Biblioteca e Rua Coberta são inauguradas em Prudentópolis

Evento contou com a presença do secretário João Carlos Ortega

Amanda Borges

Na quarta-feira (1º), inaugurou no município de Prudentópolis uma nova Biblioteca Pública e uma Rua Coberta, nome popular dado à Rua Rui Barbosa. Ambos os projetos foram pensados a partir de conceitos arquitetônicos inovadores e que permitem a realização de atividades artísticas, gastronômicas e culturais. O secretário estadual da pasta Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas do Paraná, João Carlos Ortega, foi convidado a conhecer as obras e prestigiar a inauguração dos espaços.

A biblioteca foi projetada em um contêiner e conta com um mural estampado de personagens que protagonizam histórias clássicas, como Piratas do Caribe, Turma da Mônica e Sítio do Pica-Pau Amarelo. Ao lado, fica a Rua Coberta, espaço cujo o intuito é realizar feiras de artesanato, gastronômicas e de produtos orgânicos. O projeto ainda não foi finalizado, faltam ainda a finalização de um palco para apresentações artísticas e um chafariz.

Os recursos para construção foram adquiridos a partir de uma parceria entre o governo do estado e a prefeitura. Sobre a relevância das obras, o secretário Ortega afirma “Uma obra importante, que vai trazer um atendimento às famílias, na área da cultura, às escolas, a população vai estar presente” e complementa “uma obra moderna, inovadora, num modelo de construção moderno, que foi feito juntamente com a prefeitura”.

“É uma obra muito importante e vai atender toda a população, na área da cultura e na área da educação” secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas do Paraná.

De encontro com a opinião de Ortega, o prefeito de Prudentópolis, Osnei Stadler, diz “A obra vêm bem a calhar com um momento em que Prudentópolis está crescendo. Muito investimento em educação, muito investimento em cultura, e isso vêm agregar ainda mais”.

A praça escolhida para as construções visa proporcionar um ambiente confortável e acolhedoraos moradores. Tendo isso em mente, os bancos do local foram decorados em formato de livros, muitos deles escolhidos em homenagem a autores locais, como Helena Kolody, e célebres, como Monteiro Lobato. Além disso, o acervo da biblioteca antiga será levado à nova e mais títulos foram adquiridos.

“O nosso objetivo é esse: estimular as pessoas para que venham a uma biblioteca”- Nadir Vozivoda, secretária da Cultura do município.

A secretária de Cultura do município, Nadir Vozivoda, diz que a nova biblioteca é “um sonho antigo”. De acordo com ela, o espaço em que estava instalada a biblioteca municipal anterior era alugado, então, havia a necessidade de definir um local pertencente à esfera pública. Ela conta que essa demanda cresceu ainda mais nos últimos tempos, já que a população tem buscado mais a literatura. “A biblioteca para uma comunidade é de extrema importância. E por incrível que pareça têm muita gente procurando a biblioteca, procurando livros”.

Os dois ambientes foram construídos próximos a Casa da Cultura, o que permite fácil acesso aos visitantes. A secretária explica que o local foi escolhido estrategicamente para que interligasse um ponto turístico ao outro. De acordo com ela, a ideia é que os espaços inaugurados recentemente e a Casa da Cultura possam organizar seus funcionamentos para que operem de maneira interligada, mesmo que em horários não tradicionais de abertura.“Esse vai ser um complexo cultural muito importante”, complementa.