Irati recebe 5º episódio da Caravana Paraná Unido Pelas Mulheres

Kauana Neitzel e Secom

O Governo do Paraná, através da Secretaria da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa (Semipi), em parceria com a Associação dos Municípios do Paraná (AMP), promoveu em Irati nesta quinta-feira (6), o 5º episódio da ‘Caravana Paraná Unido Pelas Mulheres’. O evento contou com apoio da Prefeitura de Irati, através da Secretaria de Assistência Social.


O objetivo da caravana é auxiliar as administrações municipais a montarem estruturas de gestão com foco nas políticas públicas para mulheres. O programa vai percorrer diversas regiões do estado. Em Irati, estiveram reunidos municípios que integram a Associação dos Municípios do Centro-Sul do Paraná (Amcespar) e da Associação dos Municípios Sul Paranaense (Amsulpar).


O evento foi realizado na Associação dos Servidores Públicos Municipais de Irati com a presença da secretária de Estado da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa, Leandre Dal Ponte, do vice-presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Junior Benato, deputado estadual Artagão Júnior, além de autoridades do município de Irati como o prefeito, Jorge Derbli e a vice-prefeita, Ieda Waydzik, prefeitos e representantes da região.


A secretária da Mulher do Paraná, Leandre Dal Ponte, destacou, em entrevista ao Jornal Folha de Irati, ações em andamento no Estado para a promoção da igualdade entre homens e mulheres e combate à violência. “Nós precisamos construir uma interlocução com os outros entes federativos, que são os municípios. A caravana foi pensada justamente para que possamos descentralizar as políticas públicas voltadas a este público que, hoje, soma mais de seis milhões de paranaenses, entre meninas, mulheres e idosas, que precisam ser assistidas para além do recorte sócio econômico ou vítimas de violência”, frisa Leandre.


Na oportunidade, pautas relevantes foram discutidas, entre elas os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS da ONU para as cidades, com ênfase no ODS 5 – “Igualdade entre homens e mulheres: alcançar a igualdade e empoderar todas as mulheres e meninas e modelos de governança de política para as mulheres”. Também houve orientações técnicas importantes para que os municípios organizem modelos de governança com foco em políticas públicas para as mulheres.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.