Governo libera recursos que garantem mais qualidade de vida à população do Centro-Sul

Desde janeiro de 2019, R$ 51.355.700,75 foram liberados aos 10 municípios que integram a Amcespar. Os recursos, via Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, viabilizaram obras de pavimentação, construção de edifícios públicos e a aquisição de serviços, máquinas e equipamentos

AEN

O Governo do Estado já liberou, desde janeiro de 2019, R$ 51.355.700,75 aos 10 municípios que integram a Associação dos Municípios da Região Centro-Sul do Estado do Paraná (Amcespar). Os recursos, via Secretaria estadual do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (Sedu), viabilizaram obras de pavimentação, construção de edifícios públicos e a aquisição de serviços, máquinas e equipamentos.

“O governador Carlos Massa Ratinho Junior enxerga todos os municípios com igualdade e é assim que fazemos o atendimento para levar mais qualidade de vida aos paranaenses. As melhorias devem alcançar a todos, sem deixar ninguém para trás”, enfatizou o secretário da pasta João Carlos Ortega.

Os projetos aprovados contemplaram todos os municípios, de acordo com as demandas apresentadas pelos próprios prefeitos à Sedu. Fernandes Pinheiro teve 10 ações aprovadas (R$ 2.822.277,55), enquanto Guamiranga recebeu recursos para duas ações (R$ 473.901,99).

Inácio Martins realizou 22 ações (R$ 8.853.332,33); Imbituva, 13 (R$ 4.903.626,79); Irati, 12 (11.678.878,35); Mallet, 11 (R$ 3.099.472,77); Prudentópolis, 18 (R$ 9.922.070,34); Rebouças, 6 (R$ 3.167.826,05); Rio Azul, 5 (R$ 2.622.028,88) e Teixeira Soraes, 7 (R$ 3.812.285,70).

As ações estão em diversas etapas, desde as concluídas e já entregues à população até as que receberam a autorização para a licitação de fornecedores, autorização para contratação das empresas e em execução. Os recursos autorizados têm origem no Tesouro do Estado e operações de crédito com contrapartidas municipais.

QUALIDADE DE VIDA – De acordo com Ortega, a melhor qualidade de vida está presente na oferta de empregos, no atendimento à saúde mais próximo das pessoas, no asfalto que cobre as ruas centrais e dos bairros, na coleta de lixo feita pontualmente e com bons equipamentos e em tantas outras iniciativas.

Na prática, segundo Ortega, isso representa investimentos na construção de barracões industriais e em Centros de Referência, em unidades Meu Campinho, em obras de pavimentação, em parques municipais, na aquisição de caminhões para a coleta de lixo, retroescavadeiras e máquinas rodoviárias usadas na manutenção de ruas e estradas.

Fonte: https://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=114454&tit=Governo-libera-recursos-que-garantem-mais-qualidade-de-vida-a-populacao