Confidencial
Jorge investe em mobilidade

Investindo em mobilidade

O prefeito Jorge Derbli apresentou, esta semana, para discussão, um programa de investimento em ciclovias em Irati. A ideia é criar uma malha de ciclovias que tornem o veículo uma importante ferramenta de transporte e lazer. As ciclovias serão espaços mais seguros que os cidadãos terão para se locomover. Derbli chamou para discussão pessoas que têm envolvimento com o setor, além do presidente da ACIAI, Elias Mansur, que representa o comércio local.

 30 km

Esta é a extensão da Ciclovia que Derbli quer implantar em Irati

Será ou não

Ao falar sobre um curso online, que o Cidadania (23) estadual realizou no dia 02/07, tratou o ex-prefeito de Irati, Felipe Lucas, como pré-candidato a prefeito de Irati. Lucas está no Cidadania, mas tem no PSC sua melhor aproximação com o governo Ratinho Junior. Segundo informações da base do partido, tanto o PSC como o Cidadania têm discutido sua participação no quadro político local.

Felipe ou Rafael

O candidato pode ser Felipe (Cidadania) ou até mesmo Rafael(PSC), que tem condição passível de candidatura. O que o partido pratica, neste momento, é a arte de conversar. E isso com ambos os lados para decidir a candidatura num momento mais a frente. Segundo as informações, o único partido que ainda não sentou foi PSDB do prefeito Jorge. Embora livre, o partido pretende dialogar com o governo o seu alinhamento na cidade. Isso demostra que a conversa é não afrontar o governo na decisão.

Fatos e boatos

Informações de “cocheira” contam que Emiliano Gomes esteve, esta semana, visitando o atual vice-prefeito, Amilton Komintski(DEM). A fofoca, ainda, diz que Emiliano teria convidado, ou iniciado uma conversa, no sentido de ter Amilton como seu vice. Acredito mais que isso não passe de boato, uma vez que, Amilton esteve até a janela no PSD e pela hombridade não aceitaria ser vice. Mas política é política. Mas uma coisa é fato: Gomes tem conversado muito.

Novos carros

O deputado Artagão Junior esteve nesta quinta (2), em Guamiranga, entregando dois veículos. Montana que serão destinados à Secretaria da Agricultura. O pedido foi do vereador Marcos Nass via Artagão Junior e viabilizado pelo Governo Ratinho Junior. O secretário da Administração, Ruy Machado, que recebeu os veículos, comentou que a Agricultura é uma das Secretarias que precisa constantemente de investimento, principalmente, no segmento de inseminação artificial onde um dos veículos vai estruturar. Na entrega, ainda, estiveram o vereador, o secretário de Agricultura, Olicir Moleta, e o ex-prefeito João Orestes Fenker. O valor viabilizado junto a SEAB é de, aproximadamente, R$110 mil.

Tratamento de respeito

Uma cena que deveria ser uma constante no relacionamento público. Na entrega dos veículos em Guamiranga, dois lados políticos estiveram no mesmo palanque quando se trata de benefícios para o município. O ex-prefeito, Ruy Machado, atualmente secretário da Administração, recebeu os veículos que vieram por demandas do grupo liderado pelo também ex-prefeito, João Orestes Fenquer, que estava na entrega. O pensamento de trabalhar pelo município tem o seu momento e viver a política também tem o seu. É o respeito mútuo que faz com que o município prospere.

Iratiense de destaque na SEJU

O Sociólogo, Mauro Rockenbach, assumiu a Secretaria da Justiça Família e Trabalho do Paraná. Mauro já vinha sendo cotado para o cargo com a saída de Nei Leprevost, que tenta um espaço no PSD para disputar a prefeitura de Curitiba. Com a posse de Mauro, que foi diretor da Sudis, uma iratiense passa a ter mais destaque no governo. A advogada, Lyana Bacil, filha de Elizete Bacil, que já trabalhou com Ortega na SEDU e a muito trabalha com Mauro, acompanhará Rochembach na SEJU, atuando junto do secretário. Mais uma iratiense trilhando um caminho importante no governo do estado.

Contra empresários???

Boatos vindos de Imbituva contam que algumas lideranças políticas buscam desarticular o sistema administrativo baseado na administração privada. Um dos maiores exemplos de sucesso deste sistema foi a administração de Bertoldo Rover que colocou nos eixos as contas públicas de Imbituva. Informações dão conta que uma reunião com membros do PP como Pedrinho e Moraes, do Podemos, Zaqueu e Mari, além do PSC de Durval e Élcio Galvão, tentam compor um grupo para fazer este enfrentamento. O objetivo do grupo, ainda, seria lançar candidatos dentre eles para enfrentar o PSD na próxima eleição.

Estudo sobre os Pedágios

A Assembleia Legislativa do Paraná confirmou que representantes da EPL (Empresa de Planejamento e Logística) vão explicar, em audiência a ser ainda marcada, os estudos sobre a nova modelagem de concessão das rodovias paranaenses. Os deputados querem acesso aos detalhes sobre a forma de contratação das concessionárias e as cobranças de tarifas.
As atuais concessões vencem em novembro de 2021.

Micheleto assume a administração

O deputado estadual Marcel Micheletto (PL) anunciou, na sessão remota desta quarta-feira (1º), que está se licenciando do cargo no Legislativo para assumir a função de secretário de Estado da Administração e da Previdência no Governo do Paraná. Micheletto lembrou das dificuldades que enfrentou na vida pessoal, agradeceu o apoio e enalteceu o companheirismo do deputado Ademar Traiano (PSDB), de quem é amigo pessoal. Quem assume a cadeira deixada por Micheletto é o suplente da coligação PR-PRB/PHS/PR/Avante, Gugu Bueno. Micheleto ocupará o cargo de Reinhold Sthephanes, que vai para Agepar.

Eleições 2020

Avenida Paraná

O prefeito Jorge Derbli visitou esta semana as obras da Avenida Paraná. A readequação da via, que é a mais importante da Vila São João é parte de um investimento de R$ 10 milhões em pavimentação asfáltica no município. “A Avenida Paraná era fruto de reivindicação da comunidade há muitos anos e com planejamento e gestão conseguimos contemplá-la”, disse Derbli. “Um conjunto de obras está mudando a realidade desta área e a readequação da avenida foi apenas uma consequência do trabalho”.

Reabrir o cadastro eleitoral seria "um caos".

Luís Roberto Barroso, presidente do TSE

“In Loco”

O deputado e secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, acompanhado do chefe do DER, Fernando Furiatti, fizeram uma vistoria nas obras da PR-364. Mesmo com os atrasos que a Covid-19 trouxe as obras não pararam, mas também não estão no ritmo tão ágil quanto o cronograma exige. Sandro disse que fazer a fiscalização “in loco” possibilita inteirar-se tanto das dificuldades como dos avanços de uma obra, podendo assim, dar uma resposta mais ágil a população. Ele confirmou os investimentos na estrada que a pouco foi estadualizada entre Marmeleiro e Rebouças que deverão acontecer com a economia da licitação do trecho Irati a São Mateus do Sul. Emiliano Gomes e Amanda Grechinski estiveram com o secretário na obra.

Se a moda pega

O vereador de Irati, Rogério Kuhn (PV), apresentou na Câmara uma PL que normatiza e instrui como deverão ocorrer as transições após as eleições municipais. Segundo o vereador, este é um passo importante para a gestão que entra no executivo em um mandato. Ter de forma clara as informações possibilita que não haja desculpas de uma nova gestão que prejudique o bom andamento da administração. A lei que está tramitando pela Câmara terá validade apenas para os próximos pleitos de 2024.

Em Guamiranga já tem

Em Guamiranga já existe uma lei criada pelo próprio prefeito Ângelo Machado que institui e normatiza a transição de administração. Foi uma iniciativa do prefeito que com a visão de deixar mais transparente a transição propôs no início do seu mandato uma lei com tais regras. Lá, o município já trabalha com simulações administrativas e contábeis para que assim que se tenha o resultado das eleições e já possa iniciar uma transição independente do resultado. Parece que em breve Irati estará no mesmo caminho.

Estão conversando

Pelas “bocas de Matildes”, conta-se que o PSD e o PV conversaram. A bancada na Câmara composta de quatro vereadores, dentre os quais, dois com pretensões mais expressivas, além do presidente da legenda estiveram na reunião. O casal Smolka, o Emiliano e Amanda representaram o PSD. O assunto com certeza uma tentativa de ajustes para a próxima disputa. Será?

De partida? 

Outra informação “de cocheira” é que a direção do IAP de Irati pode mudar. Para substituir Marcelo Matos, uma mulher. Céu Cristina Simão de 43 anos, natural de Curitiba, é consultora socioambiental, montanhista, fotógrafa e guia de ecoturismo e aventura. Desenvolve projetos e estudos socioambientais há mais de 15 anos, em diversas regiões do Brasil. Especializada nas áreas de licenciamento e regularização ambiental, geoprocessamento dentre outras. Marcelo seria o primeiro chefe de escritório a cair na administração Ratinho Junior. Mas tudo pode não passar de boatos.

Calma, não é parar

“Mesmo quando o mundo pede um pouco mais de calma”, como diz a música de Lenine, o momento da pandemia traz a reflexão, mas não deixa a vida parar. Ainda mais agora que o congresso nacional definiu a data das eleições. Então, é preciso com cuidado retomar a discussão da política local. Isso porque não podemos chegar ao pleito sem discutir os fatos que mexem com nossa realidade. Ter calma, é desacelerar, mas não é parar. Isso faz com que a classe política sem tirar os olhos da pandemia, também olhe mais para o processo eleitoral.

Mexe e remexe

Um dos casos é Inácio Martins, que tem seu quadro mudando a cada pouco. No mexe e remexe, parece que a proibição do Padre Marcos Melek ser candidato é fato. Relembrando que uma carta da igreja fazia com que os pretensos candidatos tivessem que abdicar da batina. Com isso, segundo conta os bastidores, o padre teria abdicado da disputa. Mas aí o PSC volta a ter planos. Informações de “cocheira” contam que o ex-prefeito, Marino, voltou a procurar os PSC para composição. Marino indicaria sua esposa como vice na chapa do padre, que pode estar “fazendo água”.

Candidato Laranja

Mas o município pode ter um candidato laranja. Laranja sim, pelo codinome que Daniel Monzillo Gonçalves tem entre os próximos. O fato é tanto que no WhattsApp a fruta é colocada como símbolo. Mas, a forma carinhosa ou irreverente de nominá-lo não muda o fato que Monzillo “Laranja” pode ser o nome do PSC que concorra a prefeito, em Inácio. Nome novo, não disputou cargos eletivos e de atuação na comunidade ainda entra na família do prefeito Junior Benato, uma vez que é primo do alcaide. Monzillo pode ter o apelido de “Laranja”, mas não é de amarelar! A disputa promete.

Novas datas

O Congresso Nacional escolheu como 15 de agosto e 29 do mesmo mês as datas do primeiro e segundo turno das eleições. Para nós, aqui na “terrinha” é a primeira data que tem relevância. É a partir desta data que teremos os novos e velhos gestores determinados. Mas as mudanças alteram as datas, mas não reformam o quadro político. As mudanças acontecem proporcionalmente. As eleições terão um adiamento de 42 dias.

Proibição de apresentação de programas de rádio ou televisão por pré-candidatos: de 30 de junho para 11 de agosto. Convenções partidárias: de 20 de julho a 5 de agosto, para 31 de agosto a 16 de setembro. Prazo de registro de candidaturas: de 14 de agosto para 26 de setembro. Liberação de propaganda eleitoral e comícios: de 16 de agosto para 26 de setembro.

Convenção virtual

Uma das novidades da mudança do calendário eleitoral é a possibilidade de as convenções serem virtuais. Com o fim das coligações para proporcionar as convenções terão a finalidade de aprovar as coligações na majoritária, com a definição dos candidatos a prefeito e vice. As convenções marcam sempre a arrancada da campanha que neste ano será de forma inovadora. Mas como será ainda não sabemos. O que sabemos é que será o menos presencial possível.

Desincompatibilização

Para quem ainda não se desincompatibilizou em virtude das eleições, será válido os prazos considerando a nova data. Mas para aqueles que já o fizeram, respeitando a lei vigente será mantido a data. A PEC 18/2020 determina que os chamados prazos móveis, cujas datas não estão estabelecidas por lei, mas vinculadas à data da eleição, também deverão ser alterados.

Também Muda

O prazo para que o TSE julgue os pedidos de candidaturas (20 dias antes), por exemplo, pode ir para 26 de outubro e o início da propaganda eleitoral gratuita na televisão e no rádio (35 dias antes) iria para 12 de outubro. O projeto veda a reabertura de prazos já vencidos, como os de filiação partidária, alteração de domicílio eleitoral e a janela eleitoral, que permite mudança de partido por parte dos candidatos.

Irati pode ter Educação como vocação

IRATI PODE TER EDUCAÇÃO COMO VOCAÇÃO

Há muito tempo vem se discutindo qual seria a vocação de Irati. Com a vinda da Universidade Campo Real para o município, e analisando todo o cenário que se forma neste sentido, com universidades a distância e presenciais, além da condição geográfica da cidade, podemos analisar que o ramo da Educação pode ser esta referência. Atualmente, Irati tem mais de cinco Universidades a distância, em breve, deverá ter quatro presenciais com mais de 20 cursos, trazendo vários benefícios para a cidade. Ressalva-se o trabalho realizado que a longo tempo se concretizou neste passo importante.

A saúde pública é nossa principal preocupação, logo atrás vem a preservação da democracia

Luís Roberto Barroso, presidente do TSE

JORGE - O CICERONE

O Prefeito Jorge Derbli exerceu com maestria o papel de ciceronear (pessoa responsável por apresentar a cidade e deixar as pessoas a vontade) o reitor da Universidade Campo Real, Edson Aires da Silva, e sua equipe. Há vários meses Derbli conduzia a equipe em busca do melhor imóvel, dando atenção para que tudo desse certo. Vários locais foram vistos até que Derbli apresentou, já sem muita expectativa, o antigo colégio das irmãs do Riozinho. Com o ato de entusiasmar a compra do colégio, e fazer com que a Universidade se instalasse em tempo definitivo, mostra o comprometimento com a cidade. O passo de agora, completa outras etapas iniciadas em tempos atrás como a criticada na compra do Colégio Santa Maria dos padres Capuchinhos e doado ao estado pelo então prefeito, Alfredo Vander Neut, e depois na transformação da Unicentro, foram pontos de partida importantes para o processo. Depois a vinda do IFPR na gestão do prefeito Sérgio Stoklos, com participação de Felipe Lucas e, agora, com um passo importante sintonizado na busca incessante do conhecimento. Derbli faz esse papel com coerência e assertividade. Coloca mais uma ferramenta para população da região ter acesso à educação de qualidade. Às vezes, o processo é lento, mas acontece quando não se desiste.

QUEM PARTICIPOU

Na última Sessão da Câmara, quem fez o anúncio da chegada da Campo Real, em Irati, foi o vereador Marcelinho Rodrigues que é da comunidade. Ele apresentou um vídeo com depoimento do prefeito Jorge Derbli numa visita à Guarapuava, em que teria ocorrido o convite formal para a instituição ser instalada em Irati. Desta viagem, participaram os vereadores Nei Cabral e Marcelinho Rodrigues.

SEM CHAMINÉ

O vereador Hélio de Mello fez menção ao ressaltar a vinda da Universidade para Irati como uma indústria sem chaminé. “É emprego que vem para o município e renda que não vai embora”. Além da qualificação da mão de obra e do conhecimento que acontece com mais efetividade. Hélio ainda defendeu na mesma sessão o empréstimo para concluir o ginásio de esportes que está paralisado. Irati devolve um lugar de ensino para o ensino e ainda avança para se transformar num polo de educação. O pedido de R$ 10.500 mi tramitou na Câmara no ano passado, mas teve de voltar este ano. A conclusão da obra propícia um belíssimo ginásio para a cidade a ser referência no esporte regional. Segundo Hélio, Derbli quebrou a barreira da judicialização para que a obra possa ser concluída. E a Câmara faz a sua parte aprovando o empréstimo. Mello ainda parabenizou o comércio por cooperar com as medidas de combate à Covid-19.

IR ANTONINHO ZANLORENSI

A Câmara de vereadores de Irati aprovou um PL que nomeia como Antoninho Zanlorensi a estrada que liga a Br 277, ao Pinho de Baixo. De propositura do vereador Roni Surek, a estrada faz uma merecida homenagem a um dos mais fortes representantes da Cultura Italiana em nosso município. Dentre seus feitos recentes, junto de uma comitiva, Antoninho foi a Brasília a convite do deputado Evandro Roman defender a produção do vinho artesanal.

BARTOSKI, REALIDADE OU LENDA

O vereador Tucho Bartoski (PSD), conseguiu mais uma vez desperdiçar o uso da tribuna. Com um discurso de mais de 10 minutos onde pouca gente entendeu. Dentre ameaças e justificativas, Tucho não disse nada com nada. Nenhuma mensagem plausível ficou de tudo. Talvez tenha falado por código “morse” não foi. Que pena. Tempo desperdiçado.

“R$ 10.5 mi”

Valor de financiamento aprovado por unanimidade na Câmara de Irati.

NOVO HORÁRIO

Devido a mudança de horário do comércio e também das repartições públicas, o presidente da Câmara sugeriu a alteração do horário das sessões para as 17h durante o período da pandemia. Nei, ainda enalteceu a vinda da universidade Campo Real, também explicou o uso da tribuna. Acredito que até o presidente ficou constrangido com a falta de nexo de alguns que usam da estrutura.

SIGILO QUEBRADO

O Ministro Alexandre de Moraes do (STF) relator do inquérito que apura atos antidemocráticos determinou a quebra do sigilo bancário da deputada Aline Sleutjes (PSL-PR), de Castro. A deputada que é apoiadora de Bolsonaro, negou que tenha financiado os atos antidemocráticos, mas confirmou sua presença nas manifestações. Além de Aline, outros 10 deputados tiveram o sigilo quebrado. Aline é a única deputada até o momento do Paraná. Aline Sleutjes disse que o sigilo das suas contas bancárias está aberto ao STF e ao Poder Judiciário.

ELEIÇÕES 2020

Na terça-feira (16), o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, o presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia e do Senado, David Alco Lumbre, entraram em um acordo sobre o adiamento das eleições municipais deste ano. A eleição deve acontecer em 2020, para evitar que os mandatos de prefeitos e vereadores sejam prorrogados. Três sugestões foram apresentadas: primeiro turno em 15 de novembro, com segundo turno em 29 de novembro; primeiro turno em 6 de dezembro, com segundo em 20 de dezembro e a manutenção do primeiro turno em 4 de outubro, com segundo turno em 25 de outubro. Mas a versão que mais ganha força é da eleição do primeiro turno em de novembro.

Derbli não quer Lockdown, mas...

Assista a Coluna Confidencial também em vídeo

 

Lockdaw depende de comportamento de empresarios

O prefeito Jorge Derbli busca uma sintonia, mas com rigor no setor produtivo da cidade. Antes de aplicar um rigor maior, principalmente na fiscalização do comercio da cidade, mais uma vez ele reuniu proprietários de supermercado e Aciai para sensibilizar o setor. Derbli procura fugir de um Lockdown (confinamento). "Mas isso depende, exclusivamente, da atuação dos empresários", disse o prefeito. Mas alertou que a PM e GM vão entrar nos estabelecimentos para fiscalizar.

Em defesa da Ucrânia

 O prefeito Adelmo Klosowski, de Prudentópolis agiu com firmeza ao emitir carta de repudio direcionada a Fernando Haddad (PT). O ex-candidato a presidente do Brasil, fez uma postagem na sua conta no twiter dizendo que “Bolsonaro expulsou médicos de Cuba e importou terroristas da Ucrânia. Bela troca!”.  Segundo Adelmo a postagem e o uso de símbolo nacionais da Ucrânia em manifestações extremistas é uma agressão ao povo Ucraniano, no Brasil e na própria Ucrânia.

 

 “O povo ucraniano não merece tal agressão desnecessária e gratuita, tampouco merece a ligação da sua cultura e história a desvirtuados movimentos de extremismo, sejam eles quais forem”

Adelmo Klosowski

Recurso para Hospital

O prefeito Lula Thomaz, de Teixeira Soares, recebeu a liberação de recursos de R$ 2 milhões, para a reforma do hospital do município, que ficou fechado por dois anos. A Fecomércio contribuiu com recursos para custeio dos projetos complementares. Lula enalteceu o apoio do Governo Ratinho Junior e do secretário estadual de Saúde, Beto Preto,  neste momento de dificuldades que vivem, principalmente, os pequenos municípios. É a união de todos no combate à maior pandemia que o planeta atravessa. Com este recurso, o hospital terá uma revitalização e ampliação em sua estrutura.

“Quem quer dinheiro?”

Dono de um dos bordões mais conhecidos na TV brasileira, agora Silvio Santos vai dar palpites também na comunicação do Governo de Jair Bolsonaro. Para tentar conter a crise na imprensa, melhorar sua imagem  e agradar ao mesmo tempo o “centrão”, grupo de partidos que JB defenestrou na campanha, com o qual agora faz aliança, foi anunciado a recriação do Ministério das Comunicações. Para gerenciar a nova pasta Bolsonaro nomeou Fabio Faria (PSD-RN),  genro de Silvio Santos, empresário dono do SBT. O novo ministro, que é casado com a apresentadora Patrícia Abravanel, uma das seis filhas do homem do Baú da Felicidade. O SBT é uma das emissoras de TV mais fiel a Bolsonaro.

Quem é Fábio

 Agora os ministérios são 23, 8 a mais dos 15 prometidos em campanha. Segundo a revista Veja, Fábio Faria é autor de um projeto de lei que pretende fazer com que “qualquer serviço que permita a divulgação de conteúdo publicamente”, como as redes sociais, exijam a vinculação de CPF ou CNPJ de seus usuários às suas respectivas contas. A medida facilitaria a identificação de autores de postagens ofensivas, criminosas e de notícias falsas, e combater perfis falsos.

                                                        “110%

                  Valor do crescimento de casos de Covid-19 em cinco dias, em Irati

Páreo de Rio Azul

Parece que o páreo de Rio Azul já foi definido para as próximas eleições. Rodrigo Solda é candidato nato a reeleição, ou melhor dizendo, pré-candidato. Mas a oposição coloca o nome de dois vereadores para a disputa. A dobrada seria encabeçada pelo vereador Leandro Jasinski ex-PV e atualmente PSD, tendo como vice Jair Boni do PSB. Leandro é apoiado pela deputada Leandre, mas o deputado Sandro Alex, que fez mais votos no município não teve representatividade expressiva na dobrada. Ou alguém será traído no processo.

PV de Inácio vai apoiar Benato

O Partido Verde de Inácio Martins informou, através de Júlio Mendez que unificou as bases de apoiadores da deputada Leandre, tal como, do deputado estadual Estacho. Ainda, durante a janela partidária, trouxeram para a legenda dois vereadores: Sid Lopes, ex-PSB e Sandra Daniel, ex-PR. Júlio, ainda, informou que está na expectativa do partido a ampliação destas vagas nas eleições deste ano. Este processo de fortalecimento pelo qual passou o partido, em Inácio, ainda determinaram que o partido irá apoiar o prefeito Junior Benato a reeleição.

A espera de um milagre

 

Irati recebeu no final do ano passado um castramóvel com emenda do deputado Evandro Roman (Patriota). Mas até esta data, o veículo ainda se encontra parado no almoxarifado central da prefeitura. Segundo informações, as exigências para que o equipamento passe a ser usado ainda necessitam de um investimento de mais R$ 70 mil. Enquanto o veículo está parado, a proliferação de cães acontece à solta em nossa cidade. A cidade espera uma decisão rápida sobre o assunto, até porque quando a prefeitura recebeu o castramóvel não havia pandemia.

 

Transparência

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira (10), projeto de lei que dará mais transparência ao cálculo de revisão de tarifas de empresas prestadoras de serviços públicos no Paraná. De autoria do deputado Homero Marchese, a proposta recebeu uma emenda do Líder do Governo, Hussein Bakri, tornando mais claros os mecanismos para facilitar a vida dos paranaenses no momento de entender os reajustes de serviços de luz, água, gás, pedágio, transporte público, entre outros.

Patriotas tem executiva em Irati

 

O Patriotas (51) reuniu seus filiados na terça-feira (9) para elevar de provisória para diretório. Patrícia da Luz foi conduzida a presidência tendo Paulo Secco como Vice. No partido, também, está filiado o provedor da Santa Casa, Ladislau Obrzut que é vice presidente estadual da legenda, onde tem como presidente estadual o deputado Federal Evandro Roman. Na mesma legenda esta Robson Krupzak procurador jurídico do município de Irati.  O Partido é próximo a Derbli e está nos planos indicar um vice numa composição na majoritária, uma vez que segundo eles, nomes para isso o partido tem. Para as próximas eleições o partido deve apresentar uma chapa completa de vereadores. Em seus quadros atualmente existem mais de 120 filiados.

 Ratinho quer que a economia circule

A informação foi antecipada pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva, em entrevista à rádio CBN Curitiba nesta quarta-feira (10). O pacote deve incluir medidas de apoio a empresários, à manutenção de investimentos privados no Estado e de incentivo às compras de pequenos comerciantes pela população. “Estamos finalizando este pacote com ações para fazer a economia circular. Nosso grande desafio é sair da crise com rapidez”, explicou. Segundo ele, o governo está fazendo um trabalho muito forte junto aos empresários para que os investimentos que estavam previstos possam ser mantidos.“O que estamos desenhando agora são ações de continuidade de atração de investimentos, com menos burocracia, mais segurança jurídica para que os investidores continuem colocando recursos no Paraná, e de financiamento ao setor produtivo, facilitando o acesso ao crédito para os pequenos negócios”, disse.

 MP quer ampliação das campanhas de orientação

Giacoia, enviou um ofício ao governador Ratinho Junior (PSD) no fim da noite de segunda-feira (8) pedindo para que o governo estadual revise a flexibilização do distanciamento social. Gilberto Giacoia também pediu para que o Governo do Paraná explique com transparência os critérios técnicos que fundamentaram a liberação de cada uma das atividades para que essa flexibilização não traga efeitos graves e irreversíveis à saúde das pessoas que vivem no estado. Outro pedido do procurador-geral foi para que as ações de ampliação do afastamento social sejam retomadas e acrescidas, assim como campanhas de orientação e de esclarecimento para o público. A repercussão desta nota pode ter desdobramento também nos municípios. Uma vez que Giacoia está pedindo ao governador caberá também aos prefeitos serem mais efetivos nos cumprimentos. Podem esperar as correspondências do MP municipal.

 

Vidas Negras Importam

Vidas negras importam no Paraná

Mauro Rockenbach, Superintendente Geral de Diálogo e Interação Social do Estado do Paraná, enalteceu a visão do governo Ratinho Junior, em reconhecer a importância do movimento negro, repudiando todos os atos de racismo e vandalismo no Estado. Tanto que para isso, criou um órgão específico para dialogar com o movimento negro e com todas as chamadas minorias - a SUDIS. Rockenbach é cotado para assumir a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho-SEJUF, no lugar de Ney Leprevost que deixou o cargo esta semana. “Temos um Secretário de Estado negro, servidores e servidoras, não temos racismo institucional, vidas negras nos importam sim. Vamos continuar trabalhando para isso, óbvio que sem vandalismo”, disse Mauro.

Segue nota, em anexo foto ilustrativa de servidor Denilto Laurindo da Sudis com o Governador.

Apoio para coligar

Hilgemberg esteve esta semana com o presidente Estadual da Legenda no Paraná, o ex-deputado, João Arruda, que apoia a dobrada para a próxima eleição. O partido tem de buscar espaço para crescer. Se Derbli não dá, podemos contribuir com a candidatura do PDT. Josué disse que o MDB não sentiu espaço no time do prefeito Derbli. Embora algumas pessoas do partido sejam mais ligadas ao prefeito, não houve valorização, segundo Josué. O perfil do MDB é mais próximo do PDT e tem de ver o que é melhor para o MDB retomar seu crescimento.

Articulando

Dagoberto Wadzyk, articulador da deputada, Leandre Dal Ponte, na região está fazendo uma série de reuniões com intuito de ouvir como os políticos estão vendo o cenário político local. E está ouvindo muitas reclamações da atual administração, principalmente, na condução política.

Cuidado com a Soberba

Parece que o prefeito, Jorge Derbli, está sorrindo atoa com números que lhe contaram ao pé da orelha sobre sondagem acontecida nos últimos dias. Mas há de se ter cuidado, porque o bom posicionamento pode trazer a soberba que não é bom para ninguém. É bom lembrar que treino, é treino e no jogo tudo é diferente. O momento agora é de treino, a campanha é o jogo.

Vai ou não vai!

Parece que a candidatura do Padre Marcos Melek, de Inácio Martins, está em “stand by”. Uma carta vinda da alto Clero impede que padres ou religiosos disputem cargos eletivos nas esferas do poder. Se fato for, isso impediria que o padre fosse candidato. Mas segundo informantes, o Marcos continua atuando politicamente e acredita que nos próximos dias isso será revertido e poderá manter sua intenção de ser candidato a prefeito de Inácio Martins.

Nenhum saiu

Nenhum dos secretários do prefeito, Jorge Derbli, saiu de seus cargos para disputar alguma vaga no legislativo Iratiense. Então não veremos neste pleito nomes como Xoxolo, Mundio Gnatkoski e outros que poderiam pleitear uma cadeira no legislativo iratiense. Resta saber se o empenho dos secretários será o mesmo.

Menosprezado, MDB se aproxima de Odilon

O MDB de Irati presidido pelo advogado, Josué Hilgemberg, está deixando (deixou) a base de apoio do prefeito Odilon Burgath, para iniciar negociação com o PDT do ex-prefeito. Segundo Josué, Burgath ofereceu o cargo de vice para a fusão dos partidos. O advogado ainda fala que o prefeito não fez nenhum movimento para ter o partido próximo dando um sentido de menosprezo.

Enfraquecendo a Mídia

Segundo a CPI que trata da Fake News apontou que o governo federal investiu milhões em blogs que geravam e espalhavam as fake News. Esta semana, segundo o blog O Antagonista, o governo federal retirou R$ 83,9 milhões do programa Bolsa Família e injetou na área de Comunicação. O dinheiro será tirado especificamente dos programas de transferência de renda destinados a famílias do Nordeste. Segundo o Ministério da Cidadania, o valor médio do Bolsa Família era de R$ 191,86 em março. Com os R$ 83,9 milhões destinados à Comunicação, seria possível pagar o benefício uma vez a mais de 437 000 famílias. O governo Bolsonaro dá sinais de atuar firmemente num processo de enfraquecer a mídia tradicional. No Paraná o processo é inverso. Ratinho Junior age pra valorizar e fortalecer a imprensa paranaense.

Data das eleições

Ainda há muita dúvida sobre a mudança das datas das eleições deste ano. Enquanto se fala em mudar para 15 de novembro ou 6 de dezembro, o 1º turno, outra corrente mais silenciosa trabalha para que seja mantida as mesmas datas constitucionais. E isso acontece por vários motivos, inclusive pela questão de uma série de dificuldades de transição, aprovação das contas eleitorais, diplomação e outras.

Data das eleições II

Outro motivo pode ter mais força. Com o auxílio pandêmico do Governo Federal, os municípios terão situações mais equilibradas nos meses de junho, julho, agosto e setembro. Os administradores municipais preveem que a partir daí os municípios vão mergulhar numa grande crise, se precedentes. Se as eleições acontecerem em outubro, os prefeitos estão em período mais confortável e se for em novembro ou dezembro, estarão no auge da crise e com muito mais desgaste.

Estadualização

O deputado Hussein Bakri anunciou esta semana uma notícia histórica para Rebouças, mas também para nossa região. É a estadualização da estrada que liga Rebouças ao Marmeleiro, assinada esta semana pelo governador, Ratinho Junior. Com esse ato é possível que o governo aplique a economia da licitação gerada licitação de Irati à São Mateus para fazer este trecho. Aos poucos a burocracia está sendo vencida.

Fake na Justiça

Vereadores apontam que uma notícia Fake foi disseminada por membros da imprensa local com a intenção de prejudicar os edis desta legislatura. A notícia fala da de aumento aprovado pela Câmara de Vereadores para os vereadores enquanto o que aconteceu de fato foi um aumento de mais de 4% dado aos servidores públicos de Irati. Segundo Rogério Kuhn (PV), a intenção foi prejudicar os vereadores uma vez que uma das pessoas que mais espalhou a matéria tem intenção política nas próximas eleições. Segundo ele, enquanto há um combate nacional ao “fake news” não podemos deixar que na nossa cidade ocorra dessa forma. Nos bastidores da câmara, se houve que o caso será encaminhado à justiça.

O silêncio dos inocentes...

É de ensurdecer o silêncio das oposições na nossa região neste momento de coronavírus. Parece que eles não querem se comprometer com as administrações. Deixam os prefeitos em conforto ou desconforto de absorver sozinho as críticas e poucos elogios que o momento lhes traz. Mas este silêncio também mostra descaso com a população e não conseguimos perceber que aqueles que também querem sentar na cadeira de prefeito ou vereadores pouco ou nada fazem em prol do povo neste momento.

Laços Iratienses

O governador, Carlos Massa Ratinho Junior, lamentou a morte dos servidores do Estado, Phelipe Abib Mansur, que ocupava a Superintendência de Governança Social da Casa Civil, João Ricardo Schneider, assessor e Paulo Rogério da Cruz, motorista, também lotados na Casa Civil. Os três funcionários do governo faleceram nesta segunda-feira (01) após acidente na BR-277, na região de Teixeira Soares, Centro-Sul do Estado. Phelipe Mansur que era cotado para a prefeitura de Foz do Iguaçu tinha laços com Irati. Era neto do ex-governador iratiense, João Mansur.

Quatro candidatos em Prud
A política de Prudentópolis pode se resumir a quatro candidatos a prefeito neste pleito. Os mais prováveis são Osnei Stadler (DEM), que será o sucessor de Adelmo, outra pré-candidata é Irajane Santini filiada ao PSL e filha do ex prefeito Vilson Santini que tem cadeira cativa no TC devido ao número de processos, o terceiro nome vem do PSD, Renam Diniz representa o grupo de Sandro Alex na disputa, é novo na politica e ainda não teve a experiência das urnas. O quarto nome é velho marinheiro, mas nunca ancorou na prefeitura, Divo Batista já disputou várias eleições, mas vem perdendo espaço nos últimos pleitos. Nomes como do Presidente da Câmara Joison Kuhn (PV) e de Machadinho, não concorrerão na disputa do executivo, Joison deverá ser candidato a vereador. 

Empasse para Ratinho
Em Prudentópolis e outros tantos municípios, o governador Ratinho Junior (PSD) terá alguns dilemas para enfrentar, enquanto Renan que é do PSD espera o apoio do governador e de sua base, também o prefeito tem a mesma expectativa. Segundo o prefeito Ratinho Jr teria prometido apoio ao seu candidato, uma vez que o prefeito vestiu a camisa do governador nas eleições que o colocaram no Palácio Iguaçu. Particularmente acredito que Ratinho se abstenha de apoiar um ou outro pessoalmente. Como sabe-se que tem voos maiores precisa de somar apoio e não dividir, se optar por um ou por outro perderá em vez de ganhar, portanto, o silencio ou o apoio amplo poderá ser a saída. 

Estrutura do governo
O Pré-candidato pelo PSD de Irati, Emiliano Gomes, levou alguns líderes rurais para agenda no governo, eles estiveram com o líder do governo Hussein Bakri e também com Sandro Alex (SEIL). Gilberto Laroca, Sidnei Marques, levaram demandas do Pinho e Guamirin. Ainda estiveram com secretario da Agricultura Norberto Ortigara. Segundo Gomes a ideia é levar pessoas que conheçam a fundo o seu setor para fortalecer suas demandas, também esteve com eles o vereador Tucho Bartoski.

                                                 “307”

É o número de pessoas que receberam o Auxilio Emergencial indevido na região da Amcespar.

“Fake news: ser enganado ou não ser? A decisão é sua!” -Autor Desconhecido

Prefeitos em festa

Junto da Fomento

O pré-candidato a prefeito de Irati, pelo PSD, Emiliano Gomes, esteve junto ao presidente da Fomento do Paraná, Heraldo das Neves. Na visita foi tratando sobre as possibilidades de Crédito que a Fomento está disponibilizando para os MEI', micro e pequenas empresas, para minimizar os efeitos causados pelo coronavírus na economia "Recupera Paraná". A previsão de retomada integral é agosto, e o Paraná já está à frente com o planejamento estratégico pronto e vem com muita força para cooperar com todos os empreendedores Paranaenses. Emiliano esteve com Marcelo, chefe de gabinete do líder do governo na ALEP, Hussein Bakri. Para quem não lembra, Emiliano foi secretário de Industria e Comércio de Jorge Derbli.

Prefeitos em festas

Aproveitem senhores credores. Nos próximos dias, as prefeituras do Brasil receberão o auxílio emergencial vindo do governo federal. Bolsonaro sancionou o PL na quarta (27). O repasse para os municípios será em quatro parcelas que vai dar um “folego” aos administradores que acumulam quedas gigantescas nas arrecadações.

Contrapartida

Mas de contrapartida, o governo impede que os municípios e estados, também a união, deem qualquer forma de aumento para o funcionalismo. Alivia para os prefeitos que estavam fugindo da pressão de servidores por aumento. Em Irati, por exemplo, como a lei foi sancionada antes da virada do mês, os aumentos pleiteados ficaram para trás.

Pagando recursos

Mesmo com os assuntos voltados a pandemia, a deputada Leandre Dal Ponte informou o pagamento de emendas suas para a região. O Asilo Santa Rita de Irati recebeu uma emenda individual de R$ 99.871,00 vindo da Secretaria Nacional da Pessoa Idosa, e o Hospital Darcy Vargas um valor de R$ 50 mil para cadeiras de rodas e um equipamento de Laser para fisioterapia, que auxilia muito na recuperação dos movimentos dos pacientes.

Julgamento de Roman 

O deputado Federal Evandro Roman, ex PSD e presidente Estadual do Patriotas está tendo seu mandato sob judice. Uma denúncia de infidelidade política pela sua saída do PSD e entrada no PATRIOTAS, fora da janela partidária pode lhe custar o mandato de deputado. O processo foi para no TSE e teve como relato o ministro Faquin que emitiu parecer pela cassação do mandato. Na última sexta, um pedido de vistas paralisou o julgamento onde o placar era de 2 X 0 favorável a perca do mandato. Roman foi eleito como primeiro suplente do PSD e ocupa a vaga de Nei Leprevost.

Carta

Na saída do PSD, Roman recebeu uma carta do partido, como uma certa forma de “alforria”. Mas parece que não ajudou muito. Mesmo com o documento do PSD dizendo, em síntese, que a saída era acordada, os suplentes entraram contra o mandato do deputado. Roman foi o deputado que mais trouxe recurso ao município de Irati no mandato passado. Responsável por obras importantes como o asfalto que liga a Br 277 à comunidade do Pinho de Baixo. Roman é pré candidato a prefeito de Cascavel.

Congelamento 

O vereador Rogério Kuhn (PV) defendeu na Câmara, na última sessão, o congelamento das subvenções dos vereadores por dois anos. Isso é uma mostra do que o legislativo e a classe política têm de demostrar também a sua parte para a sociedade. Se os funcionários públicos ficaram sem reajuste por dois anos, os vereadores devem seguir a mesma conduta.

Frios estomacais

que aqueles membros da gestão Burgath que ficaram com algumas pendencias judiciais estão passando por sensações de frios no estômago. Segundo fontes, houve movimentação judicial nos processos que envolvem a antiga administração. E parece que aqueles investimentos que foram feitos no aterro sanitário podem ser “desenterrados”. Agora, a palavra está com as testemunhas. Vamos aguardar.

Defesa da Liberdade

Parlamentares em Brasília decidiram nesta quarta-feira criar a chamada Frente Parlamentar em Defesa da Liberdade de Imprensa no Congresso Nacional. A frente é de caráter suprapartidário, e deve contar com a participação de deputados e senadores. O objetivo é garantir a livre manifestação de pensamento, o livre exercício do jornalismo, o livre acesso à informação, bem como, a plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social. Um dos criadores da frente é o ex-prefeito de Curitiba e deputado federal pelo PSB paranaense, Luciano Ducci

Calendário Eleitoral

O ministro Luís Roberto Barroso deixou claro que está trabalhando com o Congresso Nacional para evitar que a pandemia do coronavírus atrapalhe o calendário eleitoral deste ano, que tem eleições municipais programadas para outubro. “As eleições somente devem ser adiadas se não for possível realizá-las sem risco para a saúde pública. Em caso de adiamento, ele deverá ser pelo prazo mínimo inevitável”, afirmou. De forma sensata, Barroso já descartou de antemão uma hipótese de unificação de mandato. “O cancelamento das eleições municipais, para fazê-las coincidir com as eleições nacionais em 2022, não é uma hipótese sequer cogitada”, disse o novo presidente do TSE.”

Volta em Agosto 

O governador Carlos Massa Ratinho Junior considera que o Paraná será um dos primeiros estados do Brasil a retomar as atividades econômicas após a pandemia do novo coronavírus. Segundo ele, se o Estado mantiver o bom controle da pandemia e houver regressão na curva de contágio, a expectativa é que em agosto todas as atividades produtivas voltem à normalidade, e será possível retomar o caminho do crescimento de maneira acelerada.

Estímulo

Em videoconferência com empresários paranaenses, promovido pelo Sebrae-PR, nesta terça-feira,26, Ratinho Junior afirmou que o governo estadual já está elaborando projetos para estimular a economia, e reforçou que haverá aporte de recursos públicos em obras urbanas e de logística que vão contribuir para a retomada.

Precisamos armar o povo com educação, cultura e ciência”, disse o ministro.

R$ 7 mi%

É o valor aproximado que Irati receberá do Auxilio Emergencial.

O melhor programa econômico de governo é não atrapalhar aqueles que produzem, investem, poupam, empregam, trabalham e consomem.

Irineu Evangelista de Sousa, o Visconde de Mauá.

Lula, o Destemido

Lula, o Destemido!

O prefeito Lula Thomaz inovou em tempos de pandemia e isolamento social. Realizou duas inaugurações na última quinta (21), em Teixeira Soares. Claro que em todos os eventos os participantes mantiveram o distanciamento recomendado e todo mundo de máscara. Na entrega das 49 casas, os mutuários receberam as chaves na porta das casas e não houve falatório. Uma breve justificativa e deu.

"33,4%" Volume da queda de arrecadação do ICMS em maio - segundo Governo do Estado

Visita técnica 

Estiveram em Teixeira Soares, mas não participaram do evento o secretário da chefe da SEIL, Sandro Alex e o deputado estadual Alexandre Curi. Eles apenas fizeram uma visita técnica em algumas obras que estão sendo executadas pela prefeitura com recurso do Estado do Paraná. Ao todo, entre casas, posto de saúde, e pavimentações as obras passam de R$10 milhões de investimento.

Jorge, o Furioso 

Uma das características do prefeito Jorge Derbli para mostrar o descontentamento ou sua imponência é o tapa na mesa. E isso vem se repetindo com maior intensidade, principalmente, no que tange ao desrespeito que parte da população vem tomando em relação à pandemia do Coronavírus. Mas o prefeito tem prometido endurecer as regras para que a população entenda o perigo que ronda a todos. Esperamos o mesmo rigor para os gastos.

Ilegal, imoral ou engorda?

Nem tudo que é imoral, é ilegal. Tudo é uma questão de “avaliação”.

Rodrigo, o Inovador

O prefeito Rodrigo Solda, de Rio Azul, encontrou uma fórmula para ampliar a perfuração de poços artesianos no interior do município e tentar amenizar a falta d’água causada pela crise hídrica, mais popularmente conhecida como “seca”. Ele vai usar parcerias entre a Saúde e o setor de Educação para furar poços artesianos onde existem estruturas das Secretarias, mas estão sem água. A crise faz usar a criatividade.

Bertoldo, o Criticado

O prefeito Bertoldo começou a amargar o desgaste da classe comercial. O povo ficou revoltoso pelo fechamento do comércio de Imbituva, devido aos mais de 20 casos de Covid-19 existentes no município. Ele recebeu as demandas da Associação Comercial esta semana, mas não evitou um protesto do comércio. Bertoldo teve a recomendação do fechamento tanto do Ministério Público quanto do Conselho da Saúde.

Bolsonaro, o Incoerente

O presidente Bolsonaro está condicionando a sansão da lei que socorre com R$ 60 bi os estados e municípios ao congelamento da remuneração dos servidores públicos. De acordo com Bolsonaro, congelar reajustes na remuneração de todos os servidores públicos até o fim do ano que vem é o “remédio menos amargo” para o funcionalismo, “mas de extrema importância para todos os 210 milhões de brasileiros”. As informações são do jornal Estadão.

Eleições deverão ser este ano

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está confiante de que o debate sobre adiar as eleições deve avançar daqui para frente. "Todo mundo agora entrou no debate sobre adiamento das eleições", disse ele, referindo-se aos demais poderes. Rodrigo deve conversar no fim de semana com Davi Alcolumbre (DEM-AP) sobre como irão tratar o tema. Segundo ele, há duas datas em discussão para se adiar o primeiro turno, marcado atualmente para 4 de outubro, os dias 15 de novembro e primeiro domingo de dezembro. Assim que houver uma maioria formada para votar o adiamento, o parlamento deverá definir a nova data em discussão conjunta com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

"Sou radicalmente contra prorrogação de mandato, não tem previsão na Constituição"

Rodrigo Maia – presidente da Câmara dos Deputados

Mostrando o que pensa de verdade

O ex-presidente Lula pediu desculpas nesta quarta-feira (20) por ter dito que “ainda bem” que a natureza criou o coronavírus e, assim, a importância do papel do Estado na solução de crises passou a ter maior destaque. A declaração foi feita em entrevista concedida à revista Carta Capital na 3ª feira (19.mai). Eis o que disse o ex-presidente: “Ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus, porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises”, disse Lula.

Auxílio emergencial

Comida Boa

Técnicos do governo do estado entregaram, aos prefeitos participantes da Amcespar, os vales para a população carente acessar o programa “Comida Boa”. Os prefeitos receberam os vauchers na sede da Amcespar. O prefeito Jorge Derbli recebeu da chefe do Escritório da SEAB de Irati e será distribuído entre a população que está inclusa em programas sociais.

Também recebeu

O prefeito Adelmo Klosowski que pertence a regional da SEAB de Guarapuava também recebeu os cartões para o município. Em Prudentópolis, serão beneficiadas 6.769 famílias cadastradas nos programas sociais. Junto do prefeito a primeira dama Beatriz que cuida da pasta Social e também o vice-prefeito, Osnei Stadler.

Veto

Atendendo ao pedido de Paulo Guedes, Jair Bolsonaro disse na quinta-feira (07), que vetará trechos do projeto de ajuda a estados e municípios, para garantir o congelamento de salário dos servidores por um ano e meio. O congelamento de salários do funcionalismo é uma contrapartida à ajuda oferecida a estados e municípios. “Eu sigo a cartilha do Paulo Guedes na economia. […] Servidor tem estabilidade e tem o salário. Há pouco, a proposta do presidente da Câmara [Rodrigo Maia] era de cortar 25% do salário para todo mundo, mas o Paulo Guedes decidiu que poderia ser menos drástico, e assim foi combinado”. As informações são do “O Antagonista”.

Sem mandato

O vereador de Ivaí que é acusado de assassinar a facadas o empresário Everaldo Manfron no município, teve seu mandato cassado. Após o assassinato, Kiko Lobacz desapareceu e é considerado foragido. Por meio de seu advogado, tentou renunciar ao mandato para não ter perca de direitos eleitorais, mas não foi aceito. Nesta semana, a Câmara votou por unanimidade pela cassação do mandato.

Sob Nova Direção

 O MDB de Irati está de cara nova. Após a  migração de Hélio de Mello para o PV, que presidia, a legenda acabou passando por uma transformação. Quem assumiu a presidência foi o advogado Josué Hilgenber com as bençãos do presidente estadual João Arruda. Com essa metamorfose, alguns políticos tradicionais e que construíram história na legenda, como o ex prefeito, Alfredo Van Der Neut, deixaram a sigla. O mais traumático é que segundo informações não houve nenhuma forma de migração da provisória do partido.

Pedagógico

O PTB de Irati foi outro partido que mudou a provisória. O professor Helder Alberto Leal assumiu a presidência do partido e trabalha para lançar uma chapa competitiva de vereadores. O projeto do PTB que deixou a proximidade do pré-candidato Nelsinho, tem como meta oportunizar uma candidatura a várias lideranças que participam de associações que foram criadas ou retomadas em Irati. Para Helder, que não será candidato, o processo para quem vai participar é pedagógico, em que os candidatos e os mais de 60 novos filiados conhecerão o envolvimento político e o que ele proporciona. A linha do partido será independente e não terá candidato a prefeito. A mudança de mão teve a aprovação de Alex Canziani.

 “O melhor programa econômico de governo é não atrapalhar aqueles que produzem, investem, poupam, empregam, trabalham e consomem”

Irineu Evangelista de Sousa, o Visconde de Mauá

Ação

A Câmara de Vereadores de Irati, fez uma doação de 2000 litros de leite para a campanha “Todos por Irati”. A ideia é que a doação não evidencie nenhum nome, mas que mostre a ação que a Câmara está fazendo como um todo, envolvendo, também, os funcionários. Anonimamente é preciso dar o exemplo para todos se engajem na campanha e ajudem os que precisam.

5º no ranking

Conforme texto aprovado no Congresso Nacional, o Paraná será o quinto ente federativo com a maior cota (5,72%), atrás de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. A verba emergencial será dividida entre os estados obedecendo critérios como a arrecadação do ICMS, população, cota no Fundo de Participação dos Estados e contrapartida paga pela União pelas isenções fiscais relativas à exportação. A lei federal, que ainda precisa ser sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, prevê que os municípios paranaenses vão receber R$ 163 milhões para aplicação em saúde pública e R$ 1,163 bilhão para uso livre.

Caiu o movimento

É perceptível que houve uma queda no volume na procura pelos serviços prestados pelos sistemas de saúde. Isso se deve aos hábitos de higiene que têm proporcionado a população, aliado ao medo do contato com o vírus que está mudando a vida de todos. Mas os prefeitos também percebem uma queda nos gastos com a saúde. Momento ideal para colocar a vida da saúde do município em dia e diminuir a fila de exames, principalmente.

                                          “R$1,9 bi”

Valor que o Paraná receberá do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, aprovado pelo Senado Federal na quarta-feira (6).

Volta as aulas

O deputado Hussein Bakri (PSD) líder do governo, anunciou que estão autorizadas as aulas remotas nas autoescolas do Paraná. Isso ainda depende das plataformas online serem homologadas, o que deve ocorrer nos próximos dias. Outra portaria editada na quinta-feira (07), também fica estabelecido um cronograma para retomada das aulas práticas de direção, a partir da próxima segunda-feira (11), dos exames teóricos para 1ª habilitação e das provas de reciclagem (dia 18) e dos exames práticos (dia 25).

Retomada

Ampliar os investimentos públicos com a execução de obras que geram empregos nos municípios e tornar a administração estadual ainda mais eficiente. Essas foram as principais orientações do governador Carlos Massa Ratinho Junior para retomar o fôlego da economia do Paraná após a pandemia da Covid-19. O assunto foi tratado, nesta quinta-feira (7), em reunião com a equipe responsável pelo planejamento das ações de recuperação do Paraná.

Tempos modernos

Em Tempos de pandemia, a crise vira criatividade. E uma fala é única no meio de quem vai participar das próximas eleições. Nesta quinta, várias pessoas receberam em seus WhatsApp, uma pesquisa com pergunta única investiga a intenção do eleitor de Irati. Nomes como Jorge Derbli, Emiliano Gomes, Felipe Lucas, Nei Cabral e Ico Ruva, dentre outros, aparecem no questionamento. Isso mostra que devido, principalmente, à pandemia, o contato ficará mais remoto e o digital crescerá como ferramenta de conquista de votos. Os tempos estão mudando e a forma de fazer política também.

Emergencial

A aprovação pelo Congresso Nacional do auxílio financeiro emergencial de R$ 125 bilhões aos estados e municípios para combate à pandemia da Covid-19 trará um alívio no Paraná.  O Deputado e lider do governo, Hussein Backri (PSD), enalterceu a participação dos senadores paranaenses, Alvaro Dias, Flávio Arns e Oriovisto Guimarães, que atuaram favorávelmente aos municípios do Paraná. "É dessa forma, com todas as esferas públicas do país, trabalhando unidas, que o Brasil vai superar este momento tão difícil", disse Hussein.

 

 

Todos podemos fazer algo mais

Fazer algo a mais

O professor Fábio Seidel conseguiu junto a UTFPR a produção de 200 litros de álcool gel para o município de Rebouças. Através de uma ação entre amigos, conseguiu levantar os insumos e a UTFPR produziu o álcool gel. As entregas foram feitas no CTA, APAE, Fundo Municipal de Saúde de Rebouças e Lar dos Velhinhos de Rio Azul. A açao mostra que todos podemos fazer algo a mais. Fabio, que é tetraplegico deixa um exemplo mostrando que todos podemos fazer algo a mais, independentemente das nossas dificuldades.

Recurso garantido

O grupo que apoia o deputado Hussein Bakri em Inácio Martins está comemorando a conquista de R$ 1 milhão em recursos para o município. Liderados pelo empresário Álvaro Pasqualin, o Batata, o grupo viabilizou recursos para aquisição de equipamentos agrícolas e óleo diesel. Através disso, conseguiram uma contrapartida do município para diminuir os custos de alunos que estudam em Irati e Guarapuava e pagam do bolso o transporte escolar.

Quem fala a verdade?

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Rio Azul, André Gembaroski, foi convidado pelos vereadores Zerico, Edson e André Duczanoski para dar esclarecimentos sobre a sua pasta na Câmara de Vereadores. O assunto a ser desenvolvido é clarear o que está sendo feito de verdade pela administração de Rodrigo Solda, para minimizar a falta d’água no interior de Rio Azul. Aí, vai acarear a situação com oposição. E, com isso, a verdade vem à tona. É só prestar atenção.

Ação Dificultada

O prefeito Rodrigo Solda poderia com certeza ajudar os moradores que estão sofrendo com a falta d’água em Rio Azul, devido à estiagem. Recentemente, ele enviou o projeto de financiamento para a Câmara de Vereadores que teve o voto contrário da oposição. Neste projeto, entre outros, estava a aquisição de um caminhão pipa. Mas, infelizmente, os vereadores de oposição não permitiram a aprovação do mesmo. E quem paga é a população.

Homenagem

Ao chegar o Dia do Trabalho, o presidente da Câmara de Irati, Nei Cabral, usou do expediente da Casa para homenagear os trabalhadores, principalmente, os da área da saúde. “Meus agradecimentos aos profissionais que diariamente deixam os seus lares para desempenhar suas funções lutando, incansavelmente em prol da vida”, diz um trecho do documento.

“Sou Messias, mas não faço milagres.”

Jair Messias Bolsonaro – Presidente do Brasil

Fura Fila

Dois vereadores de Guarapuava, três de seus assessores e a ex-diretora do Consórcio Intermunicipal de Saúde de Guarapuava, Pinhão e Turvo (Cisgap), foram condenados criminalmente pela inserção de dados falsos no sistema de informática que gerenciava as filas de espera de consultas médicas do Sistema Único de Saúde (SUS), com o objetivo de favorecer determinados usuários. A sentença atende denúncia do Ministério Público do Paraná decorrente da Operação Fantasma II, investigação conduzida pelo MPPR por meio do núcleo de Guarapuava do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). As informações são do MPE-PR.

Denúncia

Conforme a denúncia, também formulada pelo Gaeco, os vereadores e seus assessores, com participação e conhecimento da então diretora do Cisgap, usavam da influência decorrente dos cargos para favorecer usuários do SUS, que “furavam” a fila de espera de consultas de especialidades médicas, prejudicando assim os demais usuários.

  Penas

A ex-diretora do CISGAP, Marcia Andreia Brito, recebeu pena de 18 anos e 20 dias de reclusão, o vereador Celso Costa foi condenado a nove anos de reclusão em regime fechado, e Mario Carneiro foi condenado a cinco anos e três meses em regime inicial semiaberto. Os assessores foram condenados a penas variando entre quatro anos e quatro meses e cinco anos e 20 dias de reclusão e regime inicial semiaberto. Ainda cabe recurso da sentença de primeiro grau, proferida pelo Juízo da 2ª Vara Criminal da comarca.

Conhecida

Marcia Brito, era filiada ao PPS, atualmente Cidadania, é figura conhecida aqui na região. Ela foi chefe de gabinete e depois secretária de Saúde da prefeitura de Imbituva na gestão 2006,de Kubaski.Ela também foi secretária de Saúde de Bituruna, depois de Guarapuava. Nas últimas eleições, era uma das coordenadoras da campanha de Zezo Pontarolo contra Bertoldo Rover.

                                              “60,6%”

Pesquisa aponta que mais da metade dos brasileiros tem medo de serem infectados com o coronavírus. São dados do Paraná Pesquisa.

Paraná é exemplo

O novo ministro da Saúde, Nelson Teich, elogiou o trabalho da saúde no Paraná e em outros estados do Sul. "O reconhecimento foi após o governador, Carlos Massa Ratinho Junior, apresentar a estrutura hospitalar e o plano de ação do Governo do Paraná para enfrentamento à Covid-19. A reunião virtual aconteceu nesta quarta-feira (29), com a participação dos demais governadores do Sul, Carlos Moisés (SC e Eduardo Leite (RS). As informações são da RSN.

Em defesa do isolamento

O governador voltou a defender o isolamento social como estratégia de combate à pandemia. Ratinho Jr também voltou a ‘afagar’ o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmando que ele tem todas as condições de se candidatar à Presidência, mas não quis comentar as acusações trocadas entre o ex-juiz e o presidente sobre a suposta tentativa de interferência de Bolsonaro na Polícia Federal. As informações são do Bem Paraná.

Adelmo e Osnei doam 50% do subsídio para combater a covid-19

Prefeito e vice doam metade do salário para o combate ao covid-19

O prefeito de Prudentópolis Adelmo Klosowski baixou um decreto nº 223/2020 determinando que seja descontado do subsídio do prefeito e do vice, 50% do valor. Segundo Adelmo, isso foi realizado em acordo com o vice prefeito e tem efeito sobre os meses de abril, maio e junho. O valor deverá ser utilizado para ampliar os recursos e ações do combate a Pandemia do Covid-19, em Prudentópolis. A decisão foi em conjunto com vice, Osnei, e como estão à frente do município, tem de dar o exemplo. A ação foi voluntária e espontânea. Como a prefeitura está fazendo alguns cortes, o funcionalismo tem de perceber o exemplo vindo dos gestores. É uma forma de solidariedade com quem vai sofrer com a crise.

Todos por Irati

Inicia na próxima segunda-feira (27) a arrecadação nas casas, da campanha “Todos por Irati”. A campanha visa recolher agasalhos, alimentos e materiais de higiene para serem distribuídos durante a pandemia. A ideia do prefeito é que não só aqueles que estiverem inscritos no cadastro da prefeitura, mas também aqueles indicados pelas entidades que participam da campanha, possam receber os donativos. Para dar o arranque na campanha os secretários da administração estão doando 170 cestas e o prefeito mais 330, totalizando as primeiras 500 cestas básicas.

Ângelo Machado vai para o DEM

O prefeito de Guamiranga, Ângelo Machado, migrou do MDB, partido por qual venceu a eleição em Guamiranga, para o DEMOCRATAS, partido que hoje na cidade é comandado pelo presidente da legenda no Estado, Pedro Lupion. A ação aconteceu pelas mãos do vereador Natan Pontarolo que arquitetou a mudança. A pedido de Machado, Natan ficou com a presidência no município e Machado vice. Ângelo diz nos bastidores que precisa incentivar as novas lideranças e Natan é uma delas.

Apoio

O apoio a administração vem da dobrada de deputados de muito trabalho. Alexandre Curi na Assembleia e Pedro Lupion no âmbito federal dão a sustentação nas conquistas que o município precisa. Na Câmara de Guamiranga, o prefeito Machado tem a maioria com cinco vereadores. A oposição ficou dividida. Dos quatro vereadores, dois são ligados a família Fenquer e outros dois se dividem em outros grupos. 

Lula tem maioria na Câmara de Teixeira

O prefeito Lula fecha o período da janela partidária com a maioria na Câmara de Vereadores do Município. Segundo o prefeito, o apoio do presidente da casa, “Erminho” é importante neste momento de pandemia ter resolutividade e não travar as ações do município. “Neste momento, precisamos de união para passar esta fase”, disse o prefeito. “A política se discute no momento das eleições”, completa.

Covid-19

O vice-líder do governo no Congresso Nacional, deputado federal Pedro Lupion (Democratas), celebra os recursos viabilizados pelo Governo Federal, através do Ministério da Saúde, para dar suporte ao sistema de saúde do Paraná, focado no combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O município de Prudentópolis recebeu R$ 524,679,93, já o município de Guamiranga recebeu R$125,077,03. De acordo com o deputado, o momento exige a união da bancada paranaense, que está engajada neste período de pandemia mundial.

“10 mil”

meta de cestas básicas que a campanha “Todos por Irati” pretende arrecadar.

 

Ainda...

A 4ª Regional de Saúde de Irati é a única no estado que ainda não teve registrado nenhum caso da Covid-19. Talvez o acaso, mas as medidas tomadas pelos prefeitos da região tem tido eficácia positiva no achatamento da curva da pandemia. O relaxamento das medidas e reabertura do comércio, mas com a efetividade do uso das máscaras, são ações elogiadas pela população. Por enquanto, estamos livres. Irati foi a primeira a impor o uso de máscaras por decreto do prefeito Jorge Derbli.

A culpa é do Rodrigo!

Segundo as ações da oposição do prefeito Rodrigo Solda, em Rio Azul, tudo o que acontece de ruim na cidade é culpa do prefeito. E agora parece que até a estiagem que assola o sul do Brasil é culpa de Rodrigo. Conta-se na cidade que a oposição anda de casa em casa no interior, afirmando que se eles não têm água em casa, o Rodrigo é culpado. Pelo andar da carruagem, a próxima culpa será do covid-19. É muita ironia.

Cidade dos milhões

Após Rio Azul ter entre seus moradores os ganhadores de prêmio milionário na Mega Sena, a cidade ficou contaminada pela mania dos milhões. Até na política. A promessa dos políticos é trazer milhões para cidade, só não dizem como e nem de onde!

Caráter social

O deputado e líder do Governo Hussein Bakri ressaltou o caráter social da lei sancionada pelo Governador Ratinho Junior, que proíbe cortes de energia e saneamento para famílias que receberem até três salários mínimos. A medida vale para o período que estiver sob a pandemia.

 “O Paraná não tem tempo a perder com discussões políticas. Juntos entramos nesta crise. Juntos dela sairemos. O momento é de união.”

Governador Ratinho Junior

O desgaste agora é com Moro

Saindo do habitual vamos falar do governo Jair Bolsonaro, que parece que tem medo de sombra. Agora, o desgaste é com o maior ícone do seu governo, o ministro Sérgio Moro. Um dia depois de ter sido avisado por Jair Bolsonaro de que o comando da Polícia Federal seria trocado, o ministro da Justiça, Sérgio Moro avisou nesta quinta-feira (23), ao presidente que pedirá demissão, e isso se confirmou na manhã desta sexta (24) após confirmada a saída do diretor-geral da PF, Maurício Valeixo. Desde o ano passado, o presidente Bolsonaro tem manifestado o interesse em trocar o comando geral da Polícia Federal para colocar alguém de sua confiança. A saída de Moro pode trazer uma queda na sua popularidade significativa devido às controversas, comandos que tem dado à frente da república.

Protecionismo

Bolsonaro parece fazer um protecionismo absurdo a seus filhos que vem desestabilizando o governo que só traz prejuízos a Bolsonaro. Sergio Moro, que é considerado herói nacional, deixou sua carreira de magistrado para assumir o Ministério na Justiça e Segurança Pública. A saída de Moro é um grande golpe a identidade do governo Bolsonaro, que em seu discurso faz denúncias contra o governo. O Brasil não precisava de mais uma barbeiragem política criada pelo presidente. Esta é a segunda perda significativa num curto prazo de tempo. Mandetta e Moro eram os dois ministros que tinham os maiores índices de popularidade. Moro representava todo o equilíbrio e demonstrava a seriedade, legitimando o combate a corrupção deste governo. Vamos ver os próximos dias, mas já se percebe pessoas declarando que deixam de apoiar o governo em virtude da saída de Moro, que agora se torna, pela forma da conduta e saída, um grande candidato para concorrer a presidência.