Câmara concede título de cidadão honorário a piloto inglês de F1 Lewis Hamilton

Autor do projeto, deputado André Figueiredo (PDT-CE), citou homenagem de Hamilton a Ayrton Senna durante GP de Interlagos para justificar honraria

Luiz Felipe Barbiéri

A Câmara aprovou nesta quinta-feira (9) um projeto de resolução que concede o título de cidadão honorário ao piloto inglês da Fórmula 1 Lewis Hamilton.

Por se tratar de um projeto de resolução da Câmara, o texto não precisa ser votado no Senado e foi promulgado durante a sessão.

A proposta é de autoria do deputado André Figueiredo (PDT-CE). Na justificativa, ele citou a homenagem feita por Hamilton a Ayrton Senna no GP de Interlagos em 2021.

Hamilton usou um capacete com as cores do Brasil e repetiu Senna ao carregar a bandeira brasileira em uma volta de consagração pelo autódromo depois de vencer a corrida.

Lewis Hamilton dedica a vitória no GP de São Paulo à Ayrton Senna — Foto: Reprodução/Redes sociais
Lewis Hamilton dedica a vitória no GP de São Paulo à Ayrton Senna | Foto: Reprodução/Redes sociais

“Acreditamos que o esporte e a celebração das vitórias nacionais, bem como as homenagens a nossos campeões, poderão nos ajudar a resgatar nossa bandeira como símbolo de união nacional”, justificou Figueiredo.

O relator, deputado Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR), disse que Hamilton tem uma proximidade “profunda” e “emocionalmente forte” com o Brasil e citou posições públicas do piloto em relação a pautas como defesa dos animais, direito dos negros, das mulheres e de temas relacionados a direitos humanos.

“O piloto também se destaca fora das pistas pelo carisma, simpatia e simplicidade, reunindo uma grande quantidade de fãs, grande parte brasileiros (…) Nesse sentido, consideramos a homenagem justa e merecida”, afirmou o relator em parecer.

O partido Novo orientou voto contrário ao projeto. O deputado Tiago Mitraud (Novo-MG) disse que Hamilton é um excelente piloto, mas o plenário deveria ter outras prioridades.

O parlamentar citou ainda outras personalidades que também demonstram “carinho” pelo Brasil, como o jogador de futebol americano Tom Brady e a cantora Beyoncé, e perguntou se todos vão receber o mesmo título.

“Por mais que eu admire o atleta e profissional Lewis Hamilton, não acredito que devemos passar a conceder títulos de cidadão honorário a esses atletas e personalidades, ainda mais em um contexto em que acredito que o recurso que a sociedade investe nesse Congresso deveria estar sendo investido em projetos que vão mudar a vida do brasileiro”, afirmou.

Fonte: https://g1.globo.com/politica/noticia/2022/06/09/camara-concede-titulo-de-cidadao-honorario-a-piloto-ingles-de-f1-lewis-hamilton.ghtml