Prefeitura desenvolve curso de Piscicultura para moradores do interior

É o segundo curso sobre a temática e aconteceu nos dias 10 e 11 de novembro

Esther Kremer

Em parceria com o Senar, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Fernandes Pinheiro realizou nos dias 10 e 11 de novembro, na comunidade do Bituva dos Machados, um curso de Piscicultura. O evento contou com a participação de 18 produtores do local e também das comunidades de Bituva dos Lúcios, Bituva dos Saruvas, Bituva das Campinas e Santo Antônio. O objetivo é fomentar a criação de tilápias no município, agregando renda à pequena propriedade.
A Piscicultura é uma forma de estudo de técnicas para o cultivo e reprodução de peixes. Para que as técnicas sejam desenvolvidas é necessário um ambiente arejado, com amplo espaço, boa iluminação e temperatura da água adequada. Durante o curso realizado, os participantes aprenderam diversas formas de aprimorar ou começar o cultivo de peixes e, desta forma, melhorar também a renda familiar.
A Piscicultura está ocupando uma posição de destaque na produção aquícola. Este setor está expandindo desde a década de 90, e apresenta uma significativa taxa de crescimento anual global. Entre as espécies mais encontradas na produção brasileira estão a tilápia, uma espécie exótica, porém com bastante cultivo nas regiões do sul e sudeste, os pirarucus e tambaquis, encontrados na região norte e as carpas.
A prefeita de Fernandes Pinheiro, Cleonice Schuck, esteve presente no encerramento do curso e comentou sobre a importância de capacitar a população e ofertar qualidade de vida e de renda a todos. “Fico feliz que o município esteja se desenvolvendo, este curso só vai agregar na vida dos moradores desta comunidade, vai aumentar a renda e qualidade do produto que eles oferecem”, disse a prefeita.
Segundo o Secretário de Agricultura do município, Pedro Stanislau dos Santos, o curso foi um sucesso entre os participantes, o mesmo agradeceu a parceria com o Senar e o apoio da prefeita Cleonice. “É muito importante incentivar a Piscicultura. É uma renda a mais para a população. Com o apoio da nossa prefeita, que tem muita vontade de expandir o município, com certeza é algo que vai dar certo. Eu, como secretário, gostaria de agradecer o apoio de todos os participantes e da parceria do Senar”, disse.
Stanislau também comentou sobre um projeto de cooperativa de venda de tilápia, em que serão disponibilizados tanques para a criação. A documentação para a elaboração do projeto está em fase final, conta com seis inscritos e mais 13 pessoas interessadas. Segundo o secretário, será mais um avanço para o município de Fernandes Pinheiro.