Pavimentação poliédrica em Teixeira Soares irá beneficiar moradores de comunidades rurais

Obras da pavimentação com pedras irregulares em Teixeira Soares vão amparar três comunidades rurais: Ribeirão de Cima, Guabiroba e Sitio Novo.

Além do calçamento, o trecho que liga as comunidades do Ribeirão de Cima ao Sitio Novo também será contemplado com a colocação de meio fio e plantação de grama. As obras foram divididas em dois momentos.

A primeira obra começou a ser executada em abril do ano passado e recebeu recursos estaduais da Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento (SEAB), tendo um total de R$ 1.126.000,00 para a construção de 2.725 metros, destes, foram executados até o momento 1.300 metros.

O segundo trecho foi através de recursos federais e começou a ser executada em junho. Ao todo foram destinados R$ 769.200,00 para a construção de 1.960 metros de pavimentação poliédrica. Até agora foram concluídos 1.274 metros dessa segunda etapa.

Além de melhorar o acesso para os produtores rurais e moradores da região, “consequentemente vai gerar economia para o nosso município. A partir do momento que temos as pedras, sem precisar estar mexendo – choveu dá problema, e precisa estar disponibilizando equipamento – isso já está gerando economia para o município todo.”, explica a prefeita em exercício, Juliana Belinoski.

A execução da obra, que acontece aos poucos por conta do tempo – quando chove a obra para e quando o tempo melhora dá-se continuidade – também ajuda no acesso para as pessoas da área urbana, que nos finais de semana deslocam-se para a área rural, para a área de lazer, em contato com a natureza, e fomenta o turismo rural.