Meio Ambiente estuda implantação de coleta específica de vidro em Irati

Secom Irati

A Prefeitura de Irati, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, estuda a implantação de coleta específica de vidro. A decisão vem de encontro a necessidade de oferecer mais segurança aos trabalhadores que atuam na coleta e separação do lixo reciclável. Diversos acidentes já foram registrados. Para mudar essa realidade, a população deve colaborar, com a separação correta dos vidros.


Na manhã de terça-feira (16), o prefeito Jorge Derbli visitou o local, no bairro Vila Nova, onde trabalham a Associação Malinoski e a Cooperativa de Catadores de Recicláveis de Irati (Cocair), que são responsáveis pela coleta dos recicláveis no Município. “Vemos uma grande quantidade de vidro junto com o restante do lixo reciclável. Para evitar mais acidentes, decidimos implantar a coleta específica do vidro em Irati”, comenta.

Durante a visita, o prefeito reforçou o pedido à população separar corretamente o lixo. “Esperamos contar com a colaboração de todos. O lixo que produzimos em casa chega até esses trabalhadores, que merecem nosso respeito e reconhecimento pelo o que fazem pelo nosso Município”.

A decisão vem para oferecer mais segurança aos trabalhadores – Foto: Secom Irati


De acordo com a secretária de Meio Ambiente, Magda Lozinski, os caminhões de coleta do lixo reciclável são compactadores, então algumas garrafas e outros objetos de vidro acabam quebrando, virando cacos, que não possuem comércio. “Além dos trabalhadores não conseguirem comercializar, há o risco de sofrerem cortes. Então, vamos realizar essa coleta específica a cada 15 dias”, explica.


A coleta de vidro está sendo estudada pela Secretaria de Meio Ambiente e deve começar em breve. Os dias serão anunciados para que a população faça a separação e colabore com mais esse trabalho.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.