100 anos no ramo madeireiro: Dallegrave relata história em exposição e livro

Kauana Neitzel com assessoria Dallegrave

Uma história que se mescla com a de pessoas e cidades, a Dallegrave comemorou no dia 15 de junho deste ano o centenário da empresa em Irati. São 100 anos em atividade no ramo madeireiro, e para comemorar o marco foi lançado o livro “100 Anos Dallegrave – História e Consolidação no Coração do Paraná”, em evento festivo que homenageia a trajetória empresarial.

Idealizado por Marcos Dallegrave Góes, diretor da empresa e quarta geração dos Dallegrave, o livro nasceu da ideia de documentar a história e dar um marco para o centenário da empresa. “Quando vim para Irati em 83 fui morar na casa do meu avô, e ele tinha uma vasta biblioteca com muitas fotos, muito material. Vasculhando o material acabei encontrado o primeiro contrato da empresa e aquilo ficou na minha cabeça, o tempo passou e um belo dia eu disse ‘daqui um tempo nós vamos fazer 100 anos, nós precisamos comemorar e marcar a data’, daí veio a ideia do livro”, conta o empresário.

“Com o material que o avô tinha e mais o material que a empresa tem, muitos livros que foram salvos de enchentes, eu busquei uma jornalista. Foi me indicado a Adriana, a qual topou a ideia e nós conseguimos fazer uma bela história, com um bom material fotográfico. É um livro para marcar a vida de Irati e a história da empresa”, completa Marcos.

A autora do livro e jornalista Adriana Souza relata o processo de elaboração da obra: “nós trabalhamos um ano e meio na produção desse livro, desde o levantamento das informações, passando pela produção do texto e depois indo para a gráfica. Desde o início a prioridade foi relatar a essência da empresa. Tivemos muitos desafios, pois em uma empresa centenária, muitas informações estavam fragmentadas e espalhadas, mas fomos muito abençoados em conseguir reunir muitas informações, tivemos a colaboração de muitas pessoas, que fez com que nós chegássemos a este resultado de ter um livro muito completo que relata a trajetória da empresa. Traz uma homenagem a todos os funcionários. Conseguimos fazer um levantamento das fichas dos funcionários, são mais de 2.300 nomes. São muitas famílias de Irati, de Inácio Martins e da região que tem a sua história relatada, conta nos livros os nomes, mesclando com a empresa”.

A Dallegrave é uma empresa familiar, Virgílio Moreira Filho contou como foi o início da carreira trabalhando com o pai no escritório ainda criança, “eu fui trabalhar na Dallegrave quando eu tinha seis anos, o meu primeiro registro na carteira foi com 13 anos trabalhando na Dallegrave. Comecei lá no escritório junto com o meu pai e trabalhei dos seis aos 15 anos, quando meu pai faleceu, aí mudei para Curitiba. A gente sempre teve no coração a empresa, que criou outras empresas e frutos empresariais e industriais do Paraná”, relembra.

A empresa beneficiou também as cidades na qual atua fortemente, sendo Irati a cidade sede e Inácio Martins como grande afilhada. O prefeito de Irati, Jorge Derbli, parabenizou a empresa durante a cerimônia de lançamento do livro, “é uma importância tremenda, o povo de Irati homenageia a Dallegrave pelos 100 anos de existência desta empresa que tem uma história muito bonita na cidade e trouxe um desenvolvimento grande em vários setores, no madeireiro principalmente, continua ativa hoje. É muito difícil você encontrar uma empresa ainda hoje com 100 anos de idade, são várias gerações, funcionários que se dedicaram, assim como os familiares. Para nós, é motivo de muito orgulho e quem dera outras empresas consigam chegar ao centenário funcionando”, disse.

Junior Benato, prefeito de Inácio Martins relembra a importância do setor madeireiro e da empresa no município, a qual investe na região com a doação de terrenos. “É um orgulho estar comemorando estes 100 anos da empresa Dallegrave, que não só para o município deInácio Martins, Irati, mas para a região inteira foi muito importante. Destaco, como sendo prefeito pelo terceiro mandato, a parceira que esta empresa sempre teve com o município. Hoje dentro do seu quadro urbano nós recebemos áreas de propriedade de terra que são destaque, por exemplo, o nosso Centro de Tradições Gauchas recebe o nome de Paulo Dallegrave, entre outros espaços muito importantes para Inácio”, destaca Benato.

Futuro

Marcos Dallegrave Góes, diretor da empresa, fez uma análiseao Jornal Folha de Irati, do setor madeireiro, levantando questões importantes para área: “a madeira tem vários ciclos, e a nossa história é exemplo disso, e hoje trabalhamos, como todas as empresas da região, com o pinus. Há uns quatro ou cinco anos atrás deu uma explosão no mercado da celulose e as grandes empresas, fora de Irati, vieram e compraram uma quantidade enorme de madeira e madeira nova. Ou seja, as empresas aqui consomem madeiras mais antigas, então hoje estamos vivendo um período de transição entre pouca oferta e muita procura, o mercado, para quem vende como é o nosso caso, está bom. Mas, acredito, que em mais um tempo, talvez, posso até faltar madeira grossa para as indústrias da região”, observa.

Quando se fala em futuro o diretor é otimista. “Estarei aqui na festa dos 200 anos”, repetiu Marcos Dallegrave inúmeras vezes durante o evento comemorativo do centenário. Mas para a empresa o futuro é planejado, “meu filho Bruno está assumindo a empresa, já é a quinta geração. Estamos com o reflorestamento hoje, ou seja, cada reflorestamento tem 20 anos, se pensar no que estou plantando hoje pode ser que eu não vá colher, mas meu filho vai. A perspectiva nossa é que a empresa permaneça, talvez, até a sexta ou sétima geração, que eles estejam trabalhando”, finalizou Marcos.

Exposição ficará a mostra até o dia 31 de julho a Casa da Cultura – Foto: Leticia H. Pabis


Ações comemorativas

A História de 100 anos da Dallegrave também será retratada em exposição na Casa da Cultura de Irati. A mostra ficará até o dia 31 de julho deste ano, disponível para visitação de todo o público. A entrada é gratuita de segunda a sexta das 8h30 às 11h30 e das 13h às 17h. A mostra reúne fragmentos da história centenária da empresa e de toda a sua trajetória, sempre relacionada ao setor madeireiro. Estarão expostas fotos com alguns recortes dos principais acontecimentos ao longo do seu centenário; livros com anotações que retratam o fluxo de suas atividades em suas décadas de atuação; objetos que exprimem importantes acontecimentos de sua trajetória, entre outros.

Todas as ações do centenário da Dallegrave estão reunidas no livro “100 Anos da Dallegrave: História e Consolidação no Coração do Paraná”. O livro contém os principais fatos da história da empresa, desde a sua origem e fundação, passando por toda a sua construção e evolução, retratando com grande verossimilhança sua trajetória. Escrito pela jornalista, Adriana Souza, o livro contém mais de 100 páginas e reúne fotos, fatos históricos e depoimentos de pessoas que fazem parte de seu centenário. Além disso, também contém o nome dos funcionários que fizeram parte de sua história empresarial.

O livro está à venda no Sebo Centenário (na Rua Quinze de Julho, 310, Irati/PR) no valor de R$ 50,00. Toda a arrecadação da venda será revertida para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Irati.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.