Fechada fronteira do Brasil com Paraguai e Argentina

Os brasileiros que não moram no Paraguai ou na Argentina estão proibidos de cruzar a fronteira.

Alerta Paraná

Um forte esquema de segurança foi montado nas pontes da Amizade (foto) e da Fraternidade, ambas em Foz do Iguaçu e que ligam o Brasil aos dois países vizinhos pelo Rio Paraná, para assegurar que a proibição seja cumprida à risca.

Na Ponte da Amizade, o bloqueio começou por volta das 7h45 desta segunda-feira (16) por determinação do presidente Mario Abdo Benítez para conter a propagação do coronavírus, que no Paraguai já tem ao menos oito casos confirmados. Os brasileiros que costumam cruzar a fronteira diariamente para fazer compras estão tendo que retornar. Já para os que estão no Paraguai e pretendem retornar, o trânsito é livre. E dentro do Paraguai, as pessoas est]ap proibidas de circular das 8h da noite às 4h da madrugada, sob pena de multa e até mesmo de prisão.

Também como medida emergencial contra o coronavírus, que até ontem já tinha 56 casos confirmados na Argentina, o presidente argentino Alberto Fernández concedeu entrevista coletiva na noite de ontem para anunciar o fechamento da fronteira de seu país tanto com o Brasil quanto com o Paraguai, bem como a suspensão das aulas. A medida, a princípio, irá vigorar até o próximo dia 31.

Já em Foz do Iguaçu, os 27 mil alunos da rede municipal de ensino (escolas e Cmeis) estão tendo aula normalmente hoje, mas a partir de amanhã ficarão de férias por 15 dias.  E novas medidas de prevenção ao coronavírus devem ser anunciadas nesta segunda-feira.