Teatro da Paixão de Cristo de Rio Azul acontece neta sexta (15)

Encenação acontece no Estádio Municipal Orestes Pallu, às 20h

Jaqueline Lopes

Após dois anos de pausa por causa da pandemia, a comunidade de Rio Azul e região vai poder prestigiar novamente o Teatro da Paixão de Cristo, que acontece nesta Sexta-feira Santa, dia 15 de abril, no Estádio Municipal Orestes Pallu, às 20h. A expectativa é de mais de quatro mil pessoas para assistir a peça.  

O grupo tem, aproximadamente, 120 atores do município, e é quase o mesmo de 2019, ano da última apresentação do Teatro em Rio Azul. Nela, mais de quatro mil pessoas assistiram à peça no Estádio, e este ano a expectativa está maior em relação ao público que vai acompanhar no Estádio, ainda por ser a única apresentação na região.

“As expectativas são as melhores possíveis. Que o pessoal possa se emocionar junto com a gente. Que possamos transmitir um pouco do que está apresentação representa: o amor que Jesus Cristo tem por nós”, disse Adão Amorim, um dos organizadores. Agora, com a flexibilização dos decretos municipais, o uso da máscara é facultativo. Em caso de chuva, o Teatro será cancelado.

A Secretaria de Cultura dará o suporte à apresentação com a montagem de palco, iluminação, som e também transmitirá a live. Assim, quem não puder acompanhar no Estádio poderá assistir pelas páginas do Facebook da própria Secretaria, Prefeitura Municipal, Secretaria de Educação, da Paróquia, entre outros que farão a transmissão.  “Estamos aguardando ansiosos por esse momento tão maravilhoso, em que poderemos ver os nossos artistas locais levando com muita sinceridade e amor a Paixão de Cristo a todos”, comenta a secretária de Cultura, Adriana Petreski Plodoviski Rymsza.

 O prefeito Leandro Jasinski convida a população para assistir à apresentação. “Nós temos aqui em Rio Azul um grupo que faz um trabalho espetacular e vão realizar o Teatro. Já fizeram em vários locais e este ano farão novamente no Estádio Municipal. Convidamos toda a população de Rio Azul e dos municípios vizinhos para virem. Vale a pena. Terá a live, mas o grande trabalho merece o aplauso, e o grupo está afinadíssimo para fazer a apresentação para todos que puderem vir assistir”.