Incubadora de Negócios Irati busca novos projetos na região

Completando nove meses de existência a INETI está atrás de novas ideias para o mercado

Criada com o intuito de auxiliar as novas micro e pequenas empresas a se consolidarem no mercado, a Incubadora de Negócios Irati (INETI) busca novos projetos inovadores para alavancar o número de empreendimentos na região.

A professora e diretora executiva da INETI, Adriana Queiroz Silva, explica sobre inovação. “Existem as mais diversas formas de inovação. As pessoas não podem pensar apenas em tecnologia, têm vários segmentos de empresas que podem envolver alguma coisa que outra empresa não pensou em fazer. Isso é inovação”, explica.

Com o conceito em mãos, as pessoas interessadas podem buscar a INETI para submeterem seus projetos. Eles passam por uma seleção, respeitando as regras da Incubadora. Se classificado começa o processo de auxílio. Para as empresas que foram criadas a pouco tempo, elas entram para o campo “incubados”, onde podem permanecer de dois a dois anos e meio. Quem ainda não tem o empreendimento formado entra no campo “pré-incubação”, em que recebem o auxílio para transformar a ideia em negócio.

A Incubadora presta todo o suporte nos dois casos, para que possam ser inseridos no mercado da região. “A partir do momento que você tem uma empresa, ela está formada a pouco tempo, e tem algum quesito inovador e está com algumas dificuldades nós damos um apoio, para que esta possa dar continuidade, se fortalecer e se manter no mercado. De modo que ela crie mais empregos, gere mais renda, aumente o faturamento entre outros benefícios”, disse Adriana.

É necessário o pagamento de uma taxa mensal, no valor de R$ 100 a R$ 150 para os “incubados”, e R$ 80 para os “pré-incubados”.  Atualmente, a INETI possui cinco projetos pré-incubados, que segundo a diretora executiva, têm oportunidades de serem lançados no mercado e darem certo.

A professora ainda comenta que a incubadora em médio e longo prazo estimulará o empreendedorismo, auxiliará na diminuição da mortalidade das empresas, fomentará a criação de novas empresas inovadoras. De modo que se possa melhorar a nossa região em termos de emprego, renda, e inovação”, comenta.

INETI

A INETI é uma associação sem fins lucrativos, que tem como objetivo principal auxiliar, tanto na parte gerencial, quanto técnica empresas que iniciaram suas atividades há pouco tempo, e que tenham quesitos inovadores. Também auxilia pretensos empreendedores que possuem uma ideia e acreditam que pode virar negócio.

De acordo com a diretora executiva, a fundação da INETI só foi possível devido à parceria com algumas empresas, associações e instituições públicas que acreditaram no projeto. Estas parceiras contribuem na área técnica, gerencial ou financeira. A INETI está sediada na Universidade Estadual do Centro Oeste (Unicentro), em Irati, que é uma das parceiras da incubadora.

 

Atualmente, os 20 parceiros da Incubadora são: Emater; Incubadora tecnológica de Guarapuava (INTEG), Instituto Federal do Paraná (IFPR); Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SEAB); SEBRAE; SENAI; Unicentro; Prefeitura de Irati; Associação Comercial de Irati (Aciai); Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná (Amcespar); Compensados Drabecki Ltda; Cooperativa de crédito Sicoob Sul; Cooperativa de crédito Sicredi; Grupo Isa; Madeireira Rio Claro; Moageira; Sam-– Estratégias Digitais; Sigma Contabilidade Ltda; Sindicato das Indústrias de Serrarias, Carpintarias, Tanoarias e da Marcenaria de Irati e Sociedade Educacional Irati.

PARA CONHECER MAIS SOBRE A INCUBADORA

Para conhecer mais sobre o assunto pode-se consultar o site da INETI (www3.unicentro.br/ineti), e a página na rede social Facebook “Ineti – Incubadora de Negócios Irati”. Mais informações também podem ser obtidas pelo e-mail: [email protected], ou pelo telefone (42) 3421-3111. O horário de atendimento da incubadora é das 10h às 12h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.