Rover, e foi aceito pela Câmara de Vereadores. Devido a ser denúncia externa não houve o afastamento de nenhum vereador. Na mesma sessão, foi eleita a Comissão Processante que vai emitir o parecer sobre o assunto. O vereador Nilo Stadler ficou como presidente, Élcio Galvão, relato e o vereador Rosdaer é membro da comissão.

 

Era o último

No período abordado, de 48 sessões, 30 foram ordinárias e 18 extraordinárias, Vinicius Pontarolo faltou 18, entre extraordinárias e ordinárias.  Ele era o único membro político da família que não tinha envolvimento em escândalos em assuntos de coisa pública. Agora, todos os membros respondem, ou responderam, por algum tipo de denúncia ou ainda, cumprem alguma medida punitiva. Parece que a coisa está no DNA.

 

Arregando para o PT

O ex-prefeito de Imbituva e radialista, Zezo Pontarolo (PSDB), fez comentários enaltecendo o trabalho do Governo do PT, em especial a Dilma Rousseff. De nada estranho seria, se Zezo não fosse o comandante do PSDB em Imbituva. Ele afirma que os equipamentos que vieram, via Governo do Estado, no governo de Bertoldo Rover (PSD) seriam do governo do PT (Dilma). O problema não é mentir, é acreditar naquilo que mente.

 

Lei das feiras transitórias

A Câmara de Irati aprovou uma alteração na lei nº1432/1997. A proposta foi do vereador Rogerio Kuhn. Dois vereadores votaram contra. A Lei propõe requisitos mais severos que impeça a venda de produtos falsificados e sem origem, por exemplo. Kuhn diz que a intenção é preservar o comércio e assegurar ao consumidor um lugar propício e seguro quando ocorrerem eventos desse porte. O vereador ainda argumentou que não estamos proibindo nada, e sim criando empecilhos.

Lula pede empréstimo

O prefeito de Teixeira Soares, Lula Thomaz, está pedindo a autorização para a Câmara de Vereadores para emprestar, junto à Caixa Econômica Federal, R$ 4,5 milhões. O empréstimo deve ser utilizado para pavimentação, aquisição de terreno para construção de um parque industrial, e construção de barracão para indústria. Mas a vida do prefeito na Câmara não está fácil e terá dificuldades para aprovar o empréstimo. 

Aprovado

Para 42% dos entrevistados, o governo de Ratinho Jr, nestes 100 primeiros dias, está sendo melhor do que esperavam dele antes da posse.Para 44%, está correspondendo à expectativa. Apenas para 7% a gestão está pior. As informações são de Fabio Campana. Já o governo de Jair Bolsonaro tem a aprovação de 68% da população, sendo que 17% consideram que o governo está pior do que esperavam. Para 31% está melhor. O Paraná Pesquisas entrevistou 2.508 paranaenses em idade de votar entre os dias 31 de março e 5 deste mês.

78%

Ratinho Junior (PSD) atingiu este índice de aprovação nos 100 primeiros dias de Governo

Semana da Cidadania

Semana da Cidadania

O Observatório Social de Irati, através do presidente Leonel e demais voluntarios  promoveu a Semana da Cidadania. A abertura foi na segunda (1º) com a presença do palestrante Nei da Nóbrega Ribas, presidente do Observatório Social do Brasil, que falou sobre o papel do Observatório no combate a corrupção. Durante a semana foram ministradas palestras que estimulam o cidadão a assumir seu papel no combate a corrupção.  

 

O ciclo de palestras será encerradocom a do iratiense,
juiz federal, André Wasilewski Duczak, 
filho de Isis e Henrique Duczak.
O tema será o combate à corrupção.

 

Aprovado o empréstimo

A Câmara de Irati autorizou a Prefeitura a emprestar na Caixa Econômica Federal R$10 milhões para pavimentação e recape de várias ruas da cidade. Apenas o vereador Roni Surek (PROS) votou contrário. O projeto foi defendido pelos vereadores da Casa, principalmente, pelo entendimento de que a malha viária da cidade precisa de recuperação urgente. Apenas na CEF, Irati tem capacidade de endividamento de R$ 25 milhões.

 

Atestando sua incompetência

O ex-prefeito Odilon Burgath fez um chororô danado em sua página nas redes sociais pela aprovação da Câmara de vereadores do empréstimo de R$ 10 milhões para a Prefeitura de Irati. Odilon reclama da Câmara não ter aprovado um empréstimo em seu mandato e ter aprovado agora. O protesto de Burgath acaba por reconhecer que o atual prefeito Jorge Derbli foi muito mais competente, tanto na elaboração do projeto que atendeu mais de 50 ruas em Irati, quanto na articulação política.

 

O Chororô

O ex-alcaide teve o projeto negado pela Câmara devido a dois motivos principais. Primeiro, a uma relação péssima com a Câmara e, segundo, pela precariedade do projeto. Odilon apresentou na época apenas o pedido do empréstimo e já quando não tinha mais articulação, incluiu os nomes das ruas, mas como informação, e não no projeto especificamente. Rafael Lucas, na época, destroçou qualquer tentativa de sucesso de Burgath ressaltando a fragilidade do projeto.

 

Voto Contrário

O vereador Roni (PROS) foi o único voto contrário ao empréstimo. Alegações variadas, pedidos de vistas, aparentemente, com o intuito de ganhar os holofotes. Vencido, ele votou contrário ao empréstimo. Quando o projeto é importante, bem elaborado e atende a população, não tem argumento que convença. Votar contrário é votar contra o povo. Não é uma ou outra administração que paga o empréstimo, mas sim, o povo.

 

                                                   8 x 1

                                     Placar de aprovação do empréstimo de R$10 mi em Irati

 

Solda também busca financiamento

Tramita na Câmara de Rio Azul um empréstimo de R$ 5 milhões para atender a três setores da administração. R$3,3 milhões para pavimentação, R$ 1 milhão para investimentos em máquinas e caminhões e R$700 mil investimento na praça central da cidade. Nos próximos dias, a Câmara deve votar o processo, mas tem vereadores que são contra ao empréstimo. Uma consulta à população feita pelo Legislativo pode ter bagunçado, ainda mais, a cabeça dos beneficiados.          

Inédito

O prefeito Rodrigo Solda conseguiu um fato inédito em sua administração. Independentemente de a Câmara aprovar, ou não, esse Projeto de Lei, a Prefeitura ficará, no mínimo, seis meses sem pagar nenhum empréstimo. Isso se deve ao fato de que a Prefeitura quitou todos os empréstimos que tinha até o momento. Com isso, a sua capacidade de endividamento passa a casa de R$ 40 milhões. A informação traz ainda mais credibilidade à administração de Rodrigo, mostrando capacidade na gestão com ênfase no financeiro, mostrando que tem condição ainda de assumir outros financiamentos.

É de doer os ouvidos

Murchou a orelha. O presidente Nei Cabral cortou o vereador mais falador da Casa e solicitou que se atentasse ao tema. É perceptível que o excesso de fala desnecessária desmotiva a plateia que míngua a cada dia. Debate é bom, mas com consistência. Só apartando os vereadores, ele tomou 40 minutos da sessão. Tomou, porque não agregou.

Vistas de novo

O vereador e ex-presidente da ACIAI, Rogério Kuhn, apresentou projeto para restringir a presença das feiras itinerantes e transitórias como a Feira do Braz. A lei defende o comércio que gera a empregos na cidade e restringe a feiras de produtos de origem duvidosa, falsificada e sem nota. Mas a redação da lei está dando o que falar. Marcelo Rodrigues pediu vistas pela segunda sessão consecutiva para ajustar o texto da lei e tirar dúvidas.

PROVOCAÇÃO

O vereador Hélio de Mello tocou num assunto que merecia destaque há muito tempo. Mello retomou a questão do Teatro Denise Stoklos e a necessidade de retomar a obra. O vereador explicou que temos políticos ligados à região que podem ajudar de forma convincente neste processo. O reitor da Unicentro, Aldo Bonna, que vai assumir a Superintendência do Ensino Superior, o deputado Sandro Alex que é secretário da SEIL, a deputada Leandre Dal Ponte, e ainda, Evandro Roman, que podem somar os esforços necessários para retomar a obra que está parada desde 2009. Helio foi enfático em que cobrou que, se o governo não terminar a obra, deve passá-la para o município. 

PALHAÇADA

Se o ditado diz "já que ninguém gava Zéca, Zéca gava", um ex (pré?)-candidato recentemente conseguiu seu próprio "Personal Gavêitor Tabajara" e, para não fazer a palhaçada sozinho, vai em dupla, como fazem Patati e Patatá. E, não contente em querer ser o "pai da criança" de serviços rurais executados pelo município, a mais recentemente palhaçada foi querer tomar para si a autoria da realização de um Processo Seletivo Simplificado (PSS) para professores na rede municipal. Se é Patati ou Patatá, não sabemos. Mas uma coisa é certa: "É PACABÁ"!

 

Ico na Berlinda

O Chefe do Núcleo de Educação de Irati está vivendo dias de incertezas. Aclamado para o cargo por todos os apoiadores de Ratinho na região, Ico Ruva deve ter sido um dos nomes que reuniu a unanimidade na indicação. Mas o processo seletivo que a secretaria está adotando para a permanência dos chefes de núcleos pode colocar em risco a nomeação de Ico. Prefeitos, como Adelmo, já foram a Curitiba mostrar a indignação com o processo de escolha. A permanência de Ruva é consenso regional. 

Nada é tão admirável em política quanto uma memória curta.

John Galbraith

 

Greca no DEM

Em vista às próximas eleições o rearranjo político já iniciou. Um exemplo disso é do prefeito Rafael Greca (PMN) que num evento em Brasília na quarta (3) ingressou oficialmente ao partido Democratas. Sua saída do PMN devido à minguação da legenda devido à cláusula de Barreira. Aí, tem articulação de Pedro Lupion (DEM) que é vice-líder de Bolsonaro na Câmara.

 

Condenado a Prisão

O deputado federal Boca Aberta (PROS) foi condenado a 22 dias de prisão em regime semiaberto por perturbação do trabalho ou sossego. Ele poderá recorrer. Em janeiro de 2017 ele foi a UPA em Londrina e entraram contra a autorização de médicos e enfermeiros e filmaram os profissionais. Essa decisão reflete na vida de Rossoni. Com isso deve ter desdobramentos políticos e perca de direitos e pode levar o primeiro suplente Rossoni a assumir a vaga.

 

Tumultuada

O ministro Paulo Guedes participou nesta quarta (3) de uma sessão tumultuada na CCJ. O ministro destacou que a aposentadoria média dos parlamentares é de R$ 28 mil, enquanto a dos trabalhadores que recebem pelo INSS é de R$ 1,4 mil. Seu comparecimento acontece após desistência de convite na semana passada, o que pegou de surpresa o próprio presidente da comissão, Felipe Francischini (PSL-PR). O evento de hoje é, portanto, uma segunda chance para discutir com os deputados sobre a reforma da Previdência, já que o governo precisou atuar nos bastidores para evitar uma convocação, que tornaria obrigatória a presença do ministro.

 

CCJ aprova Reforma de Ratinho

A CCJ da ALEP aprovou na quarta (3) a reforma administrativa proposta pelo governo do Ratinho Junior (PSD). Uma das principais ações da reforma é a redução de secretaria de 28 para 15. Ainda o governo diz que vai resultar na extinção de 339 cargos e economia de R$10,6 mi ao ano. Isso trava por exemplo a reestruturação da secretaria da Família que absorve a pasta da Justiça. O escritório da secretaria da Família continua sem chefe definitivo.

 

Arregando para o PT

O ex prefeito de Imbituva e radialista Zezo Pontarolo fez comentários enaltecendo o trabalho do Governo do PT em especial a Dilma Rousseff. De nada estranho seria, se Zezo não fosse o comandante do PSDB em Imbituva. Em sua fala numa segunda ressente, ele diz que os equipamentos vindos na prefeitura no mandato do atual prefeito Bertoldo, é tudo conquista dele e vindo do mandato da Dilma que segundo ele foi a presidente que mais mandou recurso. O problema não é mentir, é acreditar naquilo que mente.

 

Foto flagra

A Prefeitura de Irati está fazendo um grande esforço para combater a Dengue. Mas o lixo nas bocas de lobos não pode ser admitido nos dias atuais. Esta foto é da Rua João Cândido Ferreira, esquina com à Rua Antônio Cavalin.  Não cobro da Prefeitura, mas sim, da população, pelo desleixo. Cada um tem de fazer a sua parte e jogar lixo no lugar certo.

 

10 Milhões

Das mãos do Ratinho

O prefeito Adelmo Klosowski (PSDB), de Prudentópolis, recebeu na quarta-feira (27), das mãos do governador Ratinho Junior (PSD), o convênio para construção da sede do Conselho Tutelar no município. O governador disse que o governo está pautado em um tripé formado por gestão eficiente, planejamento de infraestrutura e promoção social. Para Adelmo, o convênio vai colaborar com a melhoria da qualidade de atendimento, pois os nossos profissionais estão em um ambiente mais estruturado.

Roman Alerta Bolsonaro

O deputado Evandro Roman subiu ao púlpito para chamar a atenção do governo Bolsonaro sobre a reforma da previdência. Roman disse que Bolsonaro precisa assumir o protagonismo da reforma da presidência. Roman afirma que trabalhou em prol do Bolsonaro, mas precisa comandar as ações para que a reforma passe no Congresso. O deputado ainda cita que Bolsonaro votou contra todas os projetos de reformas da previdência, sendo uma contradição ao que acontece.

Coadjuvante

Roman afirma que ao momento em que Bolsonaro não quer dialogar com o Congresso, ele está virando as costas para os representantes do povo, ainda mais que foi renovado em mais de 50% na última eleição. O presidente precisa assumir a articulação das reformas, não pode ser coadjuvante. Quem tem que defender a reforma e defende-la é o presidente. O empresariado quer que reforma passe, mas a classe trabalhadora não quer. Como vamos atuar aqui dentro se o presidente não assumir este avião que está sem comando.

Transforma a articulação política em corrupção é no mínimo desconhecer o parlamento. E ele passou 28 anos aqui dentro.

Evandro Roman

Pavimentações

O prefeito Jorge Derbli encaminhou para a Câmara de Vereadores um projeto solicitando autorização para contrair empréstimo de R$10 milhões. Antes do projeto ser votado o prefeito convocou uma reunião com os vereadores, onde fez um demonstrativo detalhado do empréstimo e as quais ruas serão abrangidas pelo projeto. Sete vereadores participaram da explicação, inclusive vereadores oposicionistas. Esta semana, o projeto foi aprovado em primeira votação por unanimidade, e pode ser emendado pelos vereadores.  

 

Discussão do tema

Vários vereadores defenderam o projeto. Rogério Kuhn explicou que o município tem uma capacidade de endividamento muito maior do que o valor do empréstimo pretendido. Ainda o prazo de carência será determinado pela Caixa Econômica Federal, que é o órgão que vai financiar a obra. Kuhn ainda comentou que quem vai pagar a obra não é essa ou aquela administração, mas o povo. Porque vai ser paga com o dinheiro do povo e é a nação que tem de ser beneficiada.

 

A clareza faz a diferença

Como já se esperava alguns edis relacionaram este empréstimo com aquele que o ex-prefeito tentou fazer, mas a Câmara reprovou. Enquanto alguns balbuciavam, Zeca Budnar mostrou uma diferença significativa. O ex-prefeito apenas enviou um pedido de empréstimo sem explicar o que queria claramente. Este projeto que tramita, tem explicado todos os pormenores, deixando claro todos os detalhes. Isso faz a diferença.

 

Número de vereadores

O vereador Marcelinho Rodrigues (PP) no uso da tribuna mexeu num assunto que vai dar o que falar. Rodrigues defendeu que a Câmara de Irati deve se posicionar sobre o número de vereadores na casa. Irati teve uma redução de 13 para 10 cadeiras e não retornou. Marcelinho disse que isso deve ser revisto este ano, uma vez que tem eleições ano que vem, mas que o subsidio dos vereadores não deve ser aumentado.

 

Aposentou

 O vereador Zequinha Budnar, que até então era funcionário concursado da prefeitura de Irati, encerrou suas funções enquanto funcionário público. Uma vez que se aposentou da função. Agora o seu tempo aumentou na prestação de serviço da vereança. 

 

Maria Fumaça 

No dia 19 de março, o secretário de Cultura de Irati, Alfredo Van der Neut, e este colunista, fizemos uma visita a histórica cidade da Lapa para reiniciar as tratativas da vinda passeio do Trem Maria Fumaça para Irati. A visita foi para buscar a expertise de Marcio Assad, um entusiasta e pioneiro do Turismo Férreo no Brasil além de coordenar o memorial ferroviário, defende o projeto junto a Rumo e a ABPF. A ideia tem vários apoios significativo da Sociedade Civil Organizada, como a ADECSUL e a AMCESPAR. Na visita fomos recebidos também pelo prefeito Paulo Furiati. Os passeios devem abranger Teixeira Soares e Inácio Martins.

 

             R$ 10 MI

Valor que o prefeito Jorge Derbli pretende financiar para aplicar em pavimentação em Irati

Em busca do novo Forum

Loucura, Loucura, Loucura

Prudentópolis é a cidade mais global da Amcespar. Após participar do Domingão do Faustão, agora irá aparecer no Caldeirão do Huck, apresentado também na Globo. O apresentador acatou a sugestão de Junior Durski, proprietário da Rede Madero, patrocinadora do Programa e trouxe a Prudentópolis um quadro do programa. Claro que o prefeito Adelmo recepcionou Luciano com toda a pompa ucraniana que é peculiar de Prudentópolis, e aproveitou para tirar uma selfie.

Novo fórum

O prefeito Jorge Derbli, acompanhado da presidente da OAB seccional de Irati, Sonia Gerchevski, dos juízes da Comarca de Irati, Dr. Fernando Eugênio Martins de Paula Santos Lima, Henrique Kurscheidt, Carlos Eduardo Nahas e Eloisa Alessi também participaram da audiência, além do procurador do município, Robson Krupeizaki e do presidente da OAB do Paraná, Cassio Teles, estiveram em audiência com o presidente o TJ, Desembargador Adalberto Jorge Xisto Pereira, onde buscam a construção de um novo Fórum para Irati. Nessa proposta, a prefeitura entraria com o terreno e o TJ construiria o novo prédio. Derbli apresentou um imóvel na Av. João Stoklos, para apreciação do setor de engenharia do TJ. Segundo o Presidente, uma posição será dada nos próximos dias. 

Pagando a conta

A prefeitura de Irati fez depósito em juízo, para garantir o pagamento do terreno adquirido onde está sendo construída a escola da Vila Nova. Isso se deve ao fato de que houve herdeiros que faleceram durante o processo e acabou por trazendo dívidas processuais. O valor pago foi fruto de antecipação de retorno de recurso da Câmara de Irati no exercício de 2018, gestão Helio de Mello.

 

Pagando a Conta II

Esta e também o terreno para a construção da escola da Colônia Gonçalves Junior foram adquiridos pela administração Odilon Burgath. Isso sim, adquirido, porque o pagamento coube ao mandato do prefeito Jorge Derbli, que teve de pagar os dois imóveis. No caso da Colônia, a obra já tinha sido realizada e inaugurada, mas a prefeitura ainda devia o terreno. Na escola da Vila Nova, pelo motivo do terreno não ter sido pago, a obra não havia sido iniciada.

 

Liberado a pavimentação

O prefeito Jorge Derbli conseguiu nesta quarta-feira (20), junto ao secretário Ortega do SEDU, a liberação do recape asfáltico da rua ... que dá acesso ao IFPR, na Vila Matilde. A obra já foi licitada, mas aguardava a liberação do Estado para iniciar a obra. Uma vez que a obra é com recursos do Governo do Estado. Esta era uma promessa do prefeito Jorge Derbli em melhorar o acesso ao IFPR, uma vez que o calçamento existente lá está em péssimas condições. A empreiteira que venceu a licitação foi a PJPR.

 

Taxa mínima

A Câmara de Vereador de Inácio Martins aprovou a lei que impede a Sanepar de cobrar a taxa mínima de consumo de água no município. O projeto foi de autoria do vereador Jorge Boeira. A taxa mínima de água é discutida há muito tempo e em várias cidades da região, principalmente, porque muitas pessoas não consomem o que é pago na taxa mínima. Segundo o projeto 01/2019, a taxa mínima passou a ser discutida após a privatização dos serviços públicos.  

 

Acredito na Terra Prometida, porque não é promessa de Politico

Leonardo Davinc

Inconsistente

O vereador Vinicius Pontarolo, protocolou um pedido de cassação do presidente da Câmara de Imbituva, Danilo Paes do Nascimento - Tôto (PSDB). Mesmo Vinicius cursando direito e ser vereador, onde subintende-se que deva conhecer o regimento da Câmara, o ofício apresentado não preenchia os quesitos necessários para que fossem reconhecidos pela casa. Aí fica a dúvida: esse despreparo é intencional, ou o curso de direito não está ajudando muito?  

Diárias

A Câmara de Vereadores de Irati aprovou em primeira votação a criação de diárias para os servidores do município, lotados no pátio de máquinas e também na saúde, que prestam serviço no interior. A sugestão foi do vereador Marcelo Rodrigues, que detectou a dificuldade enquanto esteve como secretário do interior. Ele afirma que fica muito cara e complicada a logística para levar almoço para os funcionários. Segundo o parlamentar, o sistema de diária permite que ele compre o seu almoço no interior ou se viabilize de outra forma não sendo mais responsabilidade da prefeitura. Segundo o vereador, a medida vai gerar mais economia ao município.  

Pesquisas

Foi dada a largada da temporada das pesquisas em vistas as eleições. Em Curitiba, Rafael Greca (PMN) está na frente. O cenário ficou assim: Greca (19,4%), Fruet (15,7%), Leprevost (14,8%), Francischini (14,3%). Eles são seguidos de Luciano Ducci (PSB), com 7,2%; Maria Victória (PP), 4,4%; João Arruda (MDB), 3,8%; Mirian Gonçalves (PT), 2,1%; Paulo Martins (PSC), 1,7% e Ogier Buchi (PSL), 0,7%. O levantamento foi feito pelo Paraná Pesquisas, com margem de erro de 3.5%.


 

             34 %

Após queda de 15 pontos, este é o índice de aprovação do governo Bolsonaro, segundo o IBOPE.

Compromisso assumido

Compromisso Assumido

O prefeito de Inácio Martins e presidente da AMCESPAR, Junior Benato, recebeu o secretário da Infraestrutura e Logística (SEIL), Sandro Alex (PSD), durante inauguração de uma super creche no município. Alex anunciou que vai liberar recurso para pavimentar o em torno da creche. A vinda de Alex para a solenidade foi devido a entrega de ônibus para o transporte escolar, que viabilizou para Inácio durante a gestão anterior. Segundo o secretário, além do trabalho no governo do estado, ele tem de manter sua base que o elegeu deputado.

 

Colégio Militar

O deputado federal, Evandro Roman, (PSD) e o deputado estadual e líder do governo na ALEP, Hussein Backri, reforçaram esta semana, a ideia de instalarem em Irati uma unidade do Colégio da Polícia Militar. Roman iniciou este trabalho no ano passado, onde viabilizou, junto com Ratinho Junior (secretário na época), a construção de uma unidade em Cascavel. Na época, já formalizou os primeiros passos para assegurar que Irati seja beneficiada. Esta semana, a Câmara de Vereadores de Irati protocolou ofício solicitando a retomada do tema junto ao gabinete do deputado Hussem Brackri, que confirmou a parceria para implantar o projeto.

 

Olhem a Lista

O chamamento do concurso público de Rebouças está nas bocas de matildes do município. A prefeitura está realizando uma significativa convocação de pessoas que passaram no último concurso público, nos mais diversos setores. Mas o vereador Alessandro fez um contraponto, dizendo que é desnecessário o chamamento de mais enfermeiros, sendo que ainda não ocorreu o reajuste da data base dos servidores, que deve elevar a folha de pagamento. Mas é importante olhar com lupa a lista dos aprovados e ver onde se quer chegar.

 

Aproximando

O Prefeito Jorge Derbli vai reunir os vereadores para explanar sobre alguns pontos e projetos que deverão passar pela casa legislativa. Derbli convidou todos os vereadores para que possa falar de todas as pastas, e tirar todas as dúvidas. O momento servirá, inclusive, para que os vereadores possam fazer as reivindicações necessárias ao alcaide.

 

Asfalto Garantido

O secretario da SEIL, Sandro Alex (PSD), informou que recebeu sinal verde do BID para a pavimentação entre Rebouças e a comunidade do Marmeleiro, entroncamento com a PR-364. O trecho deve ser estadualizado para então ser pavimentado, com a economia gerada pela licitação do trecho Irati a São Mateus do Sul. Agora o processo ainda deve passar pela Assembleia para dar sequência.

 

E as Maquinas?

Teoricamente a pavimentação entre Irati e São Mateus do Sul já começou. Mas na prática ainda não percebemos máquinas na pista. O secretário da SEIL informou, durante sua visita a Inácio, que o governo ainda está formalizando a contratação de uma consultoria que deve acompanhar a obra. Este procedimento precisa ser liberado pelo BID, órgão financiado do recurso. Sandro acredita que nos próximos 15 dias as máquinas deverão estar a pleno vapor. A empresa Triunfo já está instalada e as máquinas estão no pátio aguardando. Alguns serviços de topografia e corte de árvores já estão sendo realizados. 

 

Anuncio

Fernandes Pinheiro e Teixeira Soares estão entre as 13 cidades que vão receber as primeiras unidades de casas pelo novo governo. O anúncio foi feito por Hussein Backri. Isso se deve ao fato de que os deputados da base do governo estão pressionando o chefe da Casa Civil, Guto Silva, para que inicie ações objetivas para atender as expectativas geradas na campanha eleitoral em todo o Paraná. Sentem que há um início de desencanto, pois as esperanças eram grandes e não percebem nada de concreto sendo feito.

Ratinho Presidenciável

Segundo informações da base governista, está nos planos do governador Ratinho e sua equipe, em posicioná-lo a disputar o planalto num futuro próximo. O chamado núcleo estratégico de Ratinho Jr trabalha para torná-lo presidente na sucessão de Jair Bolsonaro. A expectativa nasce de a possibilidade da reforma política acabar com a reeleição, onde Bolsonaro não poderia ser candidato novamente, e poderia apoiar Ratinho que é próximo a ele. Outro fator é que os possíveis candidatos não estão bem na popularidade. As viagens do governador e as medidas aplicadas no estado já dão mostra disso, inclusive pelo governo inovador que pretende implantar no Paraná, com investimentos do exterior o qual busca incessantemente. Aí cresce o poder e a estratégia do chefe da Casa Civil, Guto Silva, que ocupa lugar de liderança e confiança do governador com poderes quase ilimitados no estafe político do atual governo.

 Eu não culpo os políticos por serem desonestos. Culpo a sociedade por acreditá-los"

Francisco Imerson Sêl Massucume

Peso importante

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) pode adotar como rotina receber grupos de jornalistas para encontros e conversas no Palácio do Planalto. A ideia de assessores é distensionar a relação do presidente com a imprensa, convidando grupos de profissionais para conversar com ele de acordo com o tipo de veículo em que trabalham —rádio, TV, jornal ou internet. No começo do mês, Bolsonaro recebeu um primeiro grupo de jornalistas. Gostou do formato e dos resultados. As informações são de Mônica Bergamo na Folha de São Paulo.

Vice-líder

O deputado Pedro Lupion (DEM-PR) foi escolhido para ser um dos vice-líderes do governo no Congresso Nacional. Lupion tomou posse junto a outros oito vice-líderes, no Palácio do Planalto, na tarde desta terça-feira (12), durante reunião com o presidente da República, Jair Bolsonaro. Pedro tem a influência do pai, Abelardo, que conquistou espaço significativo nas articulações que o governo necessita. A líder do governo no Congresso é a paranaense, Joice Hasselmann (PSL-SP).

Novatos com peso

Outros dois novatos estão com grandes responsabilidades no Congresso. Felipe Francisquini foi confirmado na quarta-feira (13), como presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. Outra novata é a deputada federal Luísa Canziani (PTB-PR), que presidirá a Comissão Permanente de Defesa dos Direitos da Mulher, na Câmara dos Deputados. Luísa é a mais jovem parlamentar desta legislatura e a presidir uma comissão na Casa. Mas, todos são filhos de deputados de expressão.

Calcanhar de Aquiles

As insistentes chuvas têm se tornado, nos últimos dias, o calcanhar de Aquiles dos prefeitos. Em Irati, Derbli procurou aliviar o serviço do pátio terceirizando a manutenção da estrada que liga Irati a Itapará, até a divisa com Inácio. Para isso, ele criou a IR 01 e sinalizou os quilômetros do trecho. Com isso, possibilita que o maquinário da prefeitura atenda outros locais.

 21 mil

O Governo Bolsonaro extinguiu cargos, funções e gratificações. Pretende economizar mais de R$195 milhões.

Nas comissões

O deputado federal, Evandro Roman (PSD), vai compor como membro titular ou suplente diversas comissões permanentes da Câmara dos Deputados. Na definição dos membros das comissões, nesta última quarta-feira (13), Roman foi escolhido como membro titular da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR) e Comissão do Esporte. O parlamentar também fará parte como suplente das comissões de Constituição e Justiça e de Minas e Energia. Fazer parte das chamadas comissões permanentes da Câmara dos Deputados é condição fundamental para uma boa atuação do parlamentar, e isso envolve relacionamento e articulação política, enfatiza Roman.

 

Salvando a Lava Jato

Tudo indica que o STF vai sacramentar uma mudança nos rumos da Lava Jato. O tribunal definirá se crimes como corrupção e lavagem de dinheiro associados ao notório caixa 2 de campanha serão julgados pela Justiça Eleitoral. Mas nem tudo está perdido. Se o projeto anticrime de Sérgio Moro for aprovado, vai separ os crimes reservando a Justiça Eleitoral, o que é função dela, os delitos eleitorais. O desafio agora é aprovar o pacote. Para isso, é preciso fiscalizar os poderosos e as tentativas de atrapalhar o caminho de Moro. Com informações do Antagonista

Mulher Poderosa

A mulher mais poderosa do Brasil, hoje, atende pelo nome de Tereza Cristina, e é ministra da Agricultura. Ela deu força também ao agronegócio. Enquanto todos os outros grupos (da administração Bolsonaro), se defrontam com as dificuldades do poder neste início de governo, ela (a ministra) e os ruralistas têm ganhado todas. A maior parte das vitórias se deu em quedas de braço com a equipe econômica de Paulo Guedes. As informações são da Crusoé.

Medicamento inovador

O Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná) recebeu autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para lançar no mercado brasileiro o Tecplas, um medicamento biofarmacêutico inovador utilizado para a inativação de vírus no plasma utilizado em transfusões de sangue. O Tecplas, que deve ser produzido na fábrica que o Tecpar construirá em Maringá, é uma solução inédita para eliminação de vírus de doenças como dengue, zika, febre amarela e chikungunya. O produto é utilizado para limpar o plasma humano utilizado em transfusões de sangue. Não existe no país nenhum outro produto semelhante e o mercado brasileiro depende da importação do medicamento. O deputado federal e ex-ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirma que a publicação do registro na Anvisa cria mais uma oportunidade de atualização e desenvolvimento tecnológico com aumento de mercado e ampliação de faturamento ao laboratório público paranaense. O processo de registro iniciou há cerca de três anos com incentivo do então ministro da Saúde.

Interação

Cerca de 30 parlamentares participaram de uma reunião no Palácio Iguaçu, organizada pelo líder do Governo na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), deputado Hussein Bakri (PSD), para conhecerem o planejamento e as estratégias da Segurança Pública estadual para os próximos quatro anos. A apresentação foi feita pelo secretário da pasta, general Luiz Felipe Carbonell, que expôs todo o plano de trabalho da área. Faremos essa interação entre deputados e secretários periodicamente, para que não haja nenhum descompasso entre Executivo e Legislativo. Agindo em sintonia e com transparência é a forma mais certeira para que os paranaenses sejam beneficiados nas políticas públicas nos 399 municípios do estado, afirmou Hussein Bakri.


Compliance

Com nome não muito popular, o governo Ratinho quer implantar este programa que já foi instituído no SEDU enquanto foi secretário do órgão.  Agora como atual governador do Paraná, ele vai instituir o programa que envolve a concepção, implementação e monitoramento de políticas, procedimentos e práticas em torno do respeito à moralidade e eficiência administrativa. O Paraná é o primeiro Estado do país a implementar um programa desta natureza, no sentido de avançar para que todos os órgãos públicos tenham o Compliance. Seu objetivo é garantir maior transparência à prestação de serviços para o cidadão e também em licitações e contratos feitos pelos órgãos públicos, com a iniciativa privada e prestadores de serviços. A implementação desse programa está sendo estendido às demais pastas.

Menos impostos

O ex deputado federal pelo PSDB, um dos maiores tributaristas, apresentou ao presidente, Jair Bolsonaro, nesta quarta –feira (13), as principais linhas do projeto de reengenharia tributária, aprovado na Comissão Especial da Câmara no final do ano passado, o qual está pronto para seguir tramitando até a aprovação final em plenário. Também participou da reunião o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra. Bolsonaro elogiou, durante a campanha por diversas vezes em diferentes veículos de comunicação, o projeto de Reforma Tributária da Câmara, liderado pelo então deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR). Foi uma conversa na qual apresentei os grandes benefícios que a aprovação da Tributária trará para o Brasil. Vamos eliminar 10 tributos e criar o IVA – Imposto sobre Valor Agregado – que vai fortalecer os Estados mais pobres, vai diminuir o custo de produção das empresas, vai reduzir o custo dos produtos para as famílias de menor renda e muitos outros benefícios para nossa economia. Nosso projeto é revolucionário, é 100% tecnológico
finalizou Hauly.