Nathan desfila no Carnaval do Rio de Janeiro

O menino iratiense passou pelo sambódromo da Marquês da Sapucaí na terça-feira (5) Mais uma conquista aconteceu na vida do

O menino iratiense passou pelo sambódromo da Marquês da Sapucaí na terça-feira (5)

Mais uma conquista aconteceu na vida do menino Nathan Patrzyk. De Irati ele foi até o Rio de Janeiro desfilar na escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel. Ele e a mãe, Ariane Patrzyk, ficaram no Camarote Rio Exxperience onde assistiram ao desfile do grupo especial. Toda a viagem foi custeada pelos amigos cariocas.  

A participação do iratiense foi na madrugada de terça-feira (5), na Marquês da Sapucaí. O convite para o desfile na escola de samba veio do amigo Thiago Castro da Elite Buffet. Nathan passou pelo sambódromo juntamente com os amigos Nélio e Leandro Ávila. Segundo Nathan, esses amigos sempre ajudam e proporcionam experiências únicas. A família viaja para o Rio de Janeiro para participar de eventos de apoio à sua doença.

Nathan comenta como foi a experiência.  “Foi uma oportunidade única. Sempre assistia o Carnaval em casa junto com o meu avô, mas jamais imaginei um dia desfilar na Sapucaí. Foi muito legal poder participar, pois é um sonho realizado eu me sinto muito lisonjeado por essa oportunidade. Agradeço a Deus pela oportunidade que meus padrinhos, Celso e Magnólia Massotti, estão me proporcionando, e também a todos os amigos que fizeram parte para que esse dia acontecesse. Muito obrigado a todos, e que Deus os abençoe sempre”, disse comenta.
O menino ainda enfatiza que tudo foi custeado pelos amigos cariocas. “Todas as viagens para o Rio são custeadas pelos nossos amigos de lá, pois quem me acompanha no Facebook tem um pouco de noção sobre os tratamentos que faço e sobre minha luta, onde jamais conseguiríamos vir ao Rio. Muito obrigado a todos por tudo que estão fazendo por mim, e que Deus retribua imensamente na vida vocês”, comenta.

Ariane conta como foi ver o filho participando do Carnaval mais famoso do Brasil. “Como mãe fiquei muito emocionada e grata pela oportunidade de ver meu filho desfilando na Sapucaí, percebi que a inclusão realmente existe quando temos amigos especiais em nossas vidas. Agradeço imensamente o carinho de Thiago, a direção da escola Mocidade, a equipe do camarote e pelo carinho dos amigos que nos acompanharam neste dia inesquecível, em especial a família Celso Massotti por todas as oportunidades que estamos vivenciando através deles”, agradece a mãe.

Segundo Ariane, mesmo com a agressividade da doença, Nathan está bem. “Ele está bonzinho, mas infelizmente a doença é muito agressiva. Imagine se não fizéssemos tudo que estamos fazendo. Estamos na luta, a única coisa que está dando uma segurada na progressão da doença são as aplicações de células tronco da polpa do dente de leite, feitas no Paraguai, a cada 60 dias. O Nathan me ensinou o verdadeiro sentido da vida, aprendi a valorizar cada momento e a agradecer a cada dia vivido", conclui a mãe.

Mãe e filho ainda estão no Rio de Janeiro e devem voltar no domingo. Eles estão participando de ensaios e eventos. Nesta semana Nathan participou da escola Unidos da Barra da Tijuca, no bloco de crianças especiais da série E, o deve desfilar no sábado (9).