Inviolável implanta sistema de monitoramento compartilhado em Irati

Ideia é inovadora e visa melhorar a segurança dos moradores da região

A Inviolável traz a Irati um novo sistema de monitoramente para garantir ainda mais a segurança dos moradores. O Inviokan é uma plataforma de monitoramento compartilhado que alia praticidade, eficiência e acessibilidade, com mais segurança nos bairros da cidade.

A ideia veio de Barcelona e otimiza o monitoramento em tempo real. O Inviokan é um sistema de monitoramento compartilhado, e consiste na colocação de câmeras em vários pontos estratégicos e as imagens podem ser acompanhadas pela plataforma disponibilizada pela Inviolável aos moradores.

Em Irati, já há cases de sucesso, e cerca de oito bairros possuem o sistema, como o Centro, Alto da Glória, Nossa Senhora da Luz, São Pedro, entre ouros. Com mais de 100 usuários e 60 câmeras instaladas. Cada morador tem a sua senha e login para acessar a plataforma.

De acordo com o proprietário da Inviolável, Marcielo Mazzochin, o Inviokan pode ser usado pelo poder público em vias públicas, e se tornou uma plataforma de urbanismo, em que todos os vizinhos que fazem parte do sistema podem ter acesso às imagens por qualquer dispositivo móvel ou pelo computador, juntamente com os órgãos de segurança.

Mazzochin destaca que é uma forma de buscar inibir possíveis tentativas de furtos ou qualquer coisa que possa acontecer no dia a dia. Ele comenta que as imagens ficam gravadas e é possível acessar posteriormente. “A partir do momento que é feita a captura fica na Nuvem, nós temos uma garantia da imagem e, se a câmera for furtada ou danificada, a imagem vai estar preservada para puxar e verificar qual foi o delito ocasionado. Realmente, a partir do momento que a câmera está no poste ou na estrutura adequada, todas as pessoas que estiverem nesse grupo podem acessar elas”, disse.

Com este projeto piloto, a ideia e que as imagens sejam enviadas para Guarda Municipal e para Polícia Militar, para que eles também colaborem, apesar de ser uma iniciativa privada, a parte pública também poderá utilizar para visualizar e investigar algum caso. A plataforma disponibiliza um calendário, em que a pessoa coloca o dia e horário e pode ver o que aconteceu naquele local.

Há dois meses, os vizinhos do bairro Nossa Senhora da Luz, próximo a Praça da Matriz, começaram a utilizar o Inviokan. São seis quadras que podem ser acompanhadas no celular dos moradores pelas 10 câmeras instaladas.

Uma das pessoas que está satisfeita com o novo serviço é o empresário, Mauro Paluch Filho, ele tem um estabelecimento em frente e praça, e já sofreu tentativas de arrombamento, pelas câmeras conseguiu acompanhar como a pessoa agiu. “Eu estava em casa e consegui ver de onde veio o ladrão e para onde ele foi. Isso já dá uma assustada, e e m quem quiser tentar alguma coisa já sabe que, por 24 horas por dia, a gente tem essa segurança de monitoramento, e não vamos ter mais problemas para descobrir quem foi que tentou alguma coisa”, disse Paluch.

Ele o os vizinhos criaram um grupo no WhatsApp para conversar sobre as situações e estão contentes com o serviço. “Qualquer suspeita que a gente já liga para Polícia e consegue identificar e acompanhar tudo”, conclui.