Atendendo a população, Projeto de Emenda à Lei Orgânica do Município será retirado de tramitação

Protejo visava ampliar o número de vagas no parlamento a partir da Legislatura de 2025/2028

 Atendendo aos eleitores, os autores da Emenda à Lei Orgânica do Município nº 001/2020 – Presidente Nei Cabral, 1º Secretário José Bodnar e os vereadores Marcelo Rodrigues e Edson Luís Elias decidiram na manhã de hoje (17 de dezembro), retirar de tramitação a referida proposta que altera a redação do caput do artigo 19 da Lei Orgânica do Município de Irati.

O Projeto havia sido aprovado em primeira votação por unanimidade de votos na Sessão Ordinária do dia 8 de dezembro. Conforme os proponentes, a matéria que pretendia ampliar de 10 para 13 o número de vagas no Parlamento visava o aperfeiçoamento da democracia e a garantia da pluralidade e representatividade das mais variadas camadas sociais.

Embora a matéria seja constitucional, o Presidente Nei Cabral afirma que a retirada da mesma se faz necessária devido a contrariedade dos eleitores. “Nosso trabalho é pautado na vontade popular, estamos sempre dialogando com familiares e cidadãos respondendo a todas as manifestações e, portanto, essa foi a nossa decisão”, justificou.