Campanha X-Solidário inicia com meta de arrecadar R$ 100 mil

Até o fim de setembro os lanches serão vendidos pelo Grupo Ivasko

Uma das campanhas que vem crescendo a cada ano é do X-Solidário, e já começou em Irati. Com o sucesso da última edição, a meta deste ano é de R$ 100 mil. O valor arrecado será destinado ao projeto de construção do Hospital do Erasto Gaertner em Irati.

O bilhete custa R$ 9, e é vendido pelo Grupo Ivasko, que promove a campanha, e também pelas voluntárias da rede Feminina de Combate ao Câncer e da Associação do Núcleo do Portador de Câncer de Irati (Anapci), me vários locais da cidade.

O lanche pode ser retirado nos mercados Ivasko e na Pandoca.E pode ser consumido no local, levado para casa, ou doado. Após o término da campanha, os sanduíches doados são distribuídos às crianças carentes.

A idealizadora da campanha, Edna Ivasko, diz que devido à grande arrecadação do ano passado, de R$ 87.811.00,a ideia é aumentar o valor doado. “Nosso objetivo este ano é alcançar a meta de R$ 100 mil doados. Ano passado foi um sucesso, e este ano não queremos fazer feio, estamos buscando parceiros, apoio, para que a gente consiga”, comenta.

Ela ainda destaca que no ano passado voluntarias foram até a Rebouças, onde venderam e fizeram e marcaram um dia para entrega. Este ano, a novidade é que terão voluntárias também em Rio Azul e, possivelmente, em Teixeira Soares.

A presidente da Rede,Ieda Regina Waydzik, diz que é sempre gratificante trabalhar em prol das pessoas que mais precisa. “Nós estamos muitos felizes em poder participar de mais um x-solidário, mais uma campanha bonita que vem em socorro do nosso hospital, e também do pagamento do projeto do novo hospital para todos os nossos pacientes de Irati e região, para atender as famílias nesse momento de dor que é o momento da doença”.

A supervisora de Enfermagem da unidade avançada do Erasto Gaertner junto à 4ª Regional de Saúde em Irati, Daniela Raffo, fala que essas campanhas são sempre importantes para continuação do hospital na região. “Esse valor arrecadado vai ajudar a viabilizar o projeto. É uma ideia que surgiu de um movimento da sociedade aqui de Irati, então, vai ser muito bem-vindo. A gente aumentou os atendimentos, não só de quimioterapia, mas com laboratório de nutrição, psicologia, farmacêutica. Enquanto menos o paciente precisar se deslocar, a gente vê isso no resultado e na qualidade de vida, então será muito bem-vindo e muito preciso o valor”.

10 ANOS DE CAMPANHA

O X-Solidário começou em 2010. Segundo Edna, a ideia surgiu da necessidade em ajudar os pacientes que precisam tratar do câncer, principalmente quando teve um caso na família, e precisa ir a Curitiba “As pessoas que trabalham nesse hospital nos acolheram, foi um tratamento diferenciado e humanitário, e marcou muito. Sempre tive essa vontade de ajudar e conseguimos com a campanha”.

Iedatambém participou desde o início da campanha, na época, como presidente da Anapci e viu o crescimento ao longo dos anos. “É um orgulho de ser iratiense, porque Irati é uma cidade que nunca nos faltou. A comunidade e a região entenderam a necessidade que a gente tinha de acolher esses pacientes e,por meio do sanduiche foi uma forma que se implementou essa ajuda”, finaliza.