Vereadores classificam situação de abandono na Rodoviária de Rebouças

Autoridades garantiram o início de uma reforma em até 30 dias

Clayton Burgath – Assessoria

Na quarta-feira (26), vereadores verificaram e fiscalizaram a atual situação da Rodoviária Municipal, o que deveria ser um dos cartões postais de Rebouças.Em uma iniciativa da presidência da Câmara de Vereadores local, foram iniciadas visitas em obras no município, com o objetivo de fiscalizar o andamento dos trabalhos.
De acordo com o presidente da Câmara, Ricardo Carlos Hirt Júnior, eles classificam como uma situação de abandono no prédio onde está a Rodoviária Municipal. Também acompanhou a visita de membros do Poder Legislativo local, o atual secretário de Urbanismo, Alessandro Mazur.
“É uma situação de abandono na rodoviária. Felizmente já começamos positivamente nosso trabalho de fiscalização, pois, nos acompanhou nessa visita, o novo secretário de Urbanismo Alessandro Mazur, o qual também está bastante preocupado, assim como nós, com essa situação. Fizemos esta visita para constatar e, é uma situação caótica mesmo na rodoviária de Rebouças”, destaca o presidente da Câmara, Ricardo Carlos Hirt Júnior.
Segundo ele, a Casa de Leis também apoia o secretário de Urbanismo e a equipe de gestão do prefeito Zak, para que o que for necessário e possa reverter essa situação na rodoviária.
“Sejam os viajantes e a própria população, precisam deste espaço, e se faz necessário que seja dada uma solução definitiva”, menciona o presidente.
De acordo com a vereadora Elizabete Piani é lamentável a realidade atual. “Além da situação precária interna, onde encontramos até mesmo rato morto. É uma situação lastimável. Foi dado início uma reforma, mas parou. Agora, com o secretário Alessandro, o qual prontamente atendeu nosso chamado, certamente dará continuidade nessa obra tão necessária. Nós queremos uma reforma completa e bem-feita”, salienta a vereadora.
A vereadora Marcia Freitas, que também acompanhou a vistoria na rodoviária relata sua tristeza em ver o prédio público nessa situação. “É lamentável e causa uma imagem ruim de nossa cidade. Mas, com o apoio do legislativo, temos certeza de que o setor de urbanismo irá resolver esse problema no menor tempo possível”, disse a vereadora.
Já o vereador João Kosak lembrou que o trabalho de fiscalização dos vereadores é constante. “Nós sempre estamos fiscalizando. E sobre a rodoviária, esse foi um dos primeiros requerimentos, pedindo providências”, lembrou o vereador João.
“A situação é delicada aqui, mas a palavra que digo a população nesse momento é que tenham tranquilidade. Nesta semana estive em reunião com um grupo de engenheiros e arquitetos, que nos apresentaram algumas possibilidades para transformar o prédio da rodoviária em um espaço agradável e funcional aos usuários”, relatou
Segundo Mazur, logo que aconteça a aprovação do projeto, e a tramitação necessária e processo licitatório, será iniciada a reforma completa da rodoviária, dentro de 30 dias. “As melhorias necessárias em nossa rodoviária é uma de minhas prioridades, transformando esse local em um ambiente agradável”, finalizou o secretário.