Nacional 2023: Irati se torna o epicentro da cultura gaúcha no Brasil

Esther Kremer
O Centro de Tradições Willy Laars foi o cenário para a reunião de três importantes competições que celebram e preservam a cultura gaúcha: o 15º Festival Nacional de Arte e Tradição Gaúcha (FENART), o 20º Rodeio Crioulo Nacional de Campeões e o 10º Jogos Tradicionalistas. Com uma participação de mais de nove mil competidores, o evento superou as expectativas do público, promovendo a valorização das raízes e costumes do povo gaúcho através de danças, músicas, declamações, trovas, jogos e provas campeiras.
O anfitrião do evento e prefeito de Irati, Jorge Derbli, falou sobre o momento e sobre a cidade de Irati se tornar o foco do gauchismo neste mês de julho. “A expectativa para este evento era muito grande, mas superou tudo o que nós prevíamos. Uma festa tão bonita que emocionou, chegou a arrepiar, tanto na campeira quanto na artística. Este Nacional não poderia ter sido diferente, foi um grande sucesso”.
Os três eventos, realizados de forma simultânea, permitiram que a rica diversidade cultural entrasse em foco e deixasse a cidade como um destaque em todo o Brasil. Ao todo, seis MTGs estiveram presentes nas competições, sendo eles: o MTG do Planalto Central, MTG de São Paulo, MTG do Paraná, MTG do Rio Grande do Sul, MTG do Mato Grosso e MTG de Santa Catarina.
O secretário de Estado do Turismo, Marcio Nunes, participou na quinta-feira (20) da abertura do Nacional 2023 e falou sobre a importância do tradicionalismo gaúcho para o turismo paranaense. “Foi uma satisfação poder participar deste encontro nacional e pude presenciar um movimento muito tradicionalista e, além disso, cultural, inter esportivo, gastronômico, influencia o turismo rodoviário e o turismo rural. Foi um evento turístico, algo que o Paraná está fazendo e precisa fazer muito, enaltecer esta cultura”, disse.
O presidente da CBTG, Roberto Basso, também falou sobre a organização e o grandioso espaço do CT. “Não tenho palavras, vemos as pessoas mais jovens, o quanto se esforçaram, muitas vezes deixaram de se divertir no fim de semana e se dedicaram ao tradicionalismo. Meus parabéns a todos e para nós, é uma alegria muto grande em ver o evento com toda a grandiosidade que teve”, comenta.
A secretária de Cultura de Irati, Samanta Regina dos Santos Ferreira, foi uma das responsáveis pela organização do evento e disse que “Nós preservamos a cultura gaúcha nestes dias de evento e a passagem do Nacional 2023 ficará marcada em Irati. Agradeço a todos os envolvidos que tornaram esse momento possível e memorável. Foi um longo período de organização, mas que no final valeram a pena, ouvimos diversos elogios em relação ao espaço e também pela receptividade”.

“Uma festa tão bonita que emocionou, chegou a arrepiar” diz Derbli – secom
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.