Campanha de Atualização dos Rebanhos de 2020 encerra no fim de novembro

Em Prudentópolis para essa atualização de cadastros, a Adapar realiza uma importante parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura

Em 40 dias, a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) encerra a Campanha de Atualização dos Rebanhos de 2020. A atualização é obrigatória e quem não fizer não poderá obter a Guia de Trânsito Animal (GTA), documento que permite a movimentação de animais entre propriedades e para abate nos frigoríficos.

A Campanha teve início em 1º de maio e este ano está sendo realizada em uma etapa única, devido à pandemia do novo Coronavírus. Os produtores podem fazer a atualização no sistema online, conforme portaria da Adapar número 78/2020, que inclui todas as espécies de animais de produção, visando garantir a rastreabilidade e a sanidade de todo o rebanho.

Em Prudentópolis para essa atualização de cadastros, a Adapar realiza uma importante parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura. Os produtores além de poderem realizar a atualização online, podem fazer a atualização em dois locais: Unidade local da Adapar em Prudentópolis e Escritório de Atendimento Ligação da Secretaria de Agricultura. “Como a unidade da Adapar é somente aqui no centro da cidade é fundamental termos um ponto de atendimento no interior do município. Ainda restam muitas propriedades a serem cadastradas, por isso alertamos aos produtores para que não deixem para o fim de novembro e se organizem nos próximos dias para realizar o cadastro e acabar sofrendo prejuízos por um eventual atraso”, comenta a secretária municipal de Agricutura, Dayane Louize do Prado

Na cidade, até o momento, foram cadastrados cerca de 40%, sendo o município possui aproximadamente 2700 propriedades cadastradas com bovinos e um rebanho aproximado de 70.000.

A partir de 1º de dezembro, o produtor que não atualizar o rebanho estará sujeito a outras penalidades previstas na legislação, como a autuação e o pagamento de multa, que pode variar de acordo com a quantidade de animais não declarados.