Realização de eventos continua na Rua da Cidadania

Foto: Assessoria Prefeitura Irati/Rua receberá uma nova sinalização, guia rebaixada e haverá uma via de passagem de veículos pequenos, com

Foto: Assessoria Prefeitura Irati/Rua receberá uma nova sinalização, guia rebaixada e haverá uma via de passagem de veículos pequenos, com espaço para estacionamento

As alterações que estão sendo feitas na Rua da Cidadania, em Irati, vem gerando bastante discussão entre os cidadãos iratienses. A maior preocupação é que o espaço não seja mais destinado a eventos festivos, o que a Prefeitura já afirmou que não vai acontecer.

De acordo com o secretário de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo, Dagoberto Waydzik, a Rua continuará a receber as festividades normalmente. Vários eventos podem acontecer na rua, como já acontecem. Aquela rua vai continuar com o mesmo propósito, não será mudado o objetivo da função. Se um representante de entidade provar que quer utilizar o espaço para um evento como cidadão, nós fechamos a rua nos dois lados, com guardas e cavaletes. É uma prerrogativa da prefeitura, não era uma mudança substancial. A rua é de todos os cidadãos, de todas as correntes, todo tipo de evento pode acontecer ali, disse.

Waydzik explica que as discussões sobre abrir a rua já vêm acontecendo há alguns meses. Em junho a Associação Comercial e Empresarial de Irati (Aciai) enviou um ofício a Prefeitura solicitando a abertura do espaço. Desde então várias reuniões foram feitas com a Aciai e com os técnicos da prefeitura. Foi repassado a comissão Municipal de Trânsito, na qual aprovou por unanimidade as mudanças. Segundo a administração, as alterações estão ocorrendo a pedidos da associação empresarial, com aprovação da comissão.

O prefeito de Irati, Jorge Derbli, também se manifestou sobre as mudanças. A Aciai procurou o município para fazer adequações na rua e nós prontamente atendemos para ouvir a reivindicação e analisar esta possibilidade, sem afetar o objetivo deste espaço, que é da promoção da cultura em nossa cidade. O que quero esclarecer é que, todas as vezes que tivermos alguma ação no espaço, ela será fechada para realização dos eventos, como Natal, Páscoa e shows. No dia a dia, a população poderá usá-la como facilitadora do trânsito no centro da cidade, esclarece Derbli.

ESTRUTURA

A Rua da Cidadania receberá uma nova sinalização, guia rebaixada e haverá uma via de passagem para veículos pequenos, com espaço para estacionamento. O espaço terá 3 metros de um lado para passagem das pessoas, além de 2,5 metros para os estacionamentos, e 3,5 metros para trânsito de carros em uma via de mão única, e mais 6 metros para passagem dos pedestres. Serão colocados tachões, E instalados bancos e lixeiras.

REIVINDICAÇÕES

O Conselho Municipal de Cultura informou que não foram comunicados sobre as mudanças na Rua da Cidadania, e souberam apenas após as obras iniciarem, o que gerou um incomodo por não saberem ao certo o que seria feito no local. Assim organizaram uma manifestação pacifica na Câmara de Vereadores na última sessão, onde conversaram sobre o assunto, mas foram informados que a obra é de responsabilidade da Prefeitura.

De acordo com a presidente do Conselho, Maressa Macedo, tentaram contato com a prefeitura, mas não tiveram retorno, assim marcaram uma reunião com várias lideranças locais para o dia 19 de setembro, quarta-feira, para discutir sobre o assunto. Além dessas reivindicações, também serão discutidos assuntos como como a Casa da Cultura, o museu histórico de Irati, o acervo histórico que está no Clube do Comércio, e outras ações do órgão. Estamos bem esperançoso que os esclarecimentos venham desta reunião, a pauta está bastante extensa. Gostaríamos de receber um retorno nesse sentido, do porquê a consulta não foi feita. Até então estamos sendo informados pela mídia e redes sociais, não conseguimos pela prefeitura, mas esperamos, porque agendamos a reunião, em que queremos que tudo seja esclarecido, comenta.

Segundo ela, a situação da Rua da Cidadania desencadeou outras discussões que precisam ser vistas no ramo cultural. A gente entende que essa situação seja um pouco do reflexo da maneira que a cultura vem sido encarada nacionalmente, tivemos um episódio recente com o incêndio do Museu Nacional, e é um atestado do descaso com as reformas, a manutenção, o restauro dos equipamentos de cultura. E aqui no nosso município, infelizmente, alguns lugares estão passando por situações parecidas. É uma reivindicação para que as pessoas prestem um pouquinho mais de atenção na cultura, não é uma área que está sendo encarada com muito empenho em nível nacional, conclui a presidente.

NOTA ACIAI

A Associação Comercial e Empresarial de Irati (Aciai) busca em todas as suas ações pensar no bem comum do município, tanto relacionado as atividades comerciais, quanto as de cidadania. A revitalização da Rua da Cidadania Frei Jaime foi um assunto levantado pela Aciai e empresários de Irati com o objetivo de fomentar a circulação de pessoas naquela rua.

A abertura de uma das vias permite que parcialmente seja mantido o calçadão, bem como, ali continue sendo um espaço democrático e de uso da cidadania. Mas, também, com a abertura, seja atendida a demanda do comércio, e ainda, contribua com uma maior fluidez no trânsito, beneficiando dessa forma, também os munícipes.

Neste sentido, a Aciai reitera seu compromisso social em continuar desenvolvendo atividades e iniciativas que visem o bem-comum, e voltadas para o desenvolvimento econômico e social de Irati.