Amigos de Teixeira realizam leilão para arrecadar fundos para o menino Nathan

Contribua para que o menino consiga fazer a próxima aplicação do tratamento

No sábado (15), às 17h acontece o leilão em prol do menino Nathan, organizado pelos Amigos de Teixeira. Haverá também sorteio de brindes aos participantes. O evento será transmitido em live através da página do Facebook “Força Nathan – Amigos para Sempre”, com intuito de arrecadar fundos para que Nathan consiga fazer o tratamento de terapia celular regenerativa.

Entre os prêmios sorteados estão: duas camisetas do Flamengo autografadas pelos jogadores Júnior, Leandro Ávila, Nélio, Athirson, Andrade e uma camiseta do Palmeiras assinada pelo jogador Bruno Henrique. Os demais prêmios arrecadados para o leilão e sorteio foram doados pelo comércio de Irati e região. 

Contribuia para que Nathan consiga realiza mais uma etapa do tratamento. (Foto: Reprodução)

Para participar do leilão basta entrar em contato no Whatsapp pelo número (42) 99823-1662, e escrever o valor do lance e para qual prêmio. Os lances são atualizados diariamente. Além do leilão, a live também contará com outras atrações, são elas: Grupo Piazitos do Surungo, Luan de Gois e Alex Gaiteiro.

Desde que foi diagnosticado com Distrofia Muscular de Duchenne, em 2013, quando tinha 6 anos, Nathan Patrzyk, hoje com 16 anos, vem fazendo tratamentos para a doença. Através da campanha “Força Nathan”, ele arrecada fundos para os procedimentos. Entre eles, métodos realizados na Tailândia e no Paraguai.

Com a ausência de uma proteína essencial para a integridade do músculo, a Distrofia de Duchenne é uma doença genética, uma degeneração progressiva do músculo que ocorre apenas em meninos. Um dos tratamentos precoces recomendados é com corticoides para ajudar na diminuição do processo inflamatório do músculo, além da fisioterapia, que ajuda na progressão da doença.

Em 2013, Nathan iniciou o tratamento com células-tronco na Tailândia. Ao todo, foram seis idas até o país asiático, sendo $33 mil dólares por viagem. Com o tratamento surtindo efeito, ao todo foram 8 aplicações em 30 dias. Já em 2018, após cinco anos, iniciou um novo procedimento no Paraguai, com um investimento mais baixo, cerca de $5 mil dólares por aplicação. Este, por sua vez, foi realizado até janeiro de 2020 e encerrou devido a pandemia do COVID-19.

Com as aplicações agendadas em 2020 desmarcadas e um ano sem fazer o tratamento, a doença agravou, o que ocasionou na perda muscular, respiratória e cardíaca. Contudo, um novo tratamento de Terapia Celular Regenerativa foi iniciado em janeiro de deste ano. Até o momento foram duas (janeiro e fevereiro de 2021) das seis aplicações programadas para esse semestre. No novo tratamento, cada aplicação custa 3 mil dólares, a próxima está agendada para 21 de maio.