Patrulha Rural finaliza 60% da obra em Irati

Mais três trechos serão cascalhados no interior do município

Um dos trabalhos mais aguardados pela população da área rural é a melhoria das estradas, por isso, desde 2017 existe o trabalho da Patrulha Rural, prestado pelo Conder, que faz parte da Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná (Amcespar). Em Irati, nesta segunda fase, já foram finalizados 60% dos 14,6 quilômetros programados.

Os serviços ficam no município por 60 dias e os trechos atendidos pelo programa neste período são a estrada de Rio Preto até a Colônia Gonçalves Junior, 8,4 quilômetros, e da Volta Grande até a Campina de Gonçalves Junior, um pouco mais de seis quilômetros.

Os trabalhos da Patrulha Rural incluem a abertura da estrada, alargamento, limpeza e o cascalhamento, que vem acontecendo de forma avançada em Irati. Os serviços começaram no dia 14 de março, porém, devido à pandemia da Covid-19, foi necessária a paralisação, mesmo com isso, os trabalhos não foram afetados.

Os funcionários que trabalham no local pelo CONDER, fazem o serviço com uma escavadeira hidráulica, um rolo compactador, uma esteira, um caminhão comboio e uma retroescavadeira, que são os equipamentos que contemplam a Patrulha Rural.

O projeto é elaborado pelos técnicos da Amcespar, e é diferente daquele feito pela Prefeitura. Eles precisam seguir as normas mínimas de adequações das estradas rurais, é feito um estudo, conversado com a comunidade e coletada as assinaturas necessárias, e fazem os trâmites para receber a autorização do IAP.

Além do cascalho colocado nas estradas rurais, o programa também faz a retirada de tules e árvores, de acordo com a liberação do IAP, tudo dentro das normativas exigidas, também, é feita drenagem e colocação de bueiros, e se necessário, a elevação do leito da estrada.

Em um primeiro momento, o arquiteto faz um levantamento a campo, após tudo é relatado em um livro, que consta todas as especificações necessárias como tamanho da estrada, largura, e o que precisa ser feito em cada trecho. Após, é enviado ao Governo do Estado para aprovação. Depois disso, a própria Amcespar realiza audiências públicas com as comunidades que serão atendidas para explicar como é o projeto e como funcionarão as obras.

Um dos agricultores que está animado com a nova estrada de Irati é Cesar Protezek que mora na localidade de Volta Grande. “Está muito bom, é mais do que o esperado. A estrada era estreita, cheia de buracos, parece que até a propriedade fica mais valorizada, dá uma aparência boa. Isso merecia acontecer em mais localidades porque é muito bem feito. E melhora para as máquinas grandes passarem o desencontro, e há lugares que não tem como e agora fica bom, tem escoamento bom, é muito bem feito, é muito importante para a população uma estrada desta que esta sendo feita, vale ouro”, comenta.

O grande avanço dos trabalhos da Patrulha Rural tem sido elogiado por quem utiliza as vias e vê o que está sendo realizado. “Quando vem a Patrulha, o bom trabalho que está sendo feito, as pessoas podem observar e têm elogiado o serviço que eles sabem que vai durar muitos anos, devido ao material e ao alargamento feito”, disse o secretário de Agricultura de Irati, Raimundo Gnatkowski.

DEMAIS SERVIÇOS

Outras frentes também acontecem na área rural de Irati com o programa Porteira Adentro, para o produtor de leite, entre outras atividades. “Tudo isso está sendo feito nesta gestão, e estamos contentes pela avaliação que recebemos, sempre comento no Conselho de Desenvolvimento Rural, o qual tem a participação e liberação pelo CONDER deste trecho, eles mesmo têm avaliado a importância da gestão hoje na questão agrícola do município”, completa Gnatkowski.