Aluno de Mallet é selecionado para participar de programa de intercâmbio

Esther Kremer com informações de Studio W

Pedro Henrique Pinkoski, um jovem residente da cidade de Mallet e filho de Luiz e Juliana Pinkoski, atualmente, está na 1ª série do Ensino Médio do Colégio Estadual Adão Sobocinski, em Rio Claro do Sul, é mais um dos selecionados para participar do prestigiado Programa Ganhando o Mundo. Na terceira edição do programa de intercâmbio, focado em países de língua inglesa, mais de 12 mil alunos inscritos competiram por essa oportunidade única. Pedro demonstrou um desempenho excepcional e conseguiu a maior nota do município de Mallet.


Os primeiros estudantes classificados são de 344 cidades paranaenses e já foram anunciados. Esses alunos preencheram todos os critérios estabelecidos, que incluíram um excelente desempenho acadêmico, presença regular e participação em iniciativas estaduais. A próxima fase do processo envolverá a apresentação de documentos e a autorização dos pais ou responsáveis, marcada para a próxima semana.


Em entrevista para o Studio W, Pedro disse que “quando soube pela primeira vez sobre o programa, parecia um sonho distante e inatingível, mas nunca tive receio de sonhar. Durante aquele ano, especialmente após a visita de uma representante do Programa à escola, me esforcei para obter boas notas e mantive minha presença durante todo o ano letivo. Sou imensamente grato aos meus professores e a todos que me apoiaram. Acredito que era meu destino e estou ansioso para que tudo ocorra conforme planejado”, compartilhou.


Em conversa com os pais, Luiz e Juliana, sobre essa etapa educacional de seu filho, o casal falou sobre o sentimento em relação a esta oportunidade. “Estamos com o coração apertado, pois Pedro tem apenas 14 anos e estudar do outro lado do mundo nos deixa um pouco nervosos. No entanto, sabemos que, devido à capacidade e inteligência dele, essa será uma experiência única. Estamos muito felizes pela conquista do nosso filho.”


DESTINO
Os países onde os estudantes realizarão o intercâmbio incluem os Estados Unidos, Inglaterra, Canadá, Austrália e Nova Zelândia. Questionado sobre a preferência, Pedro rapidamente mencionou que, se tivesse a chance de escolher, optaria pelos Estados Unidos.


GANHANDO O MUNDO
Os estudantes precisavam cumprir uma série de requisitos, incluindo ter cursado do 6º ao 9º ano do ensino fundamental em escolas públicas estaduais, manter uma média igual ou superior a 7,0 e uma frequência de pelo menos 85% em cada disciplina durante 2022 e o primeiro trimestre de 2023, além de ter sido regularmente matriculado no 9º ano em 2022 e estar atualmente matriculado na 1ª série do ensino médio em 2023. Na data da partida, os participantes também devem ter entre 14 anos e seis meses e 17 anos.


O Programa foi criado com o objetivo de enriquecer o repertório cultural e acadêmico dos estudantes, proporcionando a oportunidade de vivenciar a realidade de outros países. Além disso, o programa busca promover o desenvolvimento da autonomia e aprimorar o domínio da língua inglesa.


O Governo do Estado do Paraná, através da Secretaria de Educação e Esporte (SEED), assumirá todas as despesas, incluindo alimentação, hospedagem, transporte, emissão de vistos e passaportes, passagens aéreas e terrestres, exames médicos, vacinas, seguro viagem e saúde, taxa de matrícula, mensalidades da escola no exterior, material didático, uniformes, tradução juramentada da documentação escolar e sessões de orientação. Os alunos também receberão um auxílio mensal de R$ 800.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.