Café Colonial com produtos orgânicos será inaugurado neste fim de semana em Rio Azul

Rafael Silva e Luci Tomal abrem as portas do Sítio Angélica para receber o público

Amanda Cristina, com reportagem de Jaqueline Lopes

Neste sábado e domingo, a partir das 9h, ocorrerá a inauguração do Café Colonial do Sítio Angélica, na localidade do Faxinal dos Elias, interior de Rio Azul. Serão servidos pão, geléia, doce de abóbora, cuca, bolo de laranja, pastel, sonho, sucos, bolachas, entre outros quitutes, tudo produzido de maneira orgânica.

Os proprietários do sítio, Rafael Silva e Luci Tomal, são os responsáveis pela iniciativa. O casal produz morangos orgânicos no local e contam que não encontraram nenhuma outra pessoa que realizasse esse trabalho em Rio Azul. Assim, com o tempo, surgiu a iniciativa de servir os preparos com os morangos plantados em casa.

“Nós queremos que as pessoas tenham o prazer de vir aqui, e nós de recebê-los para vir tomar um café colonial e experimentar as delícias que são produzidas aqui no interior” – Rafael Silva

De acordo com Luci, o sonho da produção orgânica somou-se à vontade de mudar o ramo de atuação. Anteriormente à plantação de morangos, o casal atuava no plantio de fumo, mas venderam tudo para investir nessa empreitada. “Quando se tem um sonho e acredita nele, não existe não dar certo”, assegura Silva. Inclusive, o espaço em que o café será servido é o antigo local onde acontecia todo o trabalho do casal com o fumo, como a estufa e o paiol de armazenamento da planta. 

Ainda, os produtores contam que trabalhar com os orgânicos abrange diversas outras esferas da sociedade. Ao consumir os morangos, os compradores contribuem para práticas de bem-estar animal, a diminuição do uso de agrotóxicos e o estímulo da alimentação saudável e consciente. “A pessoa vem no café colonial e ela pode colher o próprio morango, pode tomar o suco produzido aqui. Ela pode saber, principalmente, de onde vem o alimento que ela come, a fruta que ingere e que ela dá para o filho dela. Isso é muito gratificante”, contou Rafael.

Rafael Silva, um dos produtores/ Foto: Jaqueline Lopes

E o sonho não para por aí, Rafael já fala que, em breve, o sítio vai comportar um camping, permitindo que os clientes acampem no local.

Os produtos à base dos morangos são comercializados apenas no sítio ou na rede de supermercados Ivasko.

INCENTIVO

O prefeito do município de Rio Azul, Leandro Jasinski, conheceu o Sítio Angélica. “Para o município de Rio Azul essa iniciativa é muito enriquecedora, a gente precisa sempre apoiar. Meus parabéns aos dois por buscar uma alternativa e muito saudável”, disse o gestor.

“Nós temos que apoiar o casal que está fazendo isso, com certeza uma diversificação para o nosso município. Nós, da prefeitura, apoiamos essa iniciativa com toda a estrutura que a gente tem, com técnicos, maquinários, mas se não fosse pela força e pela coragem deles, hoje, não estaríamos aqui experimentando essa delícia, essa alimentação saudável”, acrescentou o vice-prefeito Jair Boni, que também prestigiou a iniciativa.