Alunos de Rio Azul realizam atividades para prevenção de sobrepeso e obesidade

Uma parceria entre as Secretarias proporcionou várias ações com as crianças para tratar do assunto

Jaqueline Lopes

A Secretaria de Saúde de Rio Azul realizou uma semana alusiva ao Dia da Obesidade, com várias atividades no município, e fez uma parceria com a Secretaria de Educação para a realização de atividades com as crianças. Além disso, uma linha de cuidados atua na cidade para tratamento e prevenção deste problema.
A ideia foi passar para os alunos sobre alimentação saudável, pois a equipe da Saúde constatou que muitas crianças estão com sobrepeso ou com obesidade. O que pode ter contribuído para este aumento é a pandemia, pois foi um ano e meio em casa e as crianças perderam a rotina, a interação em sala, as aulas de Educação Física. Com esse levantamento, as equipes pensaram em formas de ajudar as crianças.
Segundo a secretária de Saúde, Cristiana Maria Schuvaidak, eles fizeram uma semana voltada ao combate a obesidade, e pediu o apoio e a parceria com a Secretaria de Educação para trabalhar com as crianças. “Nesse dia foi fornecido um lanche saudável, as crianças trabalhavam em sala de aula, e já vimos que o resultado foi positivo. Minha filha chegou a casa e falou ‘a professora falou sobre alimentação saudável’, foi algo que deu certo”, comenta.
A secretária de Educação, Adriana Petreski Plodoviski Rymsza, comenta que, além dessa parte teórica, há também uma orientação voltada para a parte nutricional. A merenda escolar, por exemplo, vem da agricultura familiar do município, assim, frutas e verduras são sem conservantes. “Existe um equilíbrio nutricional. Tivemos um ano e meio de crianças em casa, apesar de ter fornecido cestas com alimentos, ainda assim a parte nutricional diária fez muita falta”, disse.
Adriana ainda completa que eles fazem a parte nutricional com produtos in natura, e conseguem trabalhar com as crianças para criarem uma rotina saudável. “Acho que essa parte de consumir produtos naturais, a escola está cumprindo o seu papel na parte nutricional”. Cristina também comenta que a criança pode perder o ânimo em casa, sozinha, mas na escola pode voltar a ter quando vê o outro e isso acaba se tornando um hábito.

Atendimento à população aconteceu na Praça da Rodoviária – Foto: Reprodução

LINHA DE CUIDADOS
Desde o ano passado, a Secretaria de Saúde tem uma linha de cuidados com uma equipe de multiprofissionais. Inicialmente, começaram os trabalhos com pessoas que estavam com obesidade mórbida, na fila da cirurgia bariátrica. O educador físico Evaldo Dorocinski é o coordenador da linha de cuidados no município. Ele conta que, além das atividades com as crianças, realizaram várias outras com pacientes em torno da prevenção da obesidade.
A equipe esteve em uma rádio local comentando sobre o tema, fizeram uma live no Facebook que teve uma boa interação com a população, em que puderam esclarecer dúvidas e explicar algumas situações. Foi realizada a caminha em várias ruas principais para chamar a atenção da população no combate e prevenção do sobrepeso e obesidade. Também aconteceu, na Praça da Rodoviária,vários atendimento para as pessoas do município.
A linha de cuidados faz o atendimento durante o ano e conta com todos os profissionais necessários. Também, esse trabalho envolve a equipe e estrutura da Secretaria de Saúde. “Estamos, cada vez mais, unindo mais forças, e agregando mais profissionais para, realmente, conseguir efetivar esse trabalho de tratamento, que é uma condição que a pessoa se encontra, e pode ser revertida. Estamos organizando ações para prevenção, que cada vez se torna mais viável a gente prevenir do que depois fazer o tratamento”, observa Evaldo.