Enxaqueca: conheça sobre a doença e como tratar

Dor de cabeça é um sintoma e a enxaqueca é uma doença

Sentir uma dor de cabeça um dia sim e outro não é normal para você? Muitas pessoas podem acreditar que sim, afinal, é só uma "dorzinha" que cessa sozinha ou após um analgésico. Mas, ter dores de cabeça, mesmo que sejam leves, não deve ser algo rotineiro, pois a dor é um sinal de que algo não vai bem.

Além disso, como explicou a neurologista e cefaliatra Thais Villa, é importante saber que mesmo as dores de cabeça esporádicas e não incapacitantes podem ser, na verdade, um quadro de enxaqueca, por isso, merecem atenção e investigação médica.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE UMA DOR DE CABEÇA NORMAL E ENXAQUECA?

Dor de cabeça não é normal. Nenhuma dor é normal. Se pensarmos: estou com dor nas costas, dor de dente, dor na perna, procuramos o médico rapidinho. Porém, nesse mito de que a dor de cabeça é normal, as pessoas não procuram nenhuma ajuda médica.

A dor de cabeça é um sintoma e a enxaqueca é uma doença, na qual a dor de cabeça é um sintoma muito importante, se não o mais conhecido. Mas a enxaqueca é muito além de uma dor de cabeça, ela é uma doença neurológica, de base genética-hereditária, ou seja, tem hereditariedade de predisposição, e além da dor, tem um monte de outros sintomas que incapacitam muito quem tem enxaqueca.

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO DA DOENÇA?

Uma consulta de alguém com enxaqueca tem que ser longa porque temos que conversar, saber desde a infância da pessoa, período no qual a enxaqueca já pode começar, saber todos os sintomas que a pessoa tem até o estado atual, quando ela chega a consulta.

Uso de medicamento de crise, tratamentos anteriores, sintomas da doença, gatilhos – que são aquilo que provoca todos esses sintomas. Então são muitas coisas para falar e, além disso, não tem nenhum exame que realmente traga esse diagnóstico.

As pessoas ficam até frustradas, elas falam "eu passei no neurologista, ele me pediu uma tomografia, uma ressonância e veio tudo normal" e as vezes parou nisso. Mas o esperado na enxaqueca é que o exame seja normal, mas a história é longa e tem um monte de coisa para saber, então é o que chamamos de anamnese, a história médica de cada um.