Legislativo presta homenagem à memória da Professora Elisabeth Krinski Beraldo

Aprovado por unanimidade de votos, em duas votações, o projeto segue agora para sanção do prefeito

Assessoria Câmara Municipal de Irati

Foi aprovado na Sessão Ordinária do dia 21 de setembro, o projeto de lei nº 012/2021, que denomina a Rua “09” do Condomínio Industrial do bairro Jardim Aeroporto, de Rua Elisabeth Krinski Beraldo. De autoria da vereadora Vera Gabardo, a homenagem reconhece a trajetória da professora que tanto contribuiu com o município. A aprovação do projeto foi acompanhada por familiares da homenageada (in memoriam).

Elizabeth nasceu no dia 26 de novembro de 1946, na localidade de Santana, antigo distrito de União da Vitória, hoje pertencente à Cruz Machado. Filha de imigrantes Poloneses, Antônio e Alexandra Krinski. Em 1960 chegou em Irati, para se profissionalizar na arte do ensino no Colégio Nossa Senhora das Graças, e em seguida no Grupo Escolar João XXIII onde após anos de contribuição, inclusive como Diretora, aposentou-se. Nestes anos de trabalho na Vila São João, ajudou o bairro a crescer, fornecendo o que de melhor tinha, a educação. Em 2015 foi homenageada pelos serviços prestados ao Colégio Estadual João XXIII, nas festividades de seu cinquentenário. Em 2019 foi homenageada na Câmara de Vereadores de Irati, pelo Grêmio Haicai Chão dos Pinheirais.

“Elisabeth tricotava todos os dias, confeccionando sapatos e gorros de lã para as pessoas que necessitavam e às pessoas que passavam por tratamento de câncer”, afirmou a autora do projeto Vera Gabardo

Conforme Vera, que era particular amiga da homenageada, Elisabeth tricotava todos os dias, confeccionando sapatos e gorros de lã para as pessoas que necessitavam e às pessoas que passavam por tratamento de câncer. “Após o falecimento de um dos seus filhos, Felipe, transformou sua casa em uma pensão para meninas, conhecida como Casa Rosa ou Pensão da Dona Beti. Participava de atividades da Pastoral da Criança, nos bairros Vila São João e Jardim Planalto. Escrevia poesias e Haicais, com várias publicações em livros, como ela mesmo dizia: ‘Já plantei uma árvore, tive filhos e participei da escritura de livros’. Como hobby tinha suas galinhas poedeiras, plantas, flores e jardins, que cuidava com muito esmero e atenção”, afirmou Gabardo. A homenageada acabou falecendo de forma trágica no dia 1º de julho deste, mas deixou um grande legado para Irati.

Os vereadores cumprimentaram a família de Elisabeth, parabenizaram a Vera pela escolha e enalteceram a trajetória da homenageada que tanto contribuiu para a educação iratiense e com os menos favorecidos. Aprovado por unanimidade de votos, em duas votações, o projeto segue agora para sanção do prefeito.