Teixeira Soares presta apoio na educação com ensino a distância e alimentos para os alunos

Cestas básicas são entregues mensalmente, e produtos da agricultura familiar semanalmente

Dando continuidade as ações de enfrentamento ao coronavírus, a Secretaria de Educação de Teixeira Soares, juntamente com a Prefeitura, iniciou as atividades escolares a distância, desde o dia 20 de março, no município. Estão sendo entregues, mensalmente, cestas básicas para alunos que se encontram em situação de vulnerabilidade social, e semanalmente, os produtos da agricultura familiar são levados para as mesmas famílias.

Já as atividades escolares são produzidas semanalmente, enquanto houver a suspensão das aulas. Os professores acompanham o desempenho dos alunos e a presença é contada com a devolução das atividades realizadas.

O repasse de informações e orientações sobre as atividades não presenciais é feito aos pais ou responsáveis nas unidades escolares e/ou por grupos de Whatsapp. A equipe da Secretaria de Educação está à disposição para esclarecer qualquer dúvida. E desde já que este tempo seja oportuno para fortalecer vínculos e interação familiar.

“Na educação infantil é considerado como eixo norteador do trabalho pedagógico as interações e brincadeiras, uma semana enviamos as atividades via Whatsapp e outra semana impresso, juntamente com vídeos e historinhas”, explica a Secretária de Educação, Simone Baumel Tullio.

Com o ensino fundamental as atividades propostas estão no livro didático e utilizando também o material de cada aluno. Os alunos da Educação Especial contam com o atendimento individualizado, levando em conta a situação e o nível de aprendizado de cada estudante.

O planejamento foi feito pela Secretaria de Educação, as equipes gestoras de cada escola foram orientadas de como repassar o material aos alunos evitando aglomerações. “Tudo que o aluno vai utilizar para realizar as atividades escolares, nós entregamos no início da semana, para os que não têm acesso à internet a escola disponibiliza tudo impresso”, afirma a secretária.

“Agradeço aos professores que não medem esforços para reinventar a forma de ensinar seus alunos, é uma forma nova que ninguém tem a receita pronta, mas o esforço de todos tem sido muito grande. Tudo isso tem um único objetivo, que é a redução dos danos no ensino”, agradece a secretária.

Segundo Simone, esta fase enfrentada servirá para aproximação entre a família e a escola permitirá aumentar os laços e fortalecer este vínculo.