Castração gratuita é o primeiro passo para controlar população de animais de rua em Irati

Ações estão sendo desenvolvidas para diminuir o número de animais abandonados no município

Uma das grandes preocupações da população é em relação quantidade de animais de rua que vivem em Irati, em cada canto mais e mais aparecem. São gatos e, principalmente, cães abandonados. Toda esta situação está próxima de ser resolvida, com as ações mais efetivas.

Segundo informações do Departamento de Licitação da Prefeitura, há um processo para contratação de uma empresa para realizar castrações gratuitas, porém ainda está em andamento. Outro movimento, é o Castra Móvel, que deve ser adquirido em breve para o município.

O número exato de animais abandonados ainda é incerto, porém a Secretaria do Meio Ambientes está elaborando um projeto o qual quantificará os animais de rua no município. Segundo a secretária da pasta, Magda Adriana Lozinski, a forma que encontraram para diminuir, ou controlar esta situação é a castração gratuita. “De modo a atender, inclusive a determinação do Ministério Público, se dará início ao programa de castração de animais de rua”, disse Magda.

LICITAÇÃO SUSPENSA

No mês de agosto, foi lançado um edital pela Prefeitura de Irati para castração dos animais de rua, mas, depois de uma semana, foi suspenso. Em contato com o departamento de Licitação, nos informaram que isso ocorreu devido à justiça suspender o edital, por já haver outro em aberto, que tinha sido revogado.

Segundo o departamento, junho deste ano foi aberto o edital de castração, com pregão presencial, ou seja, a empresa lança o valor. Ao final, a empresa de Porto União, Fernanda Boico Macedo ME foi a vencedora, no valor de R$ 54,8 mil, sendo 100 castrações fêmeas, e 20 machos, no valor de R$ 480 e R$ 340, respectivamente, incluindo o acompanhamento. Porém, em 25 de junho, foi revogado pela Procuradoria jurídica do município, e pelo prefeito.

Depois desse trâmite, em julho deste ano foi feito um processo de inexigibilidade, em que a Prefeitura lança o valor da castração e as empresas se habilitam, e precisam estar dentro das normas, e foi lançado no dia seis de agosto, no valor fixado de R$ 280 por castração e acompanhamento. Mas na última semana, foi suspenso o edital, com base em decisão judicial, referente ao processo nº 0002498-93.2019.8.16.0095, em que solicita que a Prefeitura efetue contrato com a empresa da primeira licitação.

O procurador jurídico de Irati, Robson Krupeizaki, diz que “todos esses trabalhas foram feitos junto com a Secretaria de Meio Ambiente, mas, infelizmente, neste primeiro momento, o judiciário está entendendo que o ato de revogação precisa ser suspenso. Estamos acatando essa decisão, o credenciamento ficará suspenso, até que decidamos como proceder com isso. Obviamente, que reabrindo o pregão, a administração vai acabar pagando um preço muito acima do que tínhamos lançado”.

CASTRAMÓVEL

Imagem Ilustrativa

O castramóvel já foi licitado em Irati, e a ganhadora foi a empresa RodoGreen, de São José dos Pinhais. E se destina a atividade veterinária para procedimentos de castração. Toda a estrutura é montada dentro do automóvel para que seja feita a castração do animal. O investimento para esta contratação é de R$ 103 mil, com emenda parlamentar do deputado federal Evandro Roman, pelo Ministério da Saúde.