Campanha Junho Violeta tem formato diferente em 2020

Em 2020, diante da pandemia, as ações foram de uma forma diferente da habitual. Desde a última segunda-feira (15), até o dia 26 de junho serão publicados vídeos na página oficial da Prefeitura, sobre temas de prevenção e combate à violência contra os idosos

Anualmente, a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Prudentópolis realiza a campanha Junho Violeta – Mês da Conscientização contra violência da pessoa idosa. O objetivo é criar uma consciência social e política da existência da violência contra a pessoa idosa e, ao mesmo tempo, disseminar a ideia de não aceitá-la em qualquer situação.

Em 2020, diante da pandemia, essas ações foram planejadas de uma forma diferente da habitual. Desde a última segunda-feira (15), até o dia 26 de junho serão publicados vídeos na página oficial da prefeitura, sobre temas de prevenção e combate à violência contra os idosos. A campanha é uma realização da RAPI (Programa de Atenção Integral a Saúde do Idoso de Prudentópolis (PAISIP), Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) para pessoas idosas – Centro do Idoso -, Instituto de Longa Permanência para Idosos (ILPI) Lar dos Idosos São Vicente de Paulo).

DIA MUNDIAL DA CONSCIENTIZAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA

Dia 15 de junho marca o Dia Mundial da Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência Contra à Pessoa Idosa, no ano de 2006, com o objetivo de serem preservados os direitos desses cidadãos.

No Brasil, o Estatuto do Idoso é uma Lei Federal, de Nº 10.741, de 1º de outubro de 2003, isto é, uma Lei Orgânica do Estado Brasileiro, que é destinada a regulamentar os direitos assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos que vivem no país. A lei especifica os diversos tipos de violência contra a pessoa idosa e as penalidades para os agressores.

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL ADAPTA SEUS ATENDIMENTOS DURANTE A PANDEMIA

Atualmente há cerca de 35 idosos acompanhados somente no CREAS/Paefi, os atendimentos, na sua grande maioria através de monitoramento e acompanhamento via telefone. “As visitas domiciliares permanecem sendo realizadas apenas em casos urgentes bem como os atendimentos presenciais, seguindo as orientações da Secretaria de Saúde do município. Com relação aos idosos acompanhados, a equipe tem priorizado os atendimentos e orientações para os familiares e cuidadores, evitando o contato direto com a pessoa idosa”, relata a equipe CREAS/ Paefi Idoso

EM CASO DE OBSERVAR A PRÁTICA DE VIOLÊNCIA CONTRA OS IDOSOS, DENUNCIE

Há vários tipos de violência que podem ser aplicados aos idosos, como física, psicológica, sexual, abandono, negligência, violência financeira, autonegligência, medicamentosa, violência institucional. Em Prudentópolis, as denúncias podem acontecer em diversos órgãos de proteção, atendimento e orientação, confira os números abaixo

– Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) 3908-1107 | 3908-1109 | 3446-2775;

– Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) 3908-1112;

– Centro de Convivência Alvino de Paula Santos (Centro do Idoso) 3908-1904;

– Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa;

– Programa de Atenção Integral a Saúde do Idoso de Prudentópolis (PAISP) 3908-1030;

– Unidades Básicas de Saúde;

– Ministério Público 3446-4138;

– Delegacia de Polícia Civil 3446-1202;

– Polícia Militar 3446-1893;