Teixeira Soares intensifica ações no combate à Covid-19

A administração reforçou o toque de recolher com carros de som e rondas em toda a cidade, encerrando todas as aglomerações, orientando a dispersão e multando caso haja necessidade

Desde a declaração de pandemia do Covid-19, pela Organização Mundial da Saúde em março e a intensificação de propagação dos casos no Brasil, prefeitos e governadores fizeram diversos decretos para diminuir o alastramento da doença. Em Teixeira Soares, por exemplo, em três meses a administração publicou 22 decretos de orientações e medidas na cidade.

No último sábado (13) foi confirmado o primeiro caso da doença no município e em menos de uma semana, esse número subiu para três. Atualmente, segundo os últimos dados oficiais divulgados, são seis casos suspeitos, 42 monitorados, 25 descartados e três confirmados na cidade. Diante desses indicadores, a Prefeitura segue realizando um trabalho intenso de prevenção e normas contra a doença.

Em abril, no dia 11, o decreto n°695 o artigo 20 previa “em todo território do Município de Teixeira Soares, área urbana e rural, o recolhimento domiciliar – “toque de recolher” – diariamente, no período das 21h00 horas até as 04h30. do dia seguinte, de maneira a não se permitir a permanência de pessoas em locais públicos, exceto em situações de necessidades inadiáveis ou por aquelas pessoas, que pela natureza de seu trabalho, tenham que estar fora de suas residências”.

Com o avanço da doença na cidade, a administração vem tentando diariamente buscar medidas que diminuam esse contágio. O último decreto, n°732 do dia 15 de junho determina a constituição de equipes de plantão temporário para enfrentamento do coronavírus. “A nossa principal ação é o distanciamento e o uso de máscara. A partir de agora vamos intensificar o toque de recolher com carros de som e rondas em toda a cidade, encerrando todas as aglomerações, orientando a dispersão e multando caso haja necessidade”, explica o Secretário de Saúde de Teixeira Soares, Amauri Klossowski. A medida é realizada pela Secretaria de Saúde, em parceria com o Conselho Tutelar, Polícia Militar e Hospital de Teixeira Soares.

Além disso, a Secretaria de Saúde do Estado do Paraná aumentou a disponibilização de testes aos municípios. “Estamos conseguindo testar mais agora. Nós temos uma unidade sentinela, a qual atendemos todos os sintomáticos respiratórios e realizamos os testes necessários. As amostragens são executadas a partir da demanda e pode variar de seis a 30 ensaios em um único dia, por exemplo”, completa Amauri.