Viver a Palavra
O Evangelho do dia 10/07

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 10,16-23

Aos seus discípulos, Jesus disse: Eis que vos envio como ovelhas no meio de lobos. Sede, portanto, prudentes como as serpentes e simples como as pombas.

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

Nesse momento da história somos nós os discípulos de Jesus. Ele nos pede para sermos ovelhas no meio de lobos, mas não lobos! Sermos prudentes como as serpentes, mas não fofoqueiros, com a língua venenosa de serpente; simples como as pombas, mas não ingênuos ou sonhadores sem o pé na realidade. Depois, Jesus promete a quem se faz seu discípulo a assistência do Espírito Santo! O que mais você poderia querer?

 

O Evangelho do dia 09/07

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 10,7-15

Ao enviar seus discípulos, Jesus lhes orientou: anunciai que o Reino dos Céus está próximo, curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. De graça recebestes, de graças deveis dar!

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

Você é discípulo de Cristo e pertence a Ele! Neste tempo da pandemia anuncie o evangelho com os seus exemplos; cure os doentes com a sua escuta respeitosa; ressuscite os mortos devolvendo a esperança aos desesperados; purifique os leprosos ao acolher quem está perto de você, mas longe de seu coração. Tudo deve ser de graça, pois tudo é graça!

 

O Evangelho do dia 08/07

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 10,1-7

 

Estes são os discípulos que Jesus enviou para evangelizar: Pedro e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu e seu irmão João; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, filho de Alfeu e Tadeu; Simão, o Zelota e Judas Iscariotes.

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

Esses primeiros discípulos estão no céu, junto de Deus e hoje quem evangeliza é você e eu. Assim, é por sua conta aquela pessoa que você conhece e que se distanciou da Igreja, a que enveredou pelos caminhos do mal e ou a que você lembrou nesse momento... todas precisam ver o seu testemunho e a sua alegria!

O Evangelho do dia 07/07

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 9,32-38

 

 

Jesus disse a seus discípulos: a messe é grande e os operários são poucos. Pedi, pois, ao dono da messe que envie trabalhadores para a colheita.

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

Jesus sabe muito bem o poder que tem a oração. Ele rezou antes de escolher os doze, de pregar a boa nova, de curar os doentes. A oração para ele era um momento de comunhão com o pai, de vida em família e até de descanso. Ele pede para que seus discípulos rezem pelas vocações. Talvez você possa ser uma delas, pense nisso. Consagrar-se a Deus a serviço do povo, consagrar-se no matrimônio, servir na comunidade com alegria.

O Evangelho do dia 06/07

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 9,18-26

 

Um homem aproximou-se de Jesus e disse: minha filha acaba de morrer. Vem, impõe tua mão e ela viverá. Jesus se levantou e o seguiu. Nisso, uma mulher que sofria de hemorragia, veio por trás dele, no meio da multidão, pensando: se eu conseguir tocar no seu manto, ficarei curada. E ficou! E Jesus: Coragem, filha! Tua fé te salvou.

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

O pai teve a sua filha de volta e a mulher ouviu dos lábios de Deus uma das palavras mais bonitas deste mundo: Filha! Você também é filho, filha. Esse é maior milagre de todos! Sinta a paternidade divina, pois Deus sempre está com você!

O Evangelho do dia 19/06

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 11, 25-30

 

Hoje é solenidade do Sagrado Coração de Jesus. Ele nos diz: Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos e eu vos darei descanso. Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração.

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

Todos nós estamos cansados, fatigados, assustados nesta longa pandemia; quem sabe até com dificuldade de descansar e dormir. Deus conhece tudo e sofre conosco. Ao vir à terra, Jesus amou, sofreu, foi tentado, sentiu-se abandonado, mas mesmo assim seu coração continuou manso e humilde. Alinhe seu coração para bater em sintonia com o coração de Jesus.

O Evangelho do dia 18/06

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 6,7-15

 

Vós deveis rezar assim: é o que pede Jesus ao ensinar seus discípulos a oração do Pai Nosso!

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

Jesus nos mostra como ele reza aos céus. Leva-nos a olhar a Deus como Pai, a glorificar o seu nome, a implorar a vinda de seu reino e que a sua vontade seja vivida na terra. Depois, passa para as nossas necessidades: o pão cotidiano, o perdão, a força para não cairmos nas tentações e vencer o mal. É bom recitar essa oração no silêncio do coração a qualquer momento do dia, pois ela nos coloca na nossa condição de filhos de Deus e nos faz compreender que todos somos irmãos.

O Evangelho do dia 17/06

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 6,1-6.16-18

 

Quando for rezar, não seja como os fingidos, que gostam de orar em pé, nas sinagogas e nas esquinas das praças, para serem vistos por todos, disse Jesus. Ao contrário, quanto for rezar, entre em seu quarto, feche a porta e reze a seu Pai que vê o que está escondido. Ele lhe dará a recompensa.

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

Reze a Deus com o coração, sem fingimento, sem palavras inúteis, sem tentar convencê-lo de que você está sofrendo. Deus ama falar com você! Rezar é manter um relacionamento de filho, de amizade com ele durante todo dia e todos os dias, numa escuta silenciosa do que ele diz.

O Evangelho do dia 16/06

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 5,43-48

 

Jesus apresenta uma atitude revolucionária para quem quer ser seu discípulo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem. Assim vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus que faz nascer o sol sobre maus e bons e fazer chover sobre justos e injustos.

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

É uma atitude espontânea odiar quem nos faz sofrer; responder com ofensas a quem nos ofendeu; cortar do nosso convívio quem é contra nós. Mas é divino rezar por quem nos faz mal. Isso é difícil, pois vai contra o nosso orgulho e egoísmo, no entanto, nos aproxima de Deus e isso vale mais do que tudo.

O Evangelho do dia 15/06

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 5,38-42

 

A lei de Talião permitia a vingança: olho por olho, dente por dente. Mas Jesus, que veio para aperfeiçoar a lei antiga, mostra que Deus não quer isso: se alguém te dá um tapa na face direita, oferece-lhe também a esquerda.

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

A vingança vem do diabo! Você já teve desejos de vingança? Já se alegrou pela queda de alguém? E nesse exato momento como está seu coração? Gostaria que “aquela” pessoa sofresse algum mal? Ou que Deus a fizesse pagar pelos danos que lhe causou? Saiba de uma coisa: Deus repudia isso em você! Ao invés, ele lhe pede para rezar por quem lhe faz o mal!