Escola Vanda Hessel está em fase de acabamento

Município fez aditivos ao projeto original para adequar às normas

A nova Escola Municipal Vanda Hessel, em Rio Azul, terá 12 salas de aula, cantina, sala de direção, sala de professores, laboratório e quadra poliesportiva. A obra, em fase de acabamento, vai beneficiar alunos do bairro Vila Diva, um dos que mais cresceram nos últimos anos.

Solda afirma que o convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) é de 2015. “Não fui eu que licitei. Quando iniciei o mandato, em 2017, fui ver as questões que determinariam o início ou a continuidade das obras. E tivemos que adequar o projeto para começar a execução da obra”, diz.

De acordo com o prefeito Rodrigo Skalicz Solda (PSDB), o objetivo é entregar a obra à população até o fim do mandato. “À época que assumi a Prefeitura, esta obra não estava de acordo com as normas. Tivemos de fazer aditivos ao longo de um projeto já existente, percalços que não permitiram entregar antes essa escola”, explica.

O prefeito lembra, ainda, que já foram inauguradas outras duas escolas que estavam paradas. “Os vereadores, inclusive os reeleitos, não se preocupavam na gestão anterior com relação a essas obras mal elaboradoras. Agora se preocupam até com o combustível que usamos para a Educação”, declara.

A obra da Escola Municipal Vanda Hessel tem recursos federais. A vantagem, segundo o prefeito, é que não onera muito os cofres do Município, a não ser quando são necessários gastos extras.

Como exemplo disso, Solda comenta que, apenas para a quadra poliesportiva, foram necessárias mais de mil cargas de terra para nivelamento do terreno. “Quando fizeram o projeto, esqueceram que o terreno não era adequado”, comenta. “Podem dizer que a carga de terra é barata, e realmente é. Mas esses são os mesmos caminhões que levam cascalho para as comunidades. Os funcionários são os mesmos que operam as máquinas no interior do município”.

Para o prefeito, independente de quem assinou o convênio, a obra será entregue conforme foi acordado com o Governo Federal. “Posso garantir que, escola como esta, não está sendo construída em nenhum outro município da região”, afirma o prefeito.

O antigo colégio, que fica ao lado da praça Tiradentes, será transferido para a nova estrutura.