Projeto de pavimentação da estrada está em licitação

A estrada tem uma extensão de 12,6 quilômetros e liga Rebouças até a comunidade do Marmeleiro

Esther Kremer

O projeto de pavimentação da PR 990, trecho que liga a PR 364 ao município de Rebouças está em processo de licitação. A obra é um marco histórico para o município e vai trazer melhorias na infraestrutura rodoviária da região. A estrada tem uma extensão de 12,6 quilômetros e um orçamento estimado em R$ 1,2 milhão.
Segundo informações do DER/PR, o projeto, deverá conter levantamentos e estudos necessários para a pavimentação da pista de terra existente e também para a implantação de acostamentos, acessos e outras melhorias para a trafegabilidade e segurança dos usuários. As interseções deverão ser projetadas em nível, preferencialmente no padrão de rótulas fechadas alongadas. O projeto também precisará prever, conforme a possibilidade, a execução de passeios, travessias para pedestres, pontos de ônibus e ciclovias ou faixas compartilhadas.
O prefeito de Rebouças, Luiz Everaldo Zak, explicou sobre as melhorias que a estrada trará para o município. “Vai trazer muitas oportunidades de desenvolvimento, de geração de renda, circulação de pessoas e geração de empregos, as perspectivas são as melhores possíveis, vai ser com certeza um investimento histórico do município e sem dúvidas vamos colher muitos frutos dessa estrada até o Marmeleiro”, disse.
O vice-prefeito, Fábio Marcelo Chiqueto, também deixou seu relato sobre a pavimentação do trecho. “É de fundamental importância para o desenvolvimento do nosso comércio, apesar de todas as dificuldades enfrentadas durante este processo pandêmico, Rebouças avançou muito, não apenas nesta estrada para o Marmeleiro, mas em todos os sentidos, com pavimentação, máquinas e equipamentos, desenvolvimento e investimento na área de saúde principalmente”.
O presidente da Câmara de Vereadores de Rebouças, Getúlio Gomes Filho, comentou que o projeto de pavimentação asfáltica ligando Rebouças até a comunidade de Marmeleiro, é um marco histórico para o município pois irá alavancar ainda mais o desenvolvimento econômico.
No que diz respeito ao legislativo, Getúlio lembrou de que “tudo o que é de competência da Câmara para agilizar as tratativas do projeto, foi realizado, sempre contando com o apoio de todos os membros daquele poder. Sabemos que, quando concretizada, sem dúvida podemos considerar como a maior obra de Rebouças, fruto da parceria entre município e estado. Estamos, enquanto poder legislativo, felizes em fazer parte e contribuir com o desenvolvimento de nosso município”, lembrou o presidente.