Projeto Reconstruir leva moradia digna às famílias de Rio Azul

Prefeitura constrói residências com recurso próprio para famílias cadastradas no programa

Jaqueline Lopes

A Prefeitura de Rio Azul, através da Secretaria de Assistência Social, tem o programa Reconstruir, que visa levar moradias digna, às famílias em situação de vulnerabilidade social em situação precária de residência. Assim, novas habitações são construídas e algumas reformadas. Todas são feitas com recurso próprio do poder municipal.
Até o momento, em seis meses de mandato, nove famílias já foram atendidas com a construção de moradia e viabilização de material para reforma. Cada casa é idealizada de acordo com as necessidades das famílias. Todas possuem um projeto e laudo dos engenheiros. Não há custo para as famílias beneficiadas.
A primeira casa entregue, em menos de três meses de mandato, foi feita na Vila Beira Linha, e foi adaptada para a família, pois tem uma criança com necessidades especiais. Agora, o projeto prevê a construção de mais duas casas em Lageado dos Mello, duas em Rio Azul de Cima e uma no Taquari. As casas reformadas serão duas na Vila Diva e uma na Vila Carneiro. Todos os atendimentos são realizados concomitantemente, algumas famílias conseguem mão de obra, já outras dependem da Prefeitura.


No mês passado, foi feita a entrega de mais uma casa, na comunidade de Lageado dos Mello. O prefeito Leandro Jasinski e o vice Jair Boni acompanharam e, em vídeo publicado nas redes sociais, comentaram sobre este projeto do município. “É uma alegria muito grande poder fazer essa entrega. Foi uma grande proposta de campanha e, através da economia, trabalhando com respeito com o dinheiro do povo, sempre com transparência, podemos proporcionar uma vida mais digna para os cidadãos rioazulenses”, disse o prefeito. Para Boni, este é um momento importante e de agradecimento. “Agradecemos a todo o pessoal envolvido. É uma gratificação que nós temos de beneficiar essas famílias que merecem”, comenta.
A ideia do projeto veio a partir da leitura da realidade habitacional do município e do reconhecimento das demandas por melhoria das condições de habitação e reconhecimento do direto a moradia digna. “Quando assumimos o município, demos continuidade ao projeto de Lei que se chama Reconstruir mesmo que com recursos próprios”, comenta a secretária de Assistência Social, Ghessi Bucco.


Ela ainda destaca que com esse projeto é possível reconhecer o direito de acesso à moradia digna dos rioazulenses e trabalhadores. “Rio Azul apresenta uma grande demanda na área de habitação tanto na zona urbana quanto na rural. Os esforços precisam ser diários para atender todas as exigências dos programas habitacionais”.
Para as famílias que querem fazer parte do programa, o cadastro deve ser feito pelo site www.cohapar.pr.gov.br e diretamente no Departamento de Habitação, anexo a Secretaria de Assistência Social, onde é realizada a avaliação social de cada situação pela equipe técnica que faz parte a Assistente Social Regiane Nós e a Chefe de Departamento de Habitação e também psicóloga, Paloma Dembeski.

“Nosso trabalho não para. Até o fim do ano vamos entregar mais casas de famílias que realizamos visitas. Nossa gestão atua sob a perspectiva do acesso da população ao que é por direito: a moradia digna”. Ghessi Bucco