Hoje (17) é Dia Internacional de combate à LGBTQ+fobia

Os números contra a homofobia ainda estão longe de serem ideais

A Prefeitura de Irati, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social em conjunto com o Conselho Municipal da Juventude, torna visível o dia 17 de maio – data alusiva ao combate a LGBTQ+fobia. No dia 17 de maio de 1990, a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a homossexualidade da lista internacional de doenças. Até então, uma série de países ainda tratava homossexuais como pessoas com desvios patológicos mentais, permitindo preconceitos e violações como terapias de reversão, a conhecida “cura gay”.

Por conta desse avanço na luta por direitos, o dia 17 de maio tornou-se o Dia Internacional Contra a Homofobia, data oficial de reforço e rememoração das lutas da população LGBTQI+ contra a violência e perseguição às quais é submetida.

Entretanto, os números contra a homofobia ainda estão longe de serem ideais. No “Relatório Anual de Mortes Violentas de LGBT no Brasil” do Grupo Gay da Bahia (GGB), em 2019, embora demonstre redução em relação a anos anteriores, ainda se registram 329 mortes violentas de LGBTQI+ no país, sendo 297 homicídios e 32 suicídios, uma morte a cada 26 horas.

A Assistência Social em Irati tem equipamentos sociais que acolhem essa população, reconhecendo sua expressão, fazendo o acompanhamento e os encaminhamentos necessários! Diga não a violência! Diga não à LGBTQ+fobia! Denuncie!