Cerca de 300 produtores participam de encontro sobre conservação do solo

Evento discutiu também a questão da fertilização e manejo do solo, que podem aumentar a produtividade

Jaqueline Lopes

A prefeitura de Rio azul, através da secretaria de agricultura, em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Regional do Paraná (IDR), realizou o 2º encontro de Fertilidade, Manejo e Conservação do solo na quarta-feira (1º). Cerca de 300 produtores do município participaram do evento, que mostrou a importância desse processo para aumentar a produtividade.
O encontro contou com palestras do técnico em Agropecuária do IDR-PR, Ericson Adrianczyk, sobre a análise do solo; do engenheiro agrônomo Daicon Godeski Moreira – Actas agro pesquisas, que falou do uso de corretivos de solo e nutrição de plantas; e do também engenheiro agrônomo Leandro Michalovicz do IDR-PR sobre o manejo e conservação do solo e uso de fertilizantes. Também teve almoço e brindes aos presentes.

“Fico muito feliz em ver o nosso produtor participando, todas as nossas comunidades sendo representadas. Isso é muito bom. Sinal que o município é forte e, cada vez mais, está se fortalecendo” – Prefeito Leandro Jasinski

A necessidade do evento foi sentida devido ao levantamento feito pela Secretaria de Agricultura, junto do IDR, que mostrou que apenas 10% dos produtores fazem a conservação do solo, o que preocupou, pois é um processo que faz a diferença para a produção. “Nossos produtores de Rio Azul são muito parceiros, estão à frente de outros municípios e estão preocupados. Eles vêm de uma safra que o clima não colaborou. E vimos que o produtor que estava preparado, que fez a conservação do solo, não sofreu tanto quanto o que estava despreparado. Esse evento é para isso: relembrar conceitos básicos, voltados para a realidade, para gente tentar produzir o máximo na mesma área”, comenta técnico em Agropecuária do IDR-PR, Ericson Adrianczyk.
Rio Azul é essencialmente agrícola, cerca de 70% da população mora no interior, com forte produção do tabaco e está em crescimento no setor de soja. E o principal intuito do evento foi proporcionar mais técnicas aos produtores e ajudá-los, é o que destaca o prefeito de Rio Azul, Leandro Jasinski. “Cada produtor que está presente está agregando mais conhecimento para aplicar na lavoura, para que possa conseguir uma produção cada vez maior. Isso significa mais renda, mais dinheiro no bolso e circulando em todo o município. E o principal de tudo é o solo que vai fazer a produção ser boa, com mais técnicas sendo aplicadas e tecnologias para que o solo traga mais produtividade”.
CONVÊNIOS COM A SEAB
Para ajudar ainda mais os produtores, a Prefeitura de Rio Azul fez vários convênios com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SEAB) como para aquisição de calcário; de óleo diesel, o município entra com os equipamentos e o Estado com o diesel para melhorar as estradas rurais; aquisição de veículos; fazem parte do Programa Coopera, para a reestruturação da cooperativa; através da Coafra participam do Compra Direta Paraná. “Estamos apoiando, através do Governo do Estado, ações para o produtor ter a comercialização do produto e melhores condições na produção”, observa a chefe do escritório regional SEAB de Irati, Adriana Baumel.