Fotógrafa lança campanha em Irati para evitar cancelamentos

Denise Moletta aderiu em suas redes sociais o “Não cancele, remarque”, para driblar a crise que pode se instaurar por causa do Covid-19

Uma das grandes preocupações que o grande e, principalmente, o microempreendedor têm, diante do cenário negativo do Covid-19, é sobre como ficará a economia depois que passar este período. Foi pensando neste sentido que a fotografa de Irati, Denise Moletta, decidiu aderir ao “Não cancele, remarque”.

A ideia surgiu de outra fotógrafa, Paloma Schell, que é uma das referencias de Denise, que visa apoio aos profissionais autônomos, prestadores de serviços, pequenos negócios e, em especial, aos fotógrafos que são seus colegas de trabalho. Com isto, Moletta criou uma imagem e divulga nas redes sociais. Segundo a fotógrafa de Irati, serve como entendimento aos clientes para não cancelarem os ensaios e, com isso, manter a produtividade até tudo voltar ao normal.

Denise conta que antes de saber da campanha já estava preocupada com esta parcela de trabalhadores e como seria o cenário em Irati. Foi a partir disso que resolveu espalhar esta consciência no município, para ter mais uma estabilidade e compreensão por parte dos clientes. “A importância dessa consciência, na minha visão, é fundamental para que os negócios locais continuem ativos e possam se recuperar com mais facilidade depois desta paralisação”, disse Denise.

A fotógrafa de Irati diz que muitos negócios serão, ou já estão sendo, atingidos pelo impacto da paralisação, mas é preciso entender que os menores serão os mais atingidos. “Levantando uma bandeira de apelo aos menores, eu procuro consolidar uma base de apoio entre os pequenos negócios, pedindo ao nosso público consumidor, que se mantenha comprando dos nossos produtos e serviços e nãos os substitua por outros”.

CAMPANHA EM IRATI

A campanha “Não cancele, remarque”, ainda, está sendo divulgando em Irati por meio das redes sociais. Alguns colegas de Denise já aderiram e estão compartilhando a ideia, mas ela acredita que a iniciativa atinge todos os tipos de empreendedores. “A imagem que eu criei diz mais sobre fotografia, mas a divulgação vale para todos aqueles que dependem da rede de clientes que já consolidou e, esta mesma rede mantém os negócios funcionando”. Denise conseguiu conversar com quase todos os clientes já agendados e remarcar os ensaios para depois deste período.

QUARENTENA

Neste período em que quase tudo está parado em Irati, a equipe de Denise trabalha em casa, atendendo os clientes online e editando alguns trabalhos já feitos. A fotografia não exige uma rotina fixa, por isso, ela conta que não está acostumada com o home-office, mas os trabalhos continuam.

Ela aproveita para dar uma dica aos empreendedores neste momento de pausa.

“Acredito que agora também pode ser o momento de dar um pouco mais de atenção para aqueles projetos que ainda não saíram do papel, aqueles que vivemos protelando e nunca encontramos uma pausa para fazer acontecer. Apesar de ser um período difícil, em que o pequeno empreendedor vai sentir um pouco de dificuldade para recomeçar após a quarentena, este tempo pode ser transformador, é hora de estudar, aprimorar e voltar com tudo”.