Unicentro agora faz parte da rede online Minha Biblioteca

A plataforma conta com 12 mil títulos das principais editoras acadêmicas do Brasil

Assessoria

Auxiliar alunos e professores a ter acesso a milhares de e-books técnico científicos de forma gratuita. Esse é o objetivo do acordo firmado entre as sete universidades estaduais do Paraná, a Seti, que é a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a Fundação Araucária e a plataforma de livros digitais Minha Biblioteca. O diretor-geral das bibliotecas da Unicentro, Fabiano Jucá, explica que ao todo foram contratadas mais de 31 mil licenças para o conjunto das universidades, tendo a Unicentro 3400 licenças liberadas. “Esse é um projeto que a gente já vem desenvolvendo há quase dois anos junto às demais universidades estaduais do Paraná. Começou com uma reunião de bibliotecários das bibliotecas das universidades estaduais do Paraná. Dessas tratativas, a gente conseguiu um contrato, no final do ano de 2021, de dois anos”.

Ele ainda conta que a plataforma Minha Biblioteca conta com 12 mil títulos das principais editoras acadêmicas do Brasil. “É uma plataforma de livros digitais que traz várias obras de diversas áreas do conhecimento voltados para o público acadêmico efetivamente. Então, são livros das áreas médica, jurídica, de educação, saúde, letras, artes, sociais aplicadas e exatas também. São livros técnico-científicos, didáticos, voltados mesmo para o público de graduação principalmente”.

Além disso, a plataforma disponibiliza diversas ferramentas que auxiliam na organização das leituras em andamento, anotações e marcações de trechos, além de citações já organizadas nas normas solicitadas em trabalhos acadêmicos. “O usuário pode pesquisar obras na plataforma por palavra-chave, título, autor ou ISBN. Têm a possibilidade de leitura em voz alta, o sistema faz a leitura em voz alta; ajustes de cor da tela e fontes que garantem acessibilidade. Outra questão é que dá para fazer o compartilhamento e impressão de parte dos conteúdos disponíveis. Então, dá para compartilhar com o colega, por exemplo, um determinado trecho de uma obra”, discorre Fabiano.

Para acessar, o aluno ou docente, primeiro, fazem um cadastro. Depois, são enviados o login e a senha de acesso para o e-mail cadastrado pelo usuário no ato da inscrição. Por fim, basta acessar o site minhabiblioteca.com.br ou o aplicativo, que está disponível para Android e IOS.