Vila Borges em Inácio Martins passa por reestruturação total

Dezoito quadras foram asfaltadas neste projeto

A Prefeitura de Inácio Martins realizou a reestruturação completa da Vila Borges. No local, foi feito o asfaltamento, drenagem, calçamento, sinalização de placas e de ruas, paisagismo e acessibilidade no bairro. Além disso, foi feita a regularização dos imóveis dos moradores.

Foram investidos cerca de R$ 5 milhões, mais de R$ 2,5 milhões do SEDU Paraná Cidades e o restante pelo município. Algumas ruas da Vila não foram contempladas pelo Paraná Cidades, porque o padrão do projeto tem alguns critérios técnicos, como largura de ruas, que são exigidos. Com isso, a Prefeitura aportou o recurso financeiro e conseguiu complementar a reestruturação das ruas que não foram contempladas pelo projeto.

Antes da renovação da Vila, as ruas tinham pavimentação primária, com terra ou, no máximo, cascalho. Havia esgoto a céu aberto e nenhum dos lotes tinha documentação.

Para a regularização fundiária, técnicos profissionais acompanharam todos os levantamentos da área da Vila, e realizaram as medições físicas e sobrevoos de drones. e serão entregues 242 matrículas para moradores do bairro, que terão o terreno no próprio nome.

O projeto da Vila foi desenvolvido por meio de parceria entre o Governo do Estado do Paraná, COHAPAR e a Secretária de Planejamento de Inácio Martins. Por isso, almeja-se a vinda do governador para que a inauguração  do bairro  e entrega das escrituras dos imóveis, de forma simbólica.

Segundo Junior Benato, prefeito de Inácio Martins, esse tipo de reforma foi um projeto piloto, que pretende ser feito em todas as vilas do município. De acordo com o prefeito, já estão previstos investimentos para os próximos bairros. Vila Borges é um exemplo de como vai ficar Inácio Martins. Benato destaca que os munícipes merecem esse benefício.

O prefeito também contou que conseguiu recursos, por meio do deputado Sandro Alex, para fazer a ligação do centro da cidade à Vila Borges. “O projeto prevê acessibilidade e calçadas. As pessoas vão poder transitar do bairro ao centro e vice-versa, com toda segurança, tendo ainda a contemplação do Eco Parque Ambiental. Além de ter uma área de lazer muito próxima da Vila”.