Agricultura de Teixeira Soares tem uma safra positiva, mesmo diante da pandemia

Safra 2019/2020 teve sua colheita antecipada, fazendo com que a produção superasse os anos anteriores. A cidade tem aproximadamente 1700 produtores rurais, divididos nas 30 comunidades

Teixeira Soares tem em sua economia, cerca de 85% destinado a produção agrícola. Nos últimos meses, o cenário de pandemia alterou a arrecadação em todos os setores, porém a quarentena chegou no fim da safra 2019/2020, não interferindo no sistema de produção agrícola.

Apesar da instabilidade mundial, neste período com as condições climáticas favoráveis a produção alcançou bons índices. A cidade tem aproximadamente 1700 produtores rurais, divididos nas 30 comunidades e tem em seu principal produto a soja, sendo também na pecuária líder em produção de leite na região centro sul.

A safra 2019/2020, teve sua colheita antecipada, fazendo com que a produção superasse os anos anteriores. “Quando iniciou a pandemia os produtores já estavam comercializando seus produtos e aí o que ocorreu foi um aquecimento da economia, aumentando o preço de venda, fazendo com que assim tivéssemos uma arrecadação acima da média, mesmo com todo esse cenário”, relata o secretário de Agricultura, Andre Leonardo Schapuis.

Porém, na safra atual produtores vêm tendo dificuldades na compra de insumos e defensivos agrícolas, aumentando o preço de sua produção e consequentemente o preço de venda. “Já temos relatos de que as empresas estão adquirindo o que produzimos, dando maior tranquilidade para o produtor, equilibrando assim a economia da cidade,”, disse Andre.

Entre os produtos comercializados pelo agronegócio de Teixeira Soares estão milho, trigo, soja, cevada e leite, sendo o maior produtor desses alimentos na região, além do tabaco e aveia, tendo também um grande rebanho pecuário, suínos e aves. “Realizamos também uma produção de hortifruti na cidade, executando programas como PNAE e PAA, incentivando cada vez mais nos pequenos produtores e em breve teremos a feira do produtor em Teixeira Soares”, conclui Andre.

Economia da agricultura no país

Apesar da pandemia do coronavírus e seus efeitos na economia mundial, o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) do Brasil em 2020 foi estimado em R$ 689,97 bilhões pelo Ministério da Agricultura. O total é 7,6% a mais do que o resultado de 2019.

A pecuária deve ter o segundo ano consecutivo de bons resultados, com crescimento previsto de 6,7% (R$ 236,6 bilhões). A estimativa é que as lavouras tenham 8,3% de alta (R$ 453,3 bilhões), com destaque para as produções de milho, soja e café.