Palestra “Quebrando o Silêncio” reúne mais de 500 pessoas em Rio Azul

Sargento Tânia Guerreiro conduziu o assunto sobre o combate a exploração sexual da criança e do adolescente

Jaqueline Lopes

Na quinta-feira (09), a Prefeitura de Rio Azul, através da Secretaria de Assistência Social, realizou a palestra “Quebrando o Silêncio” com a Sargento Tânia Guerreiro, abordando alguns temas referente à pedofilia. O evento aconteceu no Centro de Eventos Martins e reuniu cerca de 500 pessoas do município e região interessados a debater sobre o assunto.

A palestra foi realizada em alusão ao Maio Laranja, que é o mês de combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes, e ministrada pela Sargento que é graduada em Pedagogia, especialista em Metodologia para o Enfrentamento à Violência Contra Crianças e Adolescentes, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). E há 30 anos é palestrante no combate à pedofilia, além de ser autora de quatro manuais sobre como prevenir o abuso sexual, dirigidos aos pais, aos professores, aos policiais e às crianças e adolescentes, para que não se tornem vítimas.

A palestrante Sargento Tânia Guerreiro abordou vários temas relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes, e citou exemplo de como a infância influencia na vida das pessoas. Com um papel em branco, fez imaginarem que era a vida de uma criança, em que vai ser escrita a história delas, onde será determinado como ela vai viver. Porém, em referência ao abuso, se for amassada, não voltará a sorrir e não será mais a mesma, assim como a folha de papel. Ela cita que as pessoas precisam colaborar para que essa situação seja mudada.

Prefeito Leandro Jasinski, Palestrante Sargento Tânia Guerreiro e secretária de Assistência Social e
primeira-dama, Ghessi Buco – Foto: Prefeitura

Para a secretária de Assistência Social de Rio Azul, Ghessi Buco, “foi uma noite riquíssima em conhecimento, tivemos mais de 500 pessoas presente no evento, famílias, professores e profissionais da saúde. Tenho certeza que cada uma destas pessoas depois dessa palestra  estarão mais alertas quanto aos sinais e contribuíram ainda mais na defesa das nossas crianças e adolescente”, disse Ghessi.

No discurso, o prefeito Leandro Jasinski falou sobre a importância da palestra para tratar do tema e do papel de todos. “Cada um de nós tem essa responsabilidade que é de cuidar das nossas crianças, todas as áreas, os seguimentos da sociedade. É muito importante que todos que vieram possam aproveitar e saber mais sobre esse tema que teve toda a nossa atenção na palestra, junto com a Tânia que há muitos anos corre o Paraná inteiro tratando desse tema que é tão importante”, comenta.

O evento contou com a presença de autoridades locais, vereadores, presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (CMDA), Conselhos Tutelares de Irati e Mallet, grupo de Assistência Social de Paulo Frontim, professores da rede municipal e estadual, além de agentes comunitários de saúde.