Condições do solo preocupam moradores do bairro Vila Nova

Na noite do último domingo (26), uma moradora da Rua Miguel Bay, no bairro Vila Nova, levou um susto ao

Na noite do último domingo (26), uma moradora da Rua Miguel Bay, no bairro Vila Nova, levou um susto ao constatar a abertura de um buraco no terreno de sua residência. A fissura se entendeu com profundidade ao longo do solo, o que preocupou os moradores.  O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil foram acionados para averiguar o local, que já tem um histórico de problemas relacionados.

A região sofre, há cerca de quatro anos, com questões ligadas ao escoamento da água proveniente de chuvas. A prefeitura de Irati já iniciou boa parte de uma obra para sanar o problema, com recurso que conquistou através de emenda parlamentar, mas os trabalhos no local, no momento estão paralisados, aguardando trâmites relacionados à Sanepar, segundo o órgão.

A fissura se entendeu com profundidade ao longo do solo, o que preocupou os moradores. Foto: Israel Macedo

A obra, de acordo com a Prefeitura, prevê o assentamento de 555 metros de galerias em concreto, com 1,5 metro de diâmetro, para dar condições de escoamento das águas da chuva que provêm da BR-277 e regiões acima daquela região da cidade. Entretanto, para que a obra prossiga, é necessário que a Sanepar efetue a mudança de tubulação já existente, o que vem atrasando a consecução de todo o projeto. Além das novas galerias, também serão confeccionados no local cinco poços de visita, oito caixas de ligação e um dissipador, diz a nota enviada pela Assessoria.

Na oportunidade, outras aberturas no solo foram localizadas pelos moradores, segundo eles, que não quiseram se identificar. O atraso na obra e o surgimento de novos problemas, vem preocupando quem reside no local e proximidades. O mestre de obras da Prefeitura de Irati, Jair Bispo, que também esteve no local, disse que as equipes de obras estarão realizando os trabalhos para evitar que maiores problemas aconteçam.

Vai ser preciso abrir para ver onde está o problema. Talvez precisamos mexer com grande parte do terreno da residência, disse. Os trabalhos devem ser executados na manhã desta terça-feira (28). Segundo Bispo, os demais locais que estão sofrendo com a deterioração do solo passarão por averiguações da equipe.

Sobre o andamento das obras, a nossa reportagem entrou em contato com a assessoria da Sanepar, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria.